62 povos indígenas participam de curso sobre REDD+ e clima na Amazônia

Lideranças de 62 povos indígenas da Amazônia brasileira, representando os nove Estados da região, participaram do “Curso sobre Mudanças Climáticas, Carbono e REDD+ na Amazônia Indígena” e são agora multiplicadoras do conhecimento adquirido, para difundir as informações em suas aldeias e com suas organizações de base.

Formação reuniu representantes em terras indígenas de Roraima, Acre e Pará (Foto: Bibiana Garrido/IPAM)

Continuar lendo 62 povos indígenas participam de curso sobre REDD+ e clima na Amazônia

Pagamento por serviços ambientais impulsiona desenvolvimento sustentável na Amazônia

A compensação pelos serviços ambientais prestados pelos chamados guardiões da Amazônia, notadamente as comunidades agroextrativistas da castanha-da-amazônia, pode ser uma estratégia eficaz para impulsionar o desenvolvimento sustentável e enfrentar os desafios das mudanças climáticas e do desmatamento. Foi o que concluiu um grupo de pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente (SP), da Embrapa Amapá e da Embrapa Roraima. Os resultados foram publicados no capítulo 11 do livro Castanha-da-amazônia: ecologia e manejo de castanhais nativos, que pode ser baixado gratuitamente.

– Photo: Fernando Barreto Diógenes de Queiroz / Postada em: EMBRAPA

Continuar lendo Pagamento por serviços ambientais impulsiona desenvolvimento sustentável na Amazônia

Para cumprir compromisso climático, Brasil precisa rever os R$ 32 bilhões em apoio ao setor agropecuário

Durante a COP28, o Brasil reafirmou o compromisso de reduzir em 48,4% suas emissões dos gases do efeito estufa (GEE) já em 2025. Mas, para alcançar essa meta, o país precisa transformar urgentemente sua relação com o setor agropecuário, cuja expansão é a principal causa da mudança do uso da terra que, por sua vez, é a principal fonte de emissões no país.

Continuar lendo Para cumprir compromisso climático, Brasil precisa rever os R$ 32 bilhões em apoio ao setor agropecuário

Tecnologias para o manejo florestal são apresentadas na COP28

O uso de drones para monitorar a dinâmica da floresta, aliado à inteligência artificial para automatizar etapas do  inventário florestal e métodos de monitoramento dos gases de efeito estufa (GEE) em florestas nativas serão apresentados na 28ª conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que segue até 12 de dezembro em Dubai.

– Photo: Mauricilia Silva – Postada em: EMBRAPA

Continuar lendo Tecnologias para o manejo florestal são apresentadas na COP28

COP28: promoção de economia sustentável e de baixo carbono na Amazônia

As soluções para garantir produção sustentável, desenvolvimento econômico e preservação da Amazônia foram debatidos durante dois painéis organizados, nesta sexta-feira (8), pelo IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), no Hub da Amazônia na COP28, em Dubai.

Foto postada em: IPAM Amazônia

Continuar lendo COP28: promoção de economia sustentável e de baixo carbono na Amazônia

Livro aborda técnicas de serviços ambientais e ecossistêmicos na Amazônia

Neste mês de novembro a Embrapa publicou um livro que mostra ao leitor como as técnicas conhecidas por serviços ambientais e serviços ecossistêmicos podem contribuir, sobremaneira, para a redução dos impactos negativos no meio rural e, assim, tornar as propriedades sustentáveis.

Foto: Divulgação

Continuar lendo Livro aborda técnicas de serviços ambientais e ecossistêmicos na Amazônia

Cumprimento do Acordo de Paris vai além da Amazônia, aponta relatório

Para instituto, reduzir desmatamento na região não é o suficiente

Foto: TV Brasil EBC

Continuar lendo Cumprimento do Acordo de Paris vai além da Amazônia, aponta relatório

Unidades de conservação estocam 28 anos de emissões nacionais de CO2

O Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) e ((o))eco estimaram em primeira mão quanto carbono há na vegetação das unidades de conservação terrestres no país. O trabalho conecta as agendas globais de proteção do clima e da biodiversidade.

