OIM promove festival em Roraima para apresentar vídeos feitos por indígenas venezuelanos

Por meio de jogos e exercícios, os indígenas Waraos e Eñepas aprenderam como usar o equipamento de vídeo e escolheram temas e histórias que gostariam de registrar em seus filmes. Foto: OIM

Mais de 300 indígenas venezuelanos dos grupos étnicos Warao e Eñepas, autoridades locais e representantes de organizações não governamentais reuniram-se no fim de maio (31) no abrigo de Pintolândia em Boa Vista, Roraima, para uma edição especial do Festival Global de Cinema sobre Migração. 

Leia mais »

Fechar fronteiras para venezuelanos seria violação dos direitos humanos, alerta AGU

Foto: Antonio Cruz/ABr

Foto: Antonio Cruz/ABr

O Estado brasileiro promoveria uma “sistemática e institucionalizada” violação aos direitos humanos se atendesse ao pedido do Estado de Roraima e fechasse as fronteiras para venezuelanos que fogem da crise humanitária de seu país. É o que a Advocacia-Geral da União (AGU) defende em manifestação encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) para contestar a ação em que o governo estadual pede, além da imediata interrupção do fluxo migratório, o ressarcimento de R$ 184 milhões em virtude das despesas adicionais que alega ter tido com a chegada de cerca de 50 mil venezuelanos.   

Leia mais »

índios venezuelanos relatam confisco de artesanato no Brasil

Não é fácil produzir artesanato com palha de buriti, o traço distintivo dos waraos, etnia do nordeste da Venezuela que tem imigrado para o Brasil fugindo da fome. Depois de basear folhas na mata, os indígenas separam a fibra, fervem os feixes, lavam, amaciam e