Queimadas na Amazônia em 2019 seguem o rastro do desmatamento

O número de focos de calor registrados na Amazônia já é 60% mais alto do que o registrado nos últimos três anos. O pico tem relação com o desmatamento, e não com uma seca mais forte como poderia se supor, segundo nota técnica sobre a atual temporada de queimadas que o IPAM (Instituto de Pesquisas Ambiental da Amazônia) divulga hoje.

daisy photographed from below

Leia mais »

Calor e secura provocados pelo Verão Amazônico são agravados com aumento de incêndios

Boa parte dos moradores da Amazônia enfrenta calor e seca atualmente. É o verão amazônico que atinge os estados localizados ao sul da região entre os meses de julho e outubro.

Leia mais »

Governo decreta situação de emergência por queimadas no Sul do Estado e Região Metropolitana de Manaus

O governador em exercício, Carlos Almeida, assinou, nesta sexta-feira (2/8), decreto que declara situação de emergência no Sul do Estado e na Região Metropolitana de Manaus por conta do impacto negativo do desmatamento ilegal e queimadas não autorizadas. O Amazonas registrou, de janeiro a julho deste ano, 1.699 focos de calor. Destes, 80% foram em julho, mês em que teve início o período de estiagem.

Leia mais »

Amazônia e o Aquecimento Global: 1 – Série Completa

O aquecimento global é real, mas o negacionismo é uma força significativa no Brasil. Isso é ilustrado por uma série de eventos, sendo o mais dramático o controle da mídia brasileira na época do evento Rio+20 em 2012.

Leia mais »

Indígenas afetados por mudança climática querem políticas de prevenção

Há pouco mais de três anos, o povo indígena Guajajara, que vive no interior do estado do Maranhão, via as chamas consumirem suas terras. O fogo começou a avançar sobre as aldeias em 2015, em período de grande estiagem e baixa umidade. Foi um período ininterrupto de queimadas que destruíram casas, devastaram mais da metade da terra e feriram indígenas, inclusive crianças.

Leia mais »

Mais de 20 municípios no Amazonas estão em situação de emergência ou atenção

Cheia no Amazonas – Arquivo/Agência Brasil

As fortes chuvas e a estiagem intensa em algumas cidades amazonenses fizeram com que 21 municípios entrassem em situação de emergência, estado de alerta ou atenção, segundo a Defesa Civil do estado.

Leia mais »

Comunidades do Amazonas começam a ficar isoladas por causa da seca do rio Negro

Agora que começou a chover, mas o nível do rio ainda é baixo (Foto: Juliana Radler/ISA)

A cada ano a natureza apresenta surpresas quando o assunto é relacionado à cheia e à seca nos rios do Amazonas. A cota d’água do Alto Rio Negro foi tão insignificante que a seca naquela região preocupa muito mais a Defesa Civil do Amazonas que a enchente na calha do Madeira, termômetro para os níveis máximos em todo o Estado. A situação é tão crítica que está prejudicando a trafegabilidade, deixando comunidades praticamente isoladas. Agora que começou a chover, mas o nível do rio ainda é baixo.

Leia mais »

AM: Calha do Alto Rio Negro está em estado de alerta por causa da estiagem

Nesta sexta-feira (16), a Defesa Civil do Amazonas emitiu estado de alerta para a calha do Alto Rio Negro. Mas ao contrário do que acontece no sul do Amazonas, o alerta é para a estiagem.

Manaus, AM, Brasil: Encontro das águas dos rios Negro e Solimões, em Manaus. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Leia mais »