Resex Baixo Rio Branco-Jauaperi

O Diário Oficial da União publica hoje, 06 de junho de 2018, o Decreto de criação da Reserva Extrativista Baixo Rio Branco  Jauaperi – Resex Baixo Rio Branco-Jauaperi.

DECRETO Nº 9.401, DE 5 DE JUNHO DE 2018

Cria a Reserva Extrativista Baixo Rio Branco-Jauaperi, localizada nos Municípios de Rorainópolis e Novo Airão, nos Estados de Roraima e do Amazonas.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput , inciso IV, da Constituição, tendo em vista o disposto no art. 225, § 1º, inciso III, da Constituição, e nos art. 18 e art. 22 da Lei nº 9.985, de 18 de julho de 2000, e de acordo com o que consta do Processo nº 02001.004488/2001-59 do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – Instituto Chico Mendes e dos Processos Administrativos nº 02000.200416/2017-16 e nº 02000.000766/2017-76 do Ministério do Meio Ambiente,

Leia mais »

Indígenas e extrativistas debatem Mudanças Climáticas do Sul do Amazonas em Seminário promovido pelo IEB

“Nós, indígenas e extrativistas do sul do Amazonas, somos uma espécie de colchão de amortecimento que, com nosso esforço e modo de vida, contribui no enfrentamento às mudanças do clima”, afirmou Francisco Ferreira/OPIAJ.

Leia mais »

Projeto revela valor nutricional da flora nativa

Baru, mangaba, jurubeba e jambu – Divulgação BFN

Sabia que o camu-camu, originário da Amazônia, possui mais de 35 vezes a quantidade de vitamina C encontrada na laranja? Ou que o buriti, presente na maior parte dos biomas brasileiros, tem quase o dobro de vitamina A de uma cenoura? E, ainda, que o babaçu, encontrado no Cerrado, Caatinga e Amazônia, é quase 20 vezes mais rico em ferro que a farinha de trigo? Pois é. A flora brasileira, a mais diversa do mundo, oferece também alimentos altamente ricos em nutrientes.

Leia mais »

Geotecnologias ajudam coletores de castanha a traçar rotas na Floresta Amazônica

– Foto: Lucio Cavalcanti

Coletores de castanha-do-brasil (castanha-do-pará, castanha-da-amazônia) e de outros produtos extraídos da Floresta Amazônica poderão contar com geotecnologia para traçar o melhor percurso pela mata e assim economizar tempo e esforço. Pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental (AM), em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), desenvolveram uma metodologia para a otimização do traçado de trilhas que dão acesso a produtos florestais não madeireiros.

Leia mais »

Geotecnologias ajudam coletores de castanha a traçar rotas na Floresta Amazônica

Foto: Siglia Souza

Coletores de castanha-do-brasil (castanha-do-pará, castanha-da-amazônia) e de outros produtos extraídos da Floresta Amazônica poderão contar com geotecnologia para traçar o melhor percurso pela mata e assim economizar tempo e esforço. Pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental (AM), em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), desenvolveram uma metodologia para a otimização do traçado de trilhas que dão acesso a produtos florestais não madeireiros.

Leia mais »

Prosa Rural fala sobre as potencialidades do tucumã

Foto: Vinicius Braga – Embrapa

O Prosa Rural, programa de rádio da Embrapa, fala sobre o tucumã (Astocaryum vulgare), uma palmeira típica da Amazônia, com fruto aromático e rico em vitamina A. Os pesquisadores da Embrapa vêm trabalhando na análise físico-química do tucumã e no desenvolvimento de produtos para uso nas indústrias alimentícia, cosmética e de biodiesel.

Leia mais »

Duas reservas extrativistas recebem treinamentos em manejo de açaizais nativos

A Embrapa Amazônia Oriental, em parceria com o Instituto Floresta Tropical (IFT), promovem quatro treinamentos em manejo de açaizais nativos em duas reservas extrativistas a partir desta quarta-feira (14), no arquipélago do Marajó. Essa tecnologia permite aumentar em até três vezes a produção de frutos por meio do estabelecimento de uma proporção adequada entre açaizeiros e outras espécies florestais numa mesma área.

Leia mais »

Câmara dos Deputados – Comissão aprova estatuto que regula atividade de comunidades extrativistas

A proposta define população extrativista como aquela que ocupa e usa territórios e recursos naturais, utilizando conhecimentos e práticas transmitidos pela tradição.

Leia mais »

Regularização fundiária é concedida a comunidades tradicionais de três reservas extrativistas do interior do AM

Comunidades assinaram os termos de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU), em processos de regularização mediados pelo MPF.

Leia mais »

Siete países debatirán sobre el extractivismo en América Latina

Representantes de Uruguay, Chile, Ecuador, Brasil, El Salvador, Colombia y Perú se reunirán para analizar y debatir sobre el extractivismo en América Latina. La cita es el 26 de octubre. El ingreso es libre.

Leia mais »

Pesquisa possibilita controlar a contaminação de castanhas-do-pará por micotoxinas

A castanha-do-brasil, conhecida popularmente como castanha-do-pará, pode ser altamente suscetível à contaminação por micotoxinas (substâncias tóxicas produzidas por fungos), desde o momento em que cai no solo na floresta amazônica, ao despencar da castanheira (Bertholettia excelsa), até chegar ao consumidor. 

Leia mais »