Publicações de predação de tartarugas em redes sociais são alvos de autuação do Ibama no Pará

Imagens de tartarugas sendo preparadas em churrasqueiras para consumo, algumas vivas, publicadas no Facebook, tornaram-se alvos de investigação dos agentes ambientais da Superintendência do Ibama no Pará. A espécie Tartaruga-da-Amazônia (Podocnemis expansa), identificada nas publicações, integra a lista da Convenção Internacional de Espécies Ameaçadas (Cites, na sigla em inglês), cuja multa é de R$ 5 mil por animal identificado abatido.

Continuar lendo Publicações de predação de tartarugas em redes sociais são alvos de autuação do Ibama no Pará

Parque Estadual Sucunduri do Amazonas receberá recursos de compensação ambiental

Para compensar os impactos ambientais decorrentes da implantação da Usina Hidrelétrica (UHE) Teles Pires, na divisa dos Estados do Mato Grosso e Pará, o Comitê de Compensação Ambiental Federal do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (CCAF/IBAMA) elegeu o Parque Estadual Sucunduri, no Amazonas, como uma das Unidades de Conservação destinatárias da compensação ambiental do referido empreendimento.  

Continuar lendo Parque Estadual Sucunduri do Amazonas receberá recursos de compensação ambiental

ICMBio garante uso de castanhais por quilombolas

Os quilombolas da Reserva Biológica do Rio Trombetas, em Oriximiná, no oeste do Pará, vão poder continuar explorando os castanhais da área. A decisão foi tomada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que acatou recomendação do Ministério Público Federal (MPF) e prorrogou um termo de compromisso que ordena o uso dos castanhais pelas comunidades quilombolas.  

Continuar lendo ICMBio garante uso de castanhais por quilombolas

Pesquisadores se reúnem no Museu da Amazônia

O Museu da Amazônia realizou nos dias 17 e 18 de janeiro, em sua sede na Reserva Ducke, o workshop Sistemas Sensoriais na Amazônia com o objetivo de discutir os principais avanços da ciência na compreensão da visão dos animais e da arquitetura de um museu vivo na Floresta Amazônica.

Continuar lendo Pesquisadores se reúnem no Museu da Amazônia

Pesquisa geoquímica aprimora modelos climáticos

Qual o impacto das oscilações naturais de longa e média durações na configuração climática? Como evoluiu, nos últimos 50 mil anos, aquela que é atualmente a maior floresta do mundo? Em que medida os dados do passado validam as projeções para o futuro?

Material recolhido em cavernas e no fundo dos lagos ajuda a compreender como variou o clima no passado e como fatores naturais e intervenção humana se combinam na determinação do clima futuro (foto:divulgação)

Continuar lendo Pesquisa geoquímica aprimora modelos climáticos

MPF/PA quer pressa no tombamento de Fordlândia

Mais uma vez, o Ministério Público Federal (MPF) precisou lembrar às autoridades responsáveis pelo patrimônio a importância histórica e arquitetônica da Vila de Fordlândia, no município de Aveiro, oeste do Pará. Criada por Henry Ford nos anos 30, a vila deveria funcionar como um centro de produção de borracha para o mercado americano. Chegou a ter fábricas, restaurantes, praças, cinemas, dormitórios e funcionários, antes de virar uma cidade fantasma encravada na margem do rio Tapajós.   

Continuar lendo MPF/PA quer pressa no tombamento de Fordlândia

MPF/RO ajuíza ações para que terras quilombolas sejam demarcadas

O Ministério Público Federal (MPF) em Ji Paraná (RO) ajuizou duas ações civis públicas contra a União e contra o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a delimitação das terras ocupadas pelas comunidades quilombolas de Forte Príncipe e Santa Fé, em Costa Marques (RO). O pedido do MPF é para que a Justiça Federal condene o Incra a concluir imediatamente o trabalho de titulação das terras ocupadas pelos quilombolas.   

