Museu Goeldi apresenta as “Diversidades Amazônicas” e inaugura seu Centro de Exposições

Histórias, plantas, bichos, rios, artefatos culturais, sensações. A exposição “Diversidades Amazônicas” reúne acervos, tecnologias e conhecimentos científicos e tradicionais de vários territórios amazônicos para falar sobre essa região que fascina o mundo e precisa de esforços coletivos para ser preservada. Diversidades abre ao público no próximo dia 28, inaugurando o Centro de Exposições Eduardo Galvão, no Parque Zoobotânico do Goeldi.

Leia mais »

Recorde de desmatamento em terras indígenas tem a ver com desmonte de órgãos de fiscalização

De acordo com Pedro Luiz Côrtes, isso dá brechas para que grileiros e comerciantes de madeira ilegal explorem ao máximo esses territórios

Leia mais »

Onça-pintada e mais seis espécies que vivem no Acre estão ameaçadas de extinção

Em alusão ao Dia da Amazônia, celebrado no dia 5 de setembro, a Revista Casa e Jardim, do site O Globo, listou 10 espécies ameaçadas de extinção na Amazônia, considerada um dos patrimônios naturais do planeta. Dentre as 10 espécies presentes na lista, 7 delas vivem em parte do território acreano, segundo a Lista Vermelha de Espécies da IUCN. 

Gato-maracajá. Foto: Reprodução – Postada em: O Alto Acre

Leia mais »

Natureza, Ciência e reencontros no Parque do Museu Goeldi

Primeiro aniversário de criação do Zoobotânico comemorado presencialmente desde o início da pandemia de Covid-19, as celebrações do último domingo festejaram o último fragmento florestal da área central da capital do Pará. A programação destacou a importância da ciência e da natureza para os povos amazônicos.

Leia mais »

Parque Zoobotânico do Museu Goeldi celebra 127 anos

Na celebração, o público pode conferir jogos educativos, peças da coleção didática do Museu Goeldi, e ainda uma oficina de modelagem em argila para pessoas com deficiência, além da tradicional distribuição de mudas do seu Bolo de Flores. Uma novidade é que a partir de setembro, o Parque funcionará por mais tempo para visitação pública.

Postada em: Museu Goeldi

Leia mais »

Uso insustentável de espécies silvestres ameaça oferta de alimentos e geração de renda, dizem cientistas

Bilhões de pessoas tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento dependem de espécies silvestres de plantas e animais para alimentação, saúde, energia, geração de renda e recreação, entre outras finalidades. Muitas dessas espécies, contudo, estão em declínio, ameaçadas pela exploração excessiva e pelo comércio ilegal, entre outras práticas que têm agravado a crise global da perda de biodiversidade.

Foto: MPF – Postada em: FAPESP

Leia mais »

Funai atua para promover o conhecimento sobre uso tradicional do fogo em comunidades Xavante

A Coordenação de Prevenção a Ilícitos (Copi) da Fundação Nacional do Índio (Funai) vem atuando para promover ações sobre o uso tradicional do fogo por comunidades da etnia Xavante, no Mato Grosso. O objetivo é realizar a troca de conhecimentos e experiências entre indígenas e o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), com o intuito de aprimorar as atividades de Manejo Integrado do Fogo (MIF) em áreas Xavante, com foco na prevenção a incêndios florestais.

Foto: Divulgação/Funai

Leia mais »

Espécie exótica de lagarto é registrada em Belém

É a primeira vez que a espécie Gymnophthalmus underwoodi é registrada em uma área ao sul do Rio Amazonas, sendo provável que tenha sido introduzida na região acidentalmente, por navios que atracam em Belém. O lagartinho não apresenta riscos para os seres humanos, mas são necessários mais estudos para entender seu impacto para a natureza local

Leia mais »

Mudanças climáticas e da paisagem impactam na conservação de lagartos amazônicos

Estudo investiga como a sinergia do aquecimento global, a perda e fragmentação de habitats naturais interferem na distribuição e conservação de lagartos tropicais. Oito espécies foram identificadas com alto risco de extinção, mas as possibilidades de reduções futuras se estendem para um grande número de lagartos endêmicos da Amazônia.

Leia mais »

Andorinhas-azuis que migram para a Amazônia voltam contaminadas por mercúrio

Mercúrio encontrado na natureza e aquele usado em garimpos nos rios da região acumulam-se nas penas das aves, afetando peso e nível de gorduras, essenciais para migração

Foto: cedida pelo pesquisador – postada em: Jornal da USP

Leia mais »

Museu Goeldi reabre aos finais de semana

A partir do domingo, 5 de junho, a visitação pública no Parque Zoobotânico da instituição volta aos finais de semana e na reestreia tem programação especial marcando o dia mundial do meio ambiente. O agendamento pode ser feito por e-mail ou whatsapp para visitas de quarta-feira a domingo.

Postada em: Museu Goeldi

Leia mais »

Estudo publicado na Science Advances em colaboração com o Inpa mostra que pequenos rios amazônicos influenciam especiação de aves de florestas de terra firme

Considerado o ecossistema mais diverso do mundo, as florestas tropicais na bacia do rio Amazonas contêm mais de 10% de todas espécies conhecidas atualmente. Aves, primatas, sapos e outros organismos apresentam variação na composição de espécies em grandes interflúvios ao longo da planície amazônica. Só de aves a estimativa é de que a Amazônia abriga mais 1.300 espécies.

O trabalho avaliou como rios amazônicos de diversos tamanhos afetam a diversificação de espécies de aves da Amazônia. A pesquisadora do Inpa, Camila Ribas, assina o artigo junto com pesquisadores do Museu Americano de História Natural. Banner: Laísa Maida/ Inpa

Leia mais »

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com