Reunião do Geea discute potencialidades e desafios da pesca na Amazônia

Na manhã desta quarta-feira (05) ocorreu a 57ª edição, e última do ano, do Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos (Geea) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC). Na ocasião, o Dr. Carlos Edwar de Carvalho Freitas falou sobre a atividade pesqueira na região.

geeasite

Debate girou em torno da atividade levando em conta dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura.

Leia mais »

Ipaam alerta feirantes sobre o período do defeso do caparari e do surubim, que começa nesta quinta-feira, 15

Servidores da Gerência de Controle de Pesca (GECP) do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) iniciaram, nesta quarta-feira (14/11), nas principais feiras e mercados de pescado de Manaus, a campanha educativa de divulgação do período do defeso do capararí (Pseudoplatystoma tigrinum) e do surubim (Pseudoplatystoma fasciatum), que começa a partir desta quinta-feira (15/11).

Leia mais »

Aplicativo “Ictio” permite registrar e compartilhar informações sobre peixes migratórios na Amazônia

Foram mais de 30 treinamentos e reuniões para conhecer e aprender a usar o Ictio, nas regiões do Médio e Alto Solimões, estado do Amazonas. O aplicativo, desenvolvido pelo projeto Ciência Cidadã para a Amazônia, permite o registro de atividades de pesca, com a criação de listas.

Comunidades no estado do Amazonas começaram a usar a ferramenta. Treinamentos estão sendo feitos pelo Instituto Mamirauá

Leia mais »

Embrapa inicia projeto com pescadores artesanais de três estados do Norte do país

“A gente espera que aconteça mesmo, de fato, que o projeto vá até o fim e que as pessoas respeitem mais o pescador”; essa é a expectativa de Dona Dora, presidente da Colônia de Pescadores de Esperantina, município que fica no Bico do Papagaio, extremo Norte do Tocantins. 

Leia mais »

Instituto Mamirauá realiza curso de contagem de pirarucus com pescadores da Amazônia

Nos rios e lagos de água doce, não existe peixe de escama maior que o pirarucu. Avistar o animal, que pode chegar a 3 metros de comprimento, em natureza pode parecer tarefa fácil, mas não se engane, é preciso muita paciência e olhos treinados. Habilidades essenciais para o manejo sustentável da espécie. Foi esse o foco do “Curso de Metodologia de Contagem de Pirarucu”, realizado pelo Instituto Mamirauá entre os dias 11 e 13 de setembro no Amazonas.

Leia mais »

Pescadoras testam armadilha sintética para captura de camarão de água-doce na Amazônia

Daniel Montagner -

A pesca artesanal do camarão de água-doce na foz do Rio Mazagão, no sul do Amapá, está passando por uma transformação que contribui para a sua sustentabilidade: o uso do matapi sintético.

Leia mais »

FAO e Brasil assinam projeto para impulsionar governança de terra, pesca e florestas

O Programa de Cooperação Internacional entre o Brasil e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) celebra uma década de trabalho conjunto com novo projeto de 3,4 milhões de dólares para promover a governança da terra, da pesca e de florestas na América Latina e no Caribe.

O projeto terá como foco a melhoria da administração da terra nos países da região, promovendo processos de cadastramento, registro e titulação, ajudando os países a fortalecer suas instituições para melhorar o acesso à terra e reconhecer os direitos daqueles que vivem e trabalham lá, com ênfase no apoio às mulheres e à juventude rural.

Leia mais »

Portal reúne informações sobre cadeia produtiva do pescado

A Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ), em parceria com a Fundação Instituto de Pesca do Rio de Janeiro (Fiperj) e mais 13 instituições de ensino e pesquisa brasileiros, acaba de lançar o portal Pescado em Rede, que reúne informações sobre as cadeias produtivas de rã, tilápia e camarão. A iniciativa segue a experiência da rede de ranicultura, criada há sete anos e que conta com quase 500 membros ativos. O antigo website foi ampliado para incorporar informações sobre as cadeias de tilapicultura e carcinicultura.

Leia mais »

Ipaam alerta para início do período defeso

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informa que inicia no próximo dia 15 de novembro, o período de defeso dos peixes caparari (Pseudoplatystoma tigrinum) e surubim (Pseudoplatystoma fasciatum). A pesca, a comercialização e o transporte das espécies ficarão proibidos até o dia 15 de março de 2018. O objetivo é garantir a reprodução das espécies citadas nos rios da Amazônia. 

Leia mais »

Embrapa participa de audiência pública sobre portaria que proíbe a pesca de várias espécies no Amapá

A Embrapa Amapá participou de audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado do Amapá, em Macapá (AP), com o propósito de debater os impactos da Portaria 445 do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para o setor pesqueiro do Amapá. Esta portaria proíbe a pesca de 475 espécies em risco de extinção, das quais 22 são encontradas na costa do Amapá. A audiência pública foi promovida pela deputada Cristina Almeida (PSB) e contou com as presenças de representantes de colônias e entidades de pescadores do Amapá, gestores de órgãos federais e estaduais.  

Leia mais »