Continuar lendo MPF/RO ajuíza ações para que terras quilombolas sejam demarcadas

Ministra diz que licenciamento de garimpos ajuda a combater desmatamentos

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, reafirmou ontem  (14) a necessidade de o governo federal apoiar os estados no licenciamento para a regularização ambiental de garimpos “e separar aquilo que é efetivamente ilegal, sem esquecer que as atividades ilegais financiam o desmatamento na Amazônia”. Segundo ela, esse problema está sendo investigado pelo sistema de inteligência da Polícia Federal.    

Continuar lendo Ministra diz que licenciamento de garimpos ajuda a combater desmatamentos

Desmatamento na Amazônia – Nova febre do ouro arrasa selva na América do Sul

A porto-riquenha Nora Álvarez relembra o dia de julho de 2014, quando cruzou Guacamayo, uma das maiores minas de ouro ilegais do mundo, montada em uma motocicleta. “Foi horrível. No lugar da floresta virgem, havia um deserto de areia branca”, recorda. 

Continuar lendo Desmatamento na Amazônia – Nova febre do ouro arrasa selva na América do Sul

Garimpo ilegal na America do Sul desmata área equivalente a município de São Paulo

Trinta anos atrás, o garimpo em Serra Pelada, no Pará, foi o símbolo da corrida do ouro na Amazônia. Agora, o “vil metal” volta a reluzir na mata. Entre 2001 e 2013, cerca de 1.680 km² de floresta tropical, uma área equivalente ao município de São Paulo, foram perdidos para a atividade ilegal na América do Sul.

Continuar lendo Garimpo ilegal na America do Sul desmata área equivalente a município de São Paulo

Dança da chuva – A escassez de água que alarma o país tem relação íntima com as florestas

A Amazônia não é apenas a maior floresta tropical que restou no mundo. Esse sem-fim de verde entrecortado por rios serpenteantes de tamanhos e cores variados também não se limita a ser a morada de uma incrível diversidade de animais e plantas.   

Continuar lendo Dança da chuva – A escassez de água que alarma o país tem relação íntima com as florestas

Questão Indígena – A desconstrução de Almir Surui: Veja como age o indigenismo para manter os índios sob controle

Cerca de cinco ou seis anos atrás os índios suruí, ou paiter, como eles preferem ser chamados, viviam como quase todas as outras etnias do país: a margem da sociedade ocidental. Assim como as demais etnias, eram obrigados a recorrer a atividades ilegais para auferir alguma renda e acessar bens da cultura ocidental como roupas, biscoitos recheados, sandálias de borracha e calções com listras. Para além do ideário dos indigenistas de Copacabana, a vida dos índios na Amazônia não é nada fácil.

Continuar lendo Questão Indígena – A desconstrução de Almir Surui: Veja como age o indigenismo para manter os índios sob controle

Procuradorias garantem validade de auto de infração aplicado pelo Ibama por desmatamento ilegal de 596 hectares da Amazônia

A Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou, na Justiça, a legalidade de auto de infração aplicado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) a particular que desmatou sem autorização do órgão ambiental 596 hectares de área especial da floresta Amazônica no estado do Mato Grosso.   

Continuar lendo Procuradorias garantem validade de auto de infração aplicado pelo Ibama por desmatamento ilegal de 596 hectares da Amazônia

Escassez de chocolate estimula cultivo do cacau na Amazônia

A campanha de um ex-banqueiro do Credit Suisse Group é parte de uma iniciativa latino-americana para conquistar um controle maior do setor que atualmente é dominado por produtores da África Ocidental.

Continuar lendo Escassez de chocolate estimula cultivo do cacau na Amazônia

Vale do Araguaia – Portaria delimitou área de 1 milhão e 600 mil hectares entre Mato Grosso e Tocantins.

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e o Ministério Público Federal no Mato Grosso (MPF/MT) divulgam, nesta quinta-feira, 08 de janeiro, nota para esclarecer o conteúdo e o objetivo da Portaria nº 294/213, publicada no Diário Oficial em dezembro de 2014, que trata da delimitação de uma área de cerca de 1 milhão e 600 mil hectares na região do Vale do Araguaia, entre o Mato Grosso e Tocantins.

Continuar lendo Vale do Araguaia – Portaria delimitou área de 1 milhão e 600 mil hectares entre Mato Grosso e Tocantins.