Debatedores apontam dificuldades para implementar projetos de cooperação na Amazônia

Seminário na Câmara dos Deputados discutiu os 40 anos do Tratado de Cooperação Amazônica. Assinado por oito países (Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela), o acordo prevê ações conjuntas para o desenvolvimento da região.

Leia mais »

Publicadas as portarias de reconhecimento de Territórios Quilombolas em Oriximiná

A publicação é resultado do processo de negociação entre quilombolas e governo iniciado em 2017 para atender à decisão judicial que estipulou prazo de dois anos para a titulação das terras quilombolas.

Ontem, (19/07), o Incra publicou as portarias de reconhecimento e declaração dos Territórios Quilombolas Alto Trombetas 1 (com 161.719,4276 hectares) e Alto Trombetas 2 (com 189.657,8147 hectares) situados em Oriximiná, Pará. Leia mais »

Conservação na Amazônia focada somente em carbono pode desproteger a biodiversidade

 -

Proteger os estoques de carbono nas florestas tropicais, em especial na Amazônia, é um dos principais objetivos de políticas públicas e ações de organizações ambientais em todo o mundo na luta frente às mudanças climáticas. Porém, um estudo publicado ontem (16/07) na Nature Climate Change, principal revista sobre o tema no mundo, mostra que a conservação focada somente no carbono pode levar a lacunas de até 75% na proteção das espécies presentes em florestas de maior valor ecológico.        Leia mais »

Arqueólogos encontram urnas funerárias indígenas de 1,5 mil anos em Tefé

Material foi descoberto por pesquisadores do Instituto Mamirauá na comunidade de Tauarí, localizada na Floresta Nacional de Tefé (Flona).

Show urna funeraria

Arqueólogos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá encontraram urnas funerárias indígenas de 1 a 1,5 mil anos na comunidade de Tauarí, localizada na Floresta Nacional de Tefé (Flona). A informação foi divulgada pela Prefeitura do município que fica a 523 quilômetros de Manaus. Leia mais »

Audiência pública no Pará expõe abandono da reforma agrária e pressões da mineradora Alcoa

Criado em 2005, o PAE Lago Grande é um dos maiores assentamentos do Brasil, e fica numa região rica em sociobiodiversidade entre os rios Tapajós e Amazonas, no oeste do Pará

Muitas pessoas sentadas em um galpão aberto e um homem de pé, falando ao microfone.

A audiência pública reuniu representantes de 140 comunidades do assentamento. – Foto: Ascom/MPF/PA

Leia mais »

USP pesquisa malária onde a doença mais ocorre no Brasil

Instituto de Ciências Biomédicas faz pesquisas em Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul (Acre), cidades campeãs de malária no País.

Prevalência da malária em Mâncio Lima, no Acre, está sendo observada a partir da coleta de sangue dos moradores – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Leia mais »

DSEI Alto Rio Solimões fala sobre o serviços de emergência indígena SAMUSI

Além das ambulanchas, Distrito conta com mais 52 embarcações para prestação de assistência à saúde nas 229 aldeias da região.

Os quase 70 mil indígenas que vivem na área de abrangência do Distrito Sanitário Especial Indígena Alto Rio Solimões (DSEI ARS) estão contando com o SAMUSI -Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Saúde Indígena, o primeiro no país.

Leia mais »

Ministro acompanha a situação dos migrantes venezuelanos em Roraima

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, esteve nesta quinta-feira (19) em Pacaraima, Roraima, para verificar o andamento do processo de acolhimento e regularização dos migrantes venezuelanos.

Leia mais »

Conselho propõe ao governo regras para o mercado de carbono

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) entregou hoje (19) ao ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, uma proposta para a criação e formatação do mercado de carbono no Brasil. De acordo com a presidente do CEBDS, Marina Grossi, é papel do governo estruturar, regulamentar e estabelecer a governança necessária para esse mercado.

Leia mais »

Operação Assacaio é desencadeada de modo interagência em áreas indígenas, para coibir ilícitos

No dia 12 de junho de 2018, o Comando de Fronteira Solimões e 8º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Solimões/8º BIS), “Batalhão Forte São Francisco”, realizou a Operação Assacaio, como parte da Operação Ágata, nível II, Curaretinga.

O Batalhão atuou, no modal interagências, na região da Comunidade Indígena Belém do Solimões e nas localidades no entorno do Igarapé Takana e Igarapé Assacaio, buscando a interoperabilidade com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e a Polícia Militar do Estado do Amazonas.  Leia mais »

SGDC – TELEBRAS conecta os primeiros acessos em escolas e posto de fronteira no município de Pacaraima/RR


Telebras conecta os primeiros acessos à internet pelo SGDC em escolas e posto de fronteira no município de Pacaraima/RR.  Leia mais »

Após cobranças do MPF, prefeitura de Belém (PA) decreta emergência por fluxo migratório de venezuelanos

Prefeito Zenaldo Coutinho comprometeu-se a fazer com que o município trabalhe em rede com outras entidades que atuam no acolhimento e integração de refugiados e migrantes no estado.

Dez meses após o Ministério Público Federal (MPF) ter iniciado uma série de cobranças, por meio de recomendações e ação judicial, o prefeito de Belém (PA) assinou nesta terça-feira (17) decreto em que declara situação de emergência social no município devido ao fluxo migratório de indígenas venezuelanos.     Leia mais »

Índio Isolado da TI Tanaru – O sobrevivente que a Funai acompanha há 22 anos

tanaru

Imagine passar 22 anos observando uma só pessoa. Planejando ações de vigilância do território onde vive, garantindo sua proteção contra ameaças externas. Nenhuma palavra trocada. Todo contato consistindo em fornecer alguns objetos que poderiam ser úteis para a sua sobrevivência. É esse o trabalho realizado pela Funai na Terra Indígena (TI) Tanaru, onde vive o indígena isolado popularmente conhecido como o “índio do buraco”.

Leia mais »

Soluções para a conservação da natureza podem receber apoio financeiro

Segunda chamada pública  de 2018 da Fundação Grupo Boticário oferece três categorias diferentes, uma delas voltada a ambientes marinhos

Iniciativas de todo o Brasil que ofereçam medidas efetivas de conservação da natureza podem se inscrever para a segunda chamada de 2018 dos tradicionais editais de apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, que existem há 27 anos. As inscrições podem ser feitas até 31 de agosto, por meio do site da instituição. Leia mais »

Hidrelétrica São Manoel: Justiça acolhe pedido do MPF e assegura direito à consulta prévia a indígenas

Ação Civil Pública foi proposta em face do IBAMA para que fosse realizada a consulta livre, prévia e informada aos povos indígenas Kayabi, Munduruku e Apiaká, potencialmente afetados pela usina a ser construída na bacia do Rio Teles Pires

Imagem: Secom/PGR

 

Leia mais »