Sem consulta a quilombolas e ribeirinhos: MPF pede anulação de licença de linhão entre cidades do Pará e Amazonas

Parecer irregular da Fundação Palmares pode ser declarado nulo pela Justiça e licenciamento cancelado até a realização da consulta prévia, livre e informada a oito comunidades

Traçado do linhão vai afetar oito comunidades. Imagem tirada da ACP do MPF
Traçado do linhão vai afetar oito comunidades. Imagem tirada da ACP do MPF

Leia mais »

Municípios do Alto e Médio Solimões (AM) devem garantir segurança alimentar e subsistência a povos indígenas e tradicionais, recomenda MPF

Recomendação inclui fornecimento de insumos e equipamentos para o enfrentamento da pandemia, distribuição de alimentos do Pnae e criação de programas de geração de renda

Mapa do Amazonas ampliado e com destaque aos municípios citados na matéria
Mapa do Amazonas ampliado e com destaque aos municípios citados na matéria : IBGE/Wikimedia Commons

Leia mais »

Resex Ipaú-Anilzinho completa 15 anos

A unidade de conservação foi criada para proteger um importante território com ecossistemas terrestres e aquáticos.

produtos da agricultura familiar
Famílias extrativistas desenvolvem atividades produtivas. (Fotos: Rodrigo Figueiredo)
Leia mais »

Moradores da Ilha de Marajó recebem cestas básicas e navio da Caixa

Demorou, mas elas chegaram ao seu destino. Depois de dois dias de navio e mais um domingo inteiro para descarregá-las e desinfectá-las, as mais de 15 mil cestas básicas doadas pela rede Carrefour a famílias pobres dos municípios paraenses de Afuá (40 mil habitantes) e Chaves (23 mil habitantes) começaram a ser entregues na tarde desta segunda-feira (15).


Moradores do bairro Capim Marinho, em Afuá – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Leia mais »

Marinha vai levar 16 mil cestas básicas para a Ilha de Marajó

Banhado pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins, o arquipélago de Marajó (PA) tem quase 50 mil quilômetros quadrados, uma extensão territorial maior que a Bélgica, por exemplo.

Navio Auxiliar Pará inicia deslocamento para levar cestas básicas a comunidades do arquipélago de Marajó

Leia mais »

Navio militar transporta 16 mil cestas básicas para distribuição entre ribeirinhos do Marajó

Brasília (DF), 12/06/2020 – Às 08h desta sexta-feira (12), o Navio Auxiliar Pará desatracou do Porto de Belém, cortando as águas do Rio Amazonas e do Oceano Atlântico, rumo aos municípios de Afuá e Chaves, a oeste da Ilha de Marajó. Serão dois dias e meio de viagem navegando pelo clima quente e úmido, em direção a maior ilha fluviomaritima do mundo, localizada no extremo norte do Estado e a 196 km de distância da capital paraense.

20200612_entregadecestas.jpeg

Leia mais »

Unicef lança plataforma de conteúdos sobre cultura amazônica para crianças

A coordenadora do Unicef na Amazônia Legal, Anioly Sanabria, falou sobre a proposta do podcast “Deixa que eu conto”.

Manaus, AM, Brasil: Comunidade de ribeirinhos em Manaus. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Leia mais »

Militares levam kits de alimentação às comunidades indígenas e ribeirinhas

As Forças Armadas também têm levado ajuda médica às populações mais distantes. Em Tabatinga, na tríplice fronteira (Brasil, Peru e Colômbia) e São Gabriel da Cachoeira (fronteira com Colômbia e Venezuela), os hospitais militares da região têm sido o único apoio aos moradores da localidade. Praticamente todo o corpo de saúde desses hospitais é de militares que lutam contra o novo coronavírus, atendendo os indígenas e ribeirinhos amazonenses das áreas mais distantes da floresta.

esta imagem não possui descrição

Leia mais »

Justiça determina providências urgentes para garantir proteção de indígenas e povos tradicionais do AM

União, Conab, Funai, Caixa e INSS devem garantir acesso a benefícios sociais e previdenciários e distribuição de alimentos para evitar deslocamento desses grupos às zonas urbanas durante a pandemia

A imagem de um martelo ao fundo e à frente a palavra "decisão" em azul.
Arte: Ascom MPF/AM

Leia mais »

Covid-19: MPF requer segurança alimentar e acesso a benefícios sociais para indígenas e povos tradicionais do AM

Instituições do Poder Público devem adequar cronograma de pagamento e possibilitar acesso aos benefícios nas aldeias e comunidades, além de garantir distribuição de alimentos a esses povos, defende ação do MPF

Fundo opaco de uma imagem aérea da floresta amazônica e à frente os dizeres "Indígenas e Comunidades Tradicionais" em letras brancas.
Arte: Ascom MPF/AM

Leia mais »

NAsH “Tenente Maximiano” viaja com cestas básicas e profissionais de saúde para atender ribeirinhos

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Tenente Maximiano”, subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, suspendeu no dia 6 de maio para a região do Baixo Pantanal, em apoio à Prefeitura Municipal de Corumbá, para ação em prol de famílias ribeirinhas.

Mais de 200 cestas básicas foram levadas para regiões de difícil acesso – FOTO: Marinha do Brasil

O “eu te avisei” sobre Belo Monte

Desde o início dos estudos da terceira maior hidrelétrica do mundo, organizações, ativistas e ambientalistas denunciaram os impactos que o meio ambiente e as comunidades tradicionais sofreriam.

A barragem, chamada de Belo Monstro pelas famílias expulsas de suas casas, terras e ilhas, hoje se impõe na paisagem cortando o Xingu
A barragem, chamada de Belo Monstro pelas famílias expulsas de suas casas, terras e ilhas, hoje se impõe na paisagem cortando o Xingu
Leia mais »

MPF envia carta aberta aos povos indígenas e tradicionais do AM para orientar sobre covid-19

Imagem de duas mão usando luvas azuis segurando papel branco onde se lê em letras vermelhas a palavra Coronavirus
Imagem: Stockphotos

Medidas de prevenção e esclarecimentos são descritos em linguagem simples, com destaque para a orientação de permanência nas aldeias e comunidades, evitando aglomerações nas cidades. 

Leia mais »

Mais de 300 mil cestas básicas serão distribuídas para povos e comunidades tradicionais

Na noite desta quinta-feira (23), foram apresentadas as principais ações desenvolvidas pela Secretaria Nacional de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR) durante a pandemia de Covid-19. Na reunião, feita em live pelo Facebook, a secretária Sandra Terena e a ministra Damares Alves destacaram a doação de 323 mil cestas básicas para povos indígenas e quilombolas, por meio do Plano de Contingência para Pessoas Vulneráveis.

Foto: Willian Meira/MMFDH

Leia mais »