ANA acusa usinas de omissão no rio Madeira

18 de novembro de 2015  - Jaime de Agostinho

Às vésperas do início do período de cheias, as hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau e a Agência Nacional de Águas (ANA) não se entendem a respeito da melhor forma de evitar riscos de inundações em Rondônia, por causa do volume de água que venha a ser represado pelos reservatórios das hidrelétricas. Nos últimos meses, a relação entre as usinas instaladas no Rio Madeira e a agência reguladora tem sido marcada por uma troca de acusações.                       Leia mais »

Bolívia teme inundações por usinas brasileiras na Amazônia

12 de junho de 2011  - Jaime de Agostinho

A Bolívia teme que as gigantescas represas das usinas de Jirau e Santo Antônio, em construção no Amazônia brasileira, provoquem inundações e causem danos à economia e às populações indígenas bolivianas, afirmou nesta sexta-feira o vice-chanceler Juan Carlos Aldurralde.

Aldurralde afirmou em um seminário que o governo da Bolívia não estava plenamente satisfeito com os relatórios elaborados pelo Brasil em defesa das obras hidrelétricas, que entrarão em operação entre 2012 e 2013, e que esperava mais esclarecimentos e garantias em futuras conversações. Leia mais »

Roraima enfrenta desabastecimento por causa da cheia

11 de junho de 2011  - Jaime de Agostinho

O governo de Roraima antecipou as férias de meio de ano da rede estadual de ensino por causa das enchentes e a população começa a enfrentar desabastecimento.

O nível do Rio Branco está mais de dez metros acima do normal. Três rodovias federais estão parcialmente interditadas. Na mais importante delas, a BR-174, que liga Roraima ao estado do Amazonas, só se consegue passar de barco.

Ao menos 355 mil pessoas e 15 municípios foram afetados pelas chuvas no Estado.

Leia mais »