Ministério publica cadernos extrativistas

São 21 manuais voltados para agentes de assistência técnica e extensão rural, além das próprias comunidades. 

Babaçu, andiroba, barbatimão, pequi, baru, buriti, umbu, carnaúba, açaí, cajuzinho, copaíba e mangaba são alguns dos produtos da sociobiodiversidade que agora têm seu cultivo sistematizado e orientado em 21 cadernos produzidos pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). As publicações foram produzidas em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Araticum: produto extrativista – Divulgação Projeto BFN

Sustentabilidade da Amazônia é fator-chave para frear mudanças climáticas

Pesquisadores destacam em evento a contribuição das florestas tropicais para a absorção do CO2 emitido por atividades humanas e os perigos do desmatamento (Carlos Nobre, no evento em homenagem ao professor Goldemberg / foto: Karina Toledo – Agência FAPESP)

O combate ao desmatamento da Amazônia e a promoção de iniciativas de reflorestamento em larga escala visando aumentar o armazenamento de carbono na biosfera terrestre são estratégias essenciais para evitar o agravamento das mudanças climáticas, segundo avaliação feita pelos participantes da 5ª Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas Globais na tarde de terça-feira (05/06/2018). 

Leia mais »

Safra de castanha no Corredor Tupi Mondé configura recorde de coleta em 2018

castanhaFoto: Funai Cacoal

Chega à fase final a safra 2017/2018 de coleta de castanha na Terra Indígena Sete de Setembro, habitada pelo povo Paiter Suruí, e nas Terras Indígenas Roosvelt e Parque do Aripuanã, habitadas pelos Cinta Larga.   Leia mais »

Projeto revela valor nutricional da flora nativa

Baru, mangaba, jurubeba e jambu – Divulgação BFN

Sabia que o camu-camu, originário da Amazônia, possui mais de 35 vezes a quantidade de vitamina C encontrada na laranja? Ou que o buriti, presente na maior parte dos biomas brasileiros, tem quase o dobro de vitamina A de uma cenoura? E, ainda, que o babaçu, encontrado no Cerrado, Caatinga e Amazônia, é quase 20 vezes mais rico em ferro que a farinha de trigo? Pois é. A flora brasileira, a mais diversa do mundo, oferece também alimentos altamente ricos em nutrientes.

Leia mais »

PPA mapeia pequenos negócios sustentáveis na Amazônia

A Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA), coordenada pelo Idesam, realizou um mapeamento de mais de 30 startups amazônicas em diferentes estágios de desenvolvimento. Os cases mapeados abrangem os setores de inovação tecnológica, agroindústria, educação, negócios florestais, piscicultura, turismo, entre outros, que futuramente poderão receber aporte de investidores-anjo.

Leia mais »

Todos contra o desmatamento ilegal

O Ministério do Meio Ambiente lançou nesta segunda-feira, em Cuiabá, no Mato Grosso, a Mobilização Nacional de Combate ao Desmatamento Ilegal. A iniciativa busca reduzir de forma contínua a perda de vegetação nativa por meio de ações conjuntas dos governos federal, estaduais e municipais, poderes judiciário e legislativo, setor privado e a sociedade civil organizada.

Leia mais »

Representante da FAO Brasil fala no Inpa sobre erradicação da fome na 50ª Reunião do Geea

“A discussão com o representante da FAO no Brasil foi relevante e fecha com chave de ouro os dez anos de criação do Geea, disse do diretor do Inpa, Luiz Renato de França.

Leia mais »

Brasil tem condições de reduzir até 48% das emissões até 2050, de acordo com ONU Meio Ambiente e governo

O dado é do estudo “Trajetórias de mitigação e instrumentos de políticas públicas para o alcance das metas brasileiras no Acordo de Paris”, uma das publicações que será lançada hoje, 24, pela ONU Meio Ambiente e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em Brasília.

Leia mais »

Sustentabilidade ambiental, social e econômica do estado de Roraima

O Estado de Roraima apresenta uma série de fatores que tanto valorizam as suas potencialidades naturais e antrópicas como também produzem vulnerabilidades que prejudicam um desenvolvimento com sustentabilidade ambiental, social e econômica. 

Leia mais »

Governo do Amazonas e lideranças indígenas debatem manejo sustentável da floresta

A prática sustentável em pequena escala de produtos madeireiros e não madeireiros foi o tema do 1º Diálogo Sobre Manejo Comunitário de Produtos Florestais em Terras Indígenas, realizado nesta quinta-feira (21/12), pela Fundação Estadual do Índio (FEI), no Centro de Convenções Vasco Vasquez, zona centro-sul de Manaus. Mais de 40 lideranças indígenas, órgãos de controle ambiental e de financiamento, participaram da discussão.

Leia mais »

Economia e conservação na Amazônia

Mais de 4 milhões de km² de Floresta Amazônica contribuem para o equilíbrio do sistema climático global. A área supera em mais de 10 vezes o tamanho de um país como a Alemanha e, pela sua importância, será tema central da atuação brasileira na Conferência do Clima, a COP 23, que começa na próxima segunda-feira (06/11) na cidade alemã de Bonn. A última matéria da série sobre a o Brasil na COP 23 aborda o potencial da floresta e as ações do governo federal para a conservação do bioma.

Leia mais »

PA – Projeto de piscicultura garante renda de R$ 15 mil para comunidades ribeirinhas

Iniciativa é mantida pela Mineração Rio do Norte (MRN), no município de Oriximiná (PA). Mais peixe em menos tempo. Esse é o resultado obtido por famílias de três comunidades ribeirinhas de Oriximiná (município da região Oeste do Pará) que participam do Projeto de Apoio à Piscicultura (Peixe Novo), mantido pela Mineração Rio do Norte (MRN), maior produtora brasileira de bauxita (matéria-prima do alumínio). 

Equipe técnica da UFOPA durante visita de acompanhamento em tanque na comunidade Bacabal (Oriximiná, PA) – Divulgação / MRN

Leia mais »

VI Reunião do “Fórum Diálogo Amazonas” acontece na próxima semana

Evento tem por objetivo qualificar demandas e discutir soluções para a regularização fundiária nas Unidades de Conservação de Uso Sustentável do estado.    

Leia mais »