Ibama doa ao Exército instrumentos para combate aos incêndios florestais na Amazônia

O Ibama doou ao Exército 1.400 instrumentos de combate a incêndios florestais. Entre os equipamentos há abafadores, que extinguem o fogo pelo corte do oxigênio; bombas costais, que permitem lançar jatos de água contra as labaredas; e balaclavas, que funcionam como máscaras de proteção individual.

Leia mais »

Mais de 100 militares do Exército reforçarão combate às queimadas em Alter do Chão (PA)

Cerca de 115 militares do 8º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) do Exército, localizado em Santarém (PA), deslocam-se para Alter do Chão, nesta segunda-feira (16), em auxílio ao combate às queimadas na região.

Militares controlaram fogo em Carapanari (PA) e realizaram reconhecimento de área em Porto de Pedras (PA) e Alter do Chão (PA)
Militares controlaram fogo em Carapanari (PA) e realizaram reconhecimento de área em Porto de Pedras (PA) e Alter do Chão (PA)

Leia mais »

Transporte de merendas e material didático em apoio à Secretaria Municipal de Educação de São Gabriel da Cachoeira

Foi realizado pela Companhia Logística de Manutenção do 2º Batalhão Logístico de Selva, da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, o transporte de merenda escolar e material didático para as Comunidades do Distrito de Maturacá e Comunidades do Inambú, Aribú e Nazaré em apoio a Secretaria Municipal de Educação de São Gabriel da Cachoeira.

Leia mais »

Militares do Exército realizam ações impactantes contra crimes ambientais na Floresta Nacional Iquiri, no Amazonas

Militares da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, por intermédio do 4º Batalhão de Infantaria de Selva / Comando de Fronteira Acre, continuam engajados nas ações da Operação Verde Brasil.

Leia mais »

Brigada de Selva adestra sua tropa para atuar como aliada na prevenção e combate a incêndios florestais

No período de 10 a 13 setembro, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl) participou do Estágio de Combate a Incêndios Florestais, que teve a finalidade de capacitar militares do Exército Brasileiro para atuar como aliados na prevenção e combate aos incêndios florestais na região do extremo norte do Brasil.

Leia mais »

Base avançada contribui para intensificar o combate a incêndios florestais no sudoeste do Pará

O Exército Brasileiro segue atuando no contexto da Operação Verde Brasil, força-tarefa de ações integradas entre as Forças Armadas e os órgãos governamentais para o combate às queimadas na Amazônia.

Leia mais »

Militares do Exército Brasileiro acabam com focos de incêndio em Altamira, Itaituba e regiões adjacentes

Em 27 de agosto, no contexto da Operação Verde Brasil, militares do Exército Brasileiro apagaram focos de incêndio localizados em Altamira, Itaituba e regiões adjacentes, no estado do Pará. As ações ocorreram em conjunto com agências governamentais dos níveis federal e estaduais.

FONTE: CMN

Leia mais »

Operação Ágata/Ajuricaba VI na região fronteiriça do norte do País

No período de 17 de julho a 12 de agosto de 2019, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) realizou a Operação Ágata/Ajuricaba VI, empregando suas organizações militares diretamente subordinadas nos estados de Rondônia, Acre e sul do Amazonas, em conjunto com os seguintes órgãos de segurança pública e fiscalização: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além das Polícias Militares e Ambientais estaduais.

Leia mais »

Ação cívico-social em Estirão do Equador

Com o intuito de assistir a população local e manter a presença do Estado nos pontos mais longínquos da Nação, o 4º Pelotão Especial de Fronteira, sediado em Estirão do Equador, realizou uma ação cívico-social (ACISO) na Seção de Saúde do Pelotão.

Leia mais »

Exército pede para que garimpeiros deixem área indígena

Lideranças indígenas tinham solicitado do Exército, em abril, o retorno da fiscalização permanente contra os garimpos nos rios Uraricoera e Mucajaí.

Exército realiza pequenas operações que buscam impedir a entrada de mais pessoas no garimpo ilegal (Foto: Arquivo Cedida pela Ascom Exército )

Leia mais »

II Seminário de Direito Ambiental do Exército Brasileiro reúne civis, militares e acadêmicos na Capital

No dia 5 de agosto, o Quartel-General do Exército foi palco da abertura do II Seminário de Direito Ambiental do Exército Brasileiro. Organizado pela Diretoria de Patrimônio Imobiliário e Meio Ambiente (DPIMA), o evento reúne especialistas e profissionais civis e militares que trabalham na área do Direito Ambiental.

Fonte: CCOMSEx

Leia mais »

Exército discute sobre temas de direito ambiental – II Seminário de Direito Ambiental

No período de 5 a 7 de agosto de 2019, a Diretoria de Patrimônio Imobiliário e Meio Ambiente (DPIMA) realiza o II Seminário de Direito Ambiental do Exército Brasileiro, em Brasília (DF).

Leia mais »

Crianças e jovens de região isolada na fronteira do país são atendidos pelo PROFESP

Crianças e jovens uniformizados, atentos à palestra ministrada pelas Tenentes Dentistas do Exército, Castelo Branco e Evelyn sobre escovação e prevenção de cáries. A cena pode ser considerada comum. Porém, ocorreu em um local bastante isolado, que não tem acesso por estradas e onde nove, entre dez habitantes, são indígenas: São Gabriel da Cachoeira, município do interior do Amazonas, situado na região conhecida como “ Cabeça do Cachorro”, na fronteira com a Colômbia e a Venezuela.

esta imagem não possui descrição

Leia mais »

Justiça homologa acordo histórico que regulamenta convívio entre Exército e comunidade quilombola em Rondônia

A Justiça Federal homologou na última quinta-feira (25) acordo que busca pôr fim a conflitos que se estenderam por décadas entre o Exército e a comunidade autodeclarada quilombola do Forte Príncipe da Beira, no município de Costa Marques, em Rondônia, na fronteira com a Bolívia.

Leia mais »

Fundo de População da ONU completa um ano de atividades em Pacaraima

Há um ano, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) chegava a Pacaraima, município na fronteira do Brasil com a Venezuela, para integrar os serviços de ordenamento de fronteira da Operação Acolhida, iniciativa do governo federal e das Forças Armadas para coordenar a resposta e atendimento às pessoas refugiadas e migrantes que chegam ao país.

Time do UNFPA em ação na comunidade indígena Sakaumotá, em março deste ano. Foto: UNFPA Brasil

Desde então, o UNFPA lidera as ações de promoção da saúde sexual e reprodutiva e de prevenção da violência baseada em gênero no contexto de assistência humanitária. “É fundamental a atuação do Fundo de População neste cenário: para garantir que cada gestação seja desejada, cada parto seja seguro e cada pessoa jovem possa atingir o seu potencial, inclusive em situações de crises humanitárias”, disse o chefe do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal.

Leia mais »