Ipaam alerta feirantes sobre o período do defeso do caparari e do surubim, que começa nesta quinta-feira, 15

Servidores da Gerência de Controle de Pesca (GECP) do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) iniciaram, nesta quarta-feira (14/11), nas principais feiras e mercados de pescado de Manaus, a campanha educativa de divulgação do período do defeso do capararí (Pseudoplatystoma tigrinum) e do surubim (Pseudoplatystoma fasciatum), que começa a partir desta quinta-feira (15/11).

Leia mais »

Aplicativo “Ictio” permite registrar e compartilhar informações sobre peixes migratórios na Amazônia

Foram mais de 30 treinamentos e reuniões para conhecer e aprender a usar o Ictio, nas regiões do Médio e Alto Solimões, estado do Amazonas. O aplicativo, desenvolvido pelo projeto Ciência Cidadã para a Amazônia, permite o registro de atividades de pesca, com a criação de listas.

Comunidades no estado do Amazonas começaram a usar a ferramenta. Treinamentos estão sendo feitos pelo Instituto Mamirauá

Leia mais »

Ibama apreende 166 toneladas de pescado no AM

imagem sem descrição.

Em operação realizada com apoio da Polícia Federal (PF) concluída nesta quinta-feira (25/10), o Ibama apreendeu 166 toneladas de pescado e embargou 3 frigoríficos irregulares em Manaus, Manacapuru e Iranduba, no Amazonas.

Leia mais »

Desmatamento causa “emagrecimento” de peixes, conclui estudo

Sem floresta, temperatura média dos riachos da região aumenta em até 6°C e interfere no tamanho dos organismos.

Colniza, MT, Brasil: Área degradada no município de Colniza, noroeste do Mato Grosso. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Leia mais »

Brasil inicia o maior projeto de pesquisa já elaborado para desenvolver a aquicultura

Saulo Coelho -

Foi iniciado o maior projeto de pesquisa em aquicultura já realizado no País. O BRS Aqua envolve 22 centros de pesquisa, 50 parceiros públicos e 11 empresas privadas – números que ainda devem aumentar ao longo de sua duração.  Leia mais »

Pesquisa analisa importância dos peixes amazônicos na ciclagem de nutrientes

Resultados da pesquisa poderão impactar em termos de sustentabilidade de serviços ambientais. As substâncias químicas eliminadas pelos peixes denominadas como excretas são a base de uma pesquisa científica que investiga a importância dos peixes amazônicos para a ciclagem de nutrientes. 

Leia mais »

Peixe fêmea da Amazônia se reproduz sem sexo e desafia teoria de extinção da espécie

Reuters
Image caption
O pequeno peixe da Amazônia se reproduz de forma assexuada e desafia teoria de extinção da espécie

A teoria da evolução sugere que as espécies que se reproduzem de forma assexuada tendem a desaparecer rapidamente, uma vez que seu genoma acumula mutações mortais ao longo do tempo. 

Leia mais »

Nova família de peixes amazônicos é descoberta

Já se completavam 40 anos desde que a última família desconhecida de peixes sul-americanos fora encontrada.

A Tarumania parece uma enguia e vive submersa em poços de folhas – Foto: Divulgação via Agência Fapesp

Leia mais »

Pesquisador identifica mais de 400 substâncias secretadas da cabeça do pirarucu

Um importante passo no caminho da domesticação do pirarucu (Arapaima gigas), o maior dos peixes nativos do Brasil, foi dado pelo pesquisador da Embrapa Pesca e Aquicultura (TO), Lucas Simon Torati: a descoberta de hormônios, proteínas, peptídeos e prováveis feromônios no líquido secretado pela cabeça de animais adultos. O cientista analisa a hipótese de que os alevinos devem se beneficiar diretamente dessa secreção, por causa da sua composição bioquímica. A pesquisa identificou mais de 400 proteínas secretadas pelo peixe. A descoberta foi publicada na revista científica Plos One

Leia mais »

Ipaam alerta para início do período defeso

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informa que inicia no próximo dia 15 de novembro, o período de defeso dos peixes caparari (Pseudoplatystoma tigrinum) e surubim (Pseudoplatystoma fasciatum). A pesca, a comercialização e o transporte das espécies ficarão proibidos até o dia 15 de março de 2018. O objetivo é garantir a reprodução das espécies citadas nos rios da Amazônia. 

Leia mais »

Pesquisa aprimora método de detecção de mercúrio em peixes

Metal potencialmente tóxico e com capacidade de se acumular no organismo, o mercúrio é encontrado em rios amazônicos como resquício da atividade de mineração e, em alguns pontos, como ocorrência natural. Essa presença afeta a fauna aquática e pode atingir humanos que consomem o pescado com mercúrio.    Leia mais »