Quem guarda esta fronteira?

As terras indígenas guardam um quarto de tudo o que sobrou da floresta amazônica. Dentro delas, o desmatamento é três vezes menor do que em unidades de conservação, segundo dados de 2013 do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e do Ibama. Mas os índios estão pagando um preço alto pela preservação: suas terras são invadidas por madeireiros, garimpeiros e até narcotraficantes. Depois de ouvir da Funai e do Ibama que é “impossível” fiscalizar todas as áreas demarcadas, alguns povos tomaram uma atitude extrema: a defesa do seu território com as próprias mãos.

Continuar lendo Quem guarda esta fronteira?

MPF/AM consegue na Justiça obrigar Petrobras a pagar indenização a índios Kulina

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) conseguiu na Justiça a condenação da Petrobras ao pagamento de indenização no valor de R$ 100 mil ao povo indígena Kulina que vive na terra indígena Kumaru do Lago Ualá, no município de Juruá (a 674 quilômetros de Manaus). Ao lado do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) – processado por omissão – a empresa foi condenada por causar danos ambientais às comunidades indígenas com a exploração de petróleo nas localidades de Porto Mário e Base Uarini, durante a década de 90.

Continuar lendo MPF/AM consegue na Justiça obrigar Petrobras a pagar indenização a índios Kulina

Pucallpa – Cruzeiro do Sul: ¿Progreso e integración o deforestación y minería informal?

foto IIRSA 1-4
Tramo proyectado del proyecto vial que uniría las ciudades de Pucallpa y Cruzeiro do Sul

 

¿Nos lleva realmente al progreso? ¿Estamos preparados social, ambiental y económicamente para enfrentar sus impactos? Estas preguntas fundamentales son las que plantea el documental producido por el Instituto del Bien Común (IBC) sobre el proyecto vial que vincularía a las ciudades de Pucallpa, en Perú, y Cruzeiro do Sul, en Brasil, atravesando la Amazonía.  Si bien el resultado esperado de dicha carretera es estrechar la integración vial entre ambos países y aportar al desarrollo económico, no se debe olvidar que una obra de infraestructura de esta naturaleza podría tener serios impactos sociales y ambientales sobre este corredor natural y cultural altamente vulnerable y merecedor de protección.  

Continuar lendo Pucallpa – Cruzeiro do Sul: ¿Progreso e integración o deforestación y minería informal?

O pesadelo da perda da Amazônia existe, e agora tem mapa, programa e justificativa

Quando alguém fala da pretensão de países do primeiro mundo através de causas ambientais em se apropriar da Amazônia é chamado de paranoico, psicótico e defensor de fazendeiros e madeireiros. Falava-se muito de um mapa norte-americano em que a Amazônia já era considerada uma grande reserva ambiental, porém dados reais sobre esta ameaça eram quase uma lenda urbana do que qualquer outra coisa, porém nos dias atuais chega uma proposta de internacionalização da Amazônia com mapa, proponente e superfície, o chamado Corredor Ecológico Triplo A.

Continuar lendo O pesadelo da perda da Amazônia existe, e agora tem mapa, programa e justificativa

Pec 215 – Manifesto de Senadores

O Senado Federal mostrou oficialmente, na tarde desta terça-feira (26), que é contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215. Em iniciativa capitaneada pelo senador João Capiberibe (PSB-AP), assinaram o manifesto “Em apoio à sociedade civil e contra a PEC 215” nada menos do que 42 senadores, o que contabiliza a maioria da Casa. O ato tem por objetivo articular forças para barrar a aprovação da proposta caso ela passe na Câmara dos Deputados.  

Continuar lendo Pec 215 – Manifesto de Senadores

Floresta Amazônica como alternativa para driblar crise econômica

No Amazonas, ao mesmo tempo em que se comemora a prorrogação da Zona Franca de Manaus (ZFM) também se lamenta o declínio do modelo industrial nela instalado, as alternativas ficam em usar destes incentivos fiscais definidos por lei, mas aplicá-los em outras matrizes econômicas. Com a implantação da ZFM em 1967, criou-se uma distância entre indústria e a Floresta Amazônica, o que é comemorado quando se vê que a segunda ainda de pé em quase totalidade.      Continuar lendo Floresta Amazônica como alternativa para driblar crise econômica

Brasil: Cuatro tribus amazónicas se unen contra hidroeléctricas

Representantes de las tribus Munduruku, Apiaká, Kayabi y Rikbaktsa anunciaron su oposición a las cuatro represas hidroeléctricas que el gobierno pretende construir en la cuenca del río Teles Pires, un afluente del río Tapajós, que desemboca en el Amazonas.

