Aquário Jacques Huber oferece novos encantos aos visitantes

A reabertura será nesta sexta-feira (04), às 10h, como parte das celebrações pelos 153 anos do Museu Paraense Emílio Goeldi. Com o investimento da Celpa e apoio do Peabiru, a estrutura do mais antigo aquário público do país foi modernizada. Tem novidades invisíveis e perceptíveis ao público. Seis novas espécies de peixes foram introduzidas no plantel, que agora conta com melhor estrutura e garantia da saúde dos animais. E sabe o peixe elétrico? Os pesquisadores descobriram ser, na realidade, uma das novas espécies descritas para a ciência.

Leia mais »

Pesquisadores descrevem duas novas espécies de peixe-elétrico na Amazônia

O curioso Electrophorus electricus, o popular poraquê, conhecido pela descarga elétrica de 650 volts que é capaz de gerar, já não é mais considerado pela ciência como a única espécie de enguia elétrica distribuída na Pan-Amazônia.

Leia mais »

MPF recomenda correção da licença de Belo Monte para preservar a vida na Volta Grande do Xingu (PA)

Técnicos do Ibama nunca atestaram viabilidade do desvio de água feito pela usina no trecho de 100 km do rio onde vivem comunidades indígenas e ribeirinhas. Cientistas apontam grave risco.

Leia mais »

Pesquisa do Instituto Mamirauá investiga caça ilegal de peixe-boi-amazônico

Dados são coletados desde 2017 em reservas de desenvolvimento sustentável da região do Médio Solimões, na Amazônia Central.

Especialista em mamíferos aquáticos amazônicos, a oceanógrafa Miriam Marmontel coleta dados para ações de conservação (Foto: Amanda Lelis)

Leia mais »

Ibama apreende 505 peixes ameaçados de extinção em Altamira (PA)

O Ibama apreendeu nesta quarta-feira (12/06) uma bagagem com 505 acaris-zebra (Hypancistrus zebra) e 2 acaris-tubarão (Scobinancistrus sp. L82) no aeroporto de Altamira (PA).

peixes ornamentais apreendidos – Foto: Ibama

Leia mais »

Pesquisa utiliza equipamentos médicos para análise de pirarucu

Cientistas da Embrapa Pesca e Aquicultura (TO) estão empregando equipamentos de medicina, como endoscópios e tomógrafos computadorizados, para pesquisar o pirarucu (Arapaima gigas). As tecnologias auxiliam a descobrir o grau de maturação das células sexuais das fêmeas e gerar imagens inéditas em 3D do maior peixe nativo do Brasil.

Cientistas usam tomografia computadorizada para estudar fisiologia do pirarucu

Leia mais »

Cepam avalia 175 espécies de peixes amazônicos

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), através do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônica (Cepam), abriu consulta pública para avaliar 175 espécies de peixes amazônicas da Ordem Siluriformes. O prazo para envio de contribuições é até o dia 28 de março.

Pimelodus ornatus Henrique Lazzarotto

Leia mais »

Captura de 25 peixes-bois no semicativeiro selecionará animais para soltura nos rios

A captura de peixes-bois no semicativeiro é a etapa do Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia, patrocinado pela Petrobras, que visa a seleção dos animais para a soltura na natureza. A escolha é feita após biometria e análise de exames clínicos.

Leia mais »

Projeto da MRN conquista licenciamento ambiental para piscicultores

Em dezembro, os produtores do projeto de Apoio à Piscicultura, da Mineração Rio do Norte (MRN), alcançaram mais uma conquista: a obtenção da Licença Ambiental Simplificada (LAS). O licenciamento ambiental proporciona, para cada uma das seis famílias do projeto, estar legalizadas, junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), para a criação e venda de tambaquis.

Leia mais »

Ipaam alerta feirantes sobre o período do defeso do caparari e do surubim, que começa nesta quinta-feira, 15

Servidores da Gerência de Controle de Pesca (GECP) do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) iniciaram, nesta quarta-feira (14/11), nas principais feiras e mercados de pescado de Manaus, a campanha educativa de divulgação do período do defeso do capararí (Pseudoplatystoma tigrinum) e do surubim (Pseudoplatystoma fasciatum), que começa a partir desta quinta-feira (15/11).

Leia mais »

Aplicativo “Ictio” permite registrar e compartilhar informações sobre peixes migratórios na Amazônia

Foram mais de 30 treinamentos e reuniões para conhecer e aprender a usar o Ictio, nas regiões do Médio e Alto Solimões, estado do Amazonas. O aplicativo, desenvolvido pelo projeto Ciência Cidadã para a Amazônia, permite o registro de atividades de pesca, com a criação de listas.

Comunidades no estado do Amazonas começaram a usar a ferramenta. Treinamentos estão sendo feitos pelo Instituto Mamirauá

Leia mais »