Arte: Glauco Lara / ((o))eco – Postada em: IPAM Amazônia

Continuar lendo Unidades de conservação estocam 28 anos de emissões nacionais de CO2

Finep viabiliza apresentação de projeto de estudantes de escola pública na COP 28

Alunos da escola E. E. Prof. Sebastião de Oliveira Rocha, de São Carlos (SP), foram os únicos brasileiros selecionados pela Unesco para participar da Cúpula do Clima (COP28), que começa no final de novembro (30) e se estende até dezembro (12), em Dubai. O clube de ciência da escola criou o projeto inovador que tem o objetivo de minimizar os efeitos das mudanças climáticas no planeta. Os alunos, através do patrocínio da Finep, estão se preparando para embarcar rumo aos Emirados Árabes para expor os resultados desta pesquisa frente às autoridades internacionais.

Foto postada em: FINEP

Continuar lendo Finep viabiliza apresentação de projeto de estudantes de escola pública na COP 28

Ministério dos Povos Indígenas

“Para além de se pensar o quanto vale uma tonelada de carbono, é importante pensar no valor da floresta em pé”, diz ministra em Nova York – Em evento da ClimateWeek, Sonia Guajajara afirma que temos que começar a discutir realmente o que interessa à vida e não somente os preços

– Foto: Leo Otero | Ascom MPI

Continuar lendo Ministério dos Povos Indígenas

Senado Federal – Na CPI das ONGs, professor nega que desmatamento da Amazônia afete o clima global

A CPI das ONGs ouviu nesta terça-feira (5) o professor da Universidade Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion sobre a influência da Amazônia para o regime de chuvas e para o clima na América do Sul e no planeta. Segundo ele, na “hipótese absurda de se desmatar toda a Amazônia, o que levaria cerca de 600 anos na taxa atual, o clima global não seria afetado”. O professor disse que a fonte de umidade para regiões fora da Amazônia não é a floresta, e sim o Oceano Atlântico tropical.

Professor Luiz Carlos Molion durante a audiência na CPI – Roque de Sá/Agência Senado – Fonte: Agência Senado

Continuar lendo Senado Federal – Na CPI das ONGs, professor nega que desmatamento da Amazônia afete o clima global

El Niño interrompe capacidade das florestas da América do Sul de absorver carbono, revela estudo com participação do Inpa publicado na Nature

Um estudo divulgado recentemente pela revista Nature Climate Change aponta que as altas temperaturas causadas pelo evento climático El Niño, no período de 2015 a 2016, interromperam a capacidade das florestas da América do Sul de absorver o carbono. Mais de 100 cientistas de instituições nacionais e internacionais participaram do trabalho, entre eles a pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), Flávia Costa, e a pós-doutoranda do Inpa, Thaiane Sousa.

Os pesquisadores observaram que o maior impacto relativo do evento El Niño de 2015 a 2016 ocorreu em florestas historicamente mais secas – Fotos: Laboratório de Ecologia Vegetal (Inpa/MCTI)

Continuar lendo El Niño interrompe capacidade das florestas da América do Sul de absorver carbono, revela estudo com participação do Inpa publicado na Nature

Exploração de minerais estratégicos, no Brasil e na Amazônia, é debatido em Conferência Internacional

Entre 30 de agosto e 1º de setembro, foi realizada a Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias, em Belém. O evento contou com a participação do diretor de Geologia e Recursos Minerais (DGM) do Serviço Geológico do Brasil (SGB), Valdir Silveira, no painel “Transição Climática: o Brasil e os Minerais Estratégicos”, quando foi debatida a exploração de minerais estratégicos no Brasil e na Amazônia, vinculada à transição global para uma economia de baixo carbono.

Foto postada em: SGB

Continuar lendo Exploração de minerais estratégicos, no Brasil e na Amazônia, é debatido em Conferência Internacional