Continuar lendo Brasil: Cuatro tribus amazónicas se unen contra hidroeléctricas

Implementação do Código Florestal ainda é desafio, dizem ONGs

O Código Florestal (Lei 12.651/12) completa três anos no dia 25 de maio, mas ainda enfrenta alguns desafios para a sua efetiva implementação, segundo estudo coordenado pela Iniciativa de Observação, Verificação e Aprendizagem do CAR (Inovacar), promovida pela Conservação Internacional (CI-Brasil), com apoio do WWF-Brasil, integrantes do Observatório do Código Florestal.    

Continuar lendo Implementação do Código Florestal ainda é desafio, dizem ONGs

Grilagem de terra e saque de recursos: a máquina de matar na Amazônia

Nesse domingo, 24 de maio, completam-se quatro anos do assassinato de José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santos, em Nova Ipixuna, Pará. O crime foi sucedido, naquele momento, por uma série de outras mortes, espalhando ainda mais sangue na Amazônia, como o assassinato de Adelino Ramos, em Rondônia, no dia 27 de maio, no total de 29 assassinatos no campo no Brasil inteiro – e entre elas, a de Nísio Gomes, liderança Guarani Kaiowa no Mato Grosso do Sul. Ao mesmo tempo, a bancada ruralista no Congresso avançava na defesa de seus interesses, garantindo um novo código florestal, financiamento para seus projetos, ameaças a direitos indígenas, paralisação das demarcações e, nesse mesmo sentido, facilidades em mecanismos mais sofisticados, juridicamente, de regularização da grilagem de terra.      

Continuar lendo Grilagem de terra e saque de recursos: a máquina de matar na Amazônia

Marajó, a biodiversidade perdida

Vinte anos atrás, a região do rio Canaticu, município de Curralinho, no Marajó, era um lugar de “muito peixe e muita caça”, como contam os moradores mais antigos. Hoje a situação “é triste”, não tem peixe no rio, o camarão está quase acabando e não se encontra mais animais nas matas. Foram duas décadas de pesca predatória e caça de tudo o que se mexia nas matas.

Continuar lendo Marajó, a biodiversidade perdida

RR – Índios classificam 1º júri feito em aldeia de ‘brutal’ e refazem sentença

Insatisfeitos com o primeiro júri popular brasileiro realizado dentro de uma terra indígena, líderes de tribos do norte de Roraima se reuniram e decidiram punir os condenados de sua própria maneira.

Continuar lendo RR – Índios classificam 1º júri feito em aldeia de ‘brutal’ e refazem sentença

Procuradoras da AGU ajudam a escrever manual de direito ambiental

Ambientalistas, juristas e demais interessados em aprofundar-se na legislação e na doutrina jurídica relacionada à ecologia têm agora à disposição publicação que reúne especialistas de renome na área. O Manual de Direito Ambiental, lançado este mês pela editora Saraiva, traz entre os coautores as procuradoras federais da Advocacia-Geral da União (AGU) Giorgia Sena Martins e Erika Pires Ramos.   Continuar lendo Procuradoras da AGU ajudam a escrever manual de direito ambiental

Jovens pesquisadores poderão participar da avaliação global de biodiversidade

A Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES) está encarregada de produzir, até 2018, um diagnóstico sobre biodiversidade e serviços ecossistêmicos nas regiões América, África, Ásia, Oceania e Europa.

Continuar lendo Jovens pesquisadores poderão participar da avaliação global de biodiversidade

Seminário do Inpa reúne especialistas para debater desmatamento e gestão em Áreas Protegidas

O Sigap, que reuniu especialistas da América Latina, é uma realização do Programa de Mestrado Profissional em Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia (MPGAP) do Inpa, e teve objetivo de promover um intercâmbio regional e internacional para uma reflexão sobre as práticas de gestão implementadas na Amazônia

Continuar lendo Seminário do Inpa reúne especialistas para debater desmatamento e gestão em Áreas Protegidas

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com