CNPq lança série com pesquisas sobre os ecossistemas brasileiros

Neste 22 de Maio, em que o mundo celebra o Dia Internacional da Biodiversidade e, em breve, o Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho) e dos Oceanos (08 de junho), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lança uma série de vídeos sobre pesquisas científicas de destaque que estudam os biomas brasileiros com o objetivo de promover o conhecimento, a conservação e o manejo dos nossos ecossistemas.

Leia mais »

Justiça suspende decreto que permitia plantio de cana-de-açúcar na Amazônia

MPF apresentou estudos científicos para sustentar que a revogação do decreto de 2009 afeta a floresta e a biodiversidade e causa colapso de serviços ecossistemas da Amazônia.

O novo decreto “não se compatibiliza com o texto constitucional”, afirma a juíza (Foto: Brasil.gov)

Leia mais »

Nueva apuesta mundial para proteger el 30% de los ecosistemas

Reunidos en la FAO, delegados de más de 140 países discutieron el borrador cero del Marco de Biodiversidad Mundial post-2020 así como los objetivos para la naturaleza hasta 2030.

Leia mais »

Políticas públicas baseadas na ciência são importantes para lidar com a Amazônia em transição

“A ciência produzida na Amazônia é de extrema importância para o mundo. E a única maneira de implementar políticas públicas acertadas na Amazônia é com base em evidências científicas”, disse Paulo Artaxo, pesquisador do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IF-USP), em palestra apresentada na FAPESP Week France, realizada entre os dias 21 e 27 de novembro.

Leia mais »

Especial Dia da Amazônia – Em apenas oito meses, Funai realiza mais de 400 ações de proteção territorial na Amazônia Legal

Com cerca de 40 mil espécies de plantas, 300 de mamíferos, 1,3 mil de aves, e 4.196.943 km² de florestas densas e abertas, o maior bioma do mundo deve muito da sua atual existência aos povos indígenas.

Parque do Tumucumaque(PA). Foto: Mário Vilela/Funai

Leia mais »

Biodiversidade é estratégica para o desenvolvimento do Brasil

A biodiversidade e os serviços ecossistêmicos, como o fornecimento de água, ar puro e de alimentos, são fundamentais para a construção de um futuro próspero e sustentável para a população brasileira, com maior geração de emprego e renda e redução das desigualdades sociais e econômicas.

Biodiversidade é estratégica para o desenvolvimento do Brasil

Leia mais »

Lançado o Sumário para Tomadores de Decisão sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos

A uma semana da 14ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), que acontecerá no Egito de 17 a 29/11, e a menos de dois meses da posse do novo presidente e dos governadores eleitos, o lançamento do “Sumário para Tomadores de Decisão” do “Primeiro Diagnóstico Brasileiro de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos” marca um momento tão crítico quanto oportuno para a agenda do desenvolvimento sustentável nas conjunturas internacional e nacional.

Leia mais »

Belém reúne comunidades de toda Amazônia Legal para debater a agroecologia

Comunidades tradicionais de todos os nove estados da Amazônia Legal se reúnem durante esta semana em Belém, no IV Encontro Regional de Agroecologia da Amazônia. Grupos de indígenas, quilombolas, pescadores, ribeirinhos, agricultores familiares e agroextrativistas estarão reunidos no Parque dos Igarapés, na capital paraense, discutindo o futuro da agroecologia, como forma de manutenção da floresta e sua biodiversidade.

Manejo sustentável do açaí, em Afuá - Marajó - Crédito: Reprodução - PnudManejo sustentável do açaí, em Afuá – Marajó – Crédito: Reprodução – Pnud

Leia mais »

Desenvolvimento sustentável para Roraima – Jaime de Agostinho

O Prof. Dr. Jaime de Agostinho, Presidente da Fundação Ecoamazônia, concedeu, em 13 de jun de 2018, uma entrevista para os professores Roberto Câmara e Luiz Henrique Pacobahyba, na Rádio Universitária, da Universidade Federal de Roraima – UFRR.  

Leia mais »

Especialistas mostram na Câmara resultados da transição para a agroecologia

Extensionistas e produtores apresentaram várias políticas públicas locais e ações associativistas que incentivam a gradual mudança da agricultura convencional – baseada em monocultura e no uso de agrotóxico – para a agroecologia, com foco em multiprodutos agrícolas e no controle biológico de pragas.

Leia mais »

Em prol da regularização fundiária em UCs do Amazonas

Essa é a segunda matéria que o ICMBio vem compartilhando sobre as experiências de parcerias e boas práticas apresentadas no último Seminário de Boas Práticas e Fórum Internacional de Parcerias na Gestão de Unidades de Conservação realizado em novembro de 2017.

FONTE: ICMBio

Leia mais »

Diálogos com povos indígenas reforçam a conservação da biodiversidade

Os diálogos agroecológicos reúnem conhecimentos tradicionais e científicos prol da agricultura e alimentação

A diversidade de culturas milenares cada vez mais tem possibilidade de atravessar gerações, dezenas de anos, voltar à terra, germinar, povoar lavouras e alimentar homens e mulheres de povos tradicionais, em especial povos indígenas. E tudo porque cresce o número de etnias brasileiras interessadas em uma das formas mais seguras de conservar a biodiversidade brasileira por longos anos, guardando verdadeiros tesouros: a conservação in situ (feita pelas comunidades por meio do plantio contínuo das sementes) e a ex situ, na qual o material é armazenado a temperaturas que permitem manter a qualidade por pelo menos 40 anos, o Banco de Germoplasma da Embrapa.  

Leia mais »

Museu Goeldi convida para VII Seminário de Capacitação Institucional

O Museu Paraense Emílio Goeldi convida para o VII Seminário e I Simpósio do Programa de Capacitação Institucional – PCI: “Pegadas do Homem na Amazônia”, que será realizado de 11 a 14 de setembro, de 9h às 17h, no Auditório Paulo Cavalcante do Campus de Pesquisa do MPEG. O Programa de Capacitação Institucional é responsável por vários avanços no conhecimento dos biomas, entre essas contribuições está a descrição de quase 50 espécies novas.  

Leia mais »

Amazônia necessita de novo modelo de desenvolvimento econômico, avaliam pesquisadores

A Amazônia necessita de um novo modelo de desenvolvimento econômico, fundamentado na combinação de tecnologias digitais e biológicas avançadas com os ativos biológicos do bioma. A avaliação foi feita por participantes do “Simpósio Internacional de Bioeconomia”, realizado nos dias 9 e 10 de dezembro, em São Paulo.

Leia mais »

Reserva Extrativista Tauá – Mirim

Comunidades tradicionais centenárias que lutam há uma década pela criação da Reserva Extrativista (Resex) Tauá-Mirim, localizada no sudoeste da ilha de São Luís, no Maranhão, agora têm um opositor dentro do Ministério do Meio Ambiente. Em encontro na Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) no mês de junho, o ministro José Sarney Filho, do Partido Verde, disse a empresários e políticos que era contra a reserva e que vai determinar ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a revisão dos limites da unidade.

Leia mais »