Divisas e Fronteiras da Amazônia

6 de Fevereiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Uma das postagens mais acessada do site www.amazonia.org.br é Região onde fazem divisa os Estados do Amazonas, Rondônia e Acre é o faroeste brasileiro, diz pastoral na maioria das vezes contendo dúvidas sobre limites dos estados e fronteiras do Brasil.

Leia mais »

MPF cobra de órgãos estatais medidas emergenciais para evitar desmoronamento de barragem no garimpo do Lourenço

12 de dezembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Representantes de órgãos com atuação ambiental receberam, na manhã desta terça-feira (12), recomendação do Ministério Público Federal para que adotem providências emergenciais a fim de evitar o desmoronamento de barragem no garimpo do Lourenço, em Calçoene (AP). O risco, relatado pela Polícia Federal em perícia preliminar, foi identificado no local durante as diligências da Operação Minamata, em 30 de novembro.

Leia mais »

Sepultura nazista isolada no Amapá revela projeto secreto de colonização alemã na Amazônia

25 de novembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Joseph Greiner morreu em 2 de janeiro por uma febre misteriosa (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Cruz com suástica lembra morte de capataz de expedição nazista na década de 1930 no extremo Sul do Amapá. Plano estudou região por quase dois anos e pretendia ocupar terras.

Cruz fica na margem direita do rio Jari próxima à cachoeira de Santo Antônio (Foto: John Pacheco/G1)

Leia mais »

Para tribo da Amazônia, a floresta é o mundo inteiro

8 de novembro de 2017  - Jaime de Agostinho

O cacique Japarupi Waiãpi mostra um macaco assado – parte da dieta Waiãpi – que também se baseia em mandioca e frutas – AFP

Quando Japarupi Waiãpi olha para a densa folhagem da Floresta Amazônica, vê tudo o que precisa para viver, e que nas cidades só é encontrado em supermercados, farmácias e lojas de móveis.

Leia mais »

AP – Tribo remota da Amazônia tenta transitar entre dois mundos

2 de novembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Homem waiãpi exibe arco e flecha na aldeia Manilha – Internet Carta Capital

Duas horas separam Pedra Branca do Amapari, no Amapá, das comunidades indígenas do povo Waiãpi. 

Leia mais »

Comissão aprova incentivos à economia de cidades do norte próximas a fronteiras

24 de outubro de 2017  - Jaime de Agostinho

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados aprovou proposta (PL 6575/13) do Senado Federal que cria um programa com o objetivo de estimular a economia de municípios da região Norte do País que estejam próximos de fronteiras com outros países – o Programa Fronteira Agrícola Norte.  

Leia mais »

Análises de solos em castanhais da Amazônia é tema de workshop no Amapá

11 de junho de 2017  - Jaime de Agostinho

A Embrapa Amapá realizou um workshop para integrar os dados de solos coletados em áreas de castanhais localizados em sete estados da Amazônia Legal: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Pará, Roraima e Rondônia. Durante o evento, realizado de 5 a 8 de junho, em Macapá (AP), os participantes utilizaram o programa estatístico, a linguagem de marcação de texto “R-markdown”, entre outras ferramentas para integrar e analisar os dados em uma única base.

Leia mais »

Situação do fenômeno “terras caídas” se agrava, em Bailique, no Amapá

16 de Março de 2017  - Jaime de Agostinho

Erosão destruiu 88 casas neste ano e outras 150 ameaçam desabar nos próximos dias.

Leia mais »

Novas evidências podem finalmente explicar o misterioso “Stonehenge” amazônico

10 de Fevereiro de 2017  - Jaime de Agostinho

Mais de 450 imensos marcos foram descobertos no Acre, no norte do Brasil, revelando os últimos vestígios de uso da terra de sociedades antigas, antes que a folhagem densa da floresta amazônica os ocultasse séculos atrás. Por enquanto, ninguém sabe exatamente para que os locais misteriosos eram usados. 

Leia mais »

AP – Tudo o que um pássaro quer

5 de Fevereiro de 2017  - Jaime de Agostinho

O Parque Nacional do Cabo Orange, no litoral do Amapá, é uma espécie de Disneylândia dos pássaros e, por consequência, uma festa para observadores e ornitólogos profissionais.

Guarás e Garças sobrevoam área de mangue no Parque Nacional do Cabo Orange. Foto: Victor Moriyama / Greenpeace

Leia mais »

A ‘Stonehenge,’ and a Mystery, in the Amazon

17 de dezembro de 2016  - Jaime de Agostinho

CALÇOENE, Brazil — As the foreman for a cattle ranch in the far reaches of the Brazilian Amazon, Lailson Camelo da Silva was razing trees to convert rain forest into pasture when he stumbled across a bizarre arrangement of towering granite blocks.

Leia mais »

Desmatamento revela um misterioso “Stonehenge” na Amazônia

17 de dezembro de 2016  - Jaime de Agostinho

O capataz de uma fazenda de gado num recanto distante da Amazônia brasileira, Lailson Camelo da Silva, derrubava árvores para transformar a floresta tropical em pasto, quando encontrou um estranho grupo de enormes blocos de granito.

Leia mais »

Debatedores reclamam de decreto sobre a transferência de terras para o Amapá

27 de agosto de 2016  - Jaime de Agostinho

O Amapá deixou de ser território federal com a Constituição de 1988, mas quase todas as terras do estado ainda pertenciam ao governo federal. Estudo do governo do Amapá apontou que o estado era dono de apenas 3% de uma área de total 143 mil quilômetros quadrados do território.

Leia mais »

Radar mostra antes e depois de rio onde existia a pororoca no Amapá

28 de julho de 2015  - Jaime de Agostinho

Radar mostra antes e depois de rio onde existia a pororoca no Amapá | Amazônia. Imagens constatam assoreamento na foz do rio Araguari. Registros são da base cartográfica feita pelo Exército Brasileiro.

Acima, imagem de 2003 mostra o curso do rio, em azul, passando por entre a vegetação, em verde. Abaixo, imagem de 2014 mostra o assoreamento do rio no trecho destacado em lilás. É possível ver também um canal no canto inferior esquerdo, que não existia em 2003. (Foto: Reprodução/Base Cartográfica)

Imagens inéditas divulgadas com exclusividade para o G1 mostram o tamanho do assoreamento na foz do rio Araguari, o que fez com que o fenômeno da pororoca fosse extinto. O aterramento causado pela abertura de canais ao longo do rio, somado à atividade pecuária nas margens causaram, segundo especialistas, o fim de um dos fenômenos naturais mais conhecidos do estado. Os registros fazem parte da primeira fase concluída da Base Cartográfica do Amapá feita pelo Exército Brasileiro.       Leia mais »

AP – Fim da pororoca em rio do Amapá é irreversível, avaliam especialistas

19 de julho de 2015  - Jaime de Agostinho

O fim de um dos fenômenos naturais mais conhecidos do Amapá, a pororoca, parece ser um caminho sem volta. Mesmo com investigações e estudos anunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) e órgãos ambientais do estado para saber as reais causas e alternativas para o Amapá ter de volta as famosas ondas, especialistas avaliam que o retorno do fenômeno tende a ser irreversível.                                    Leia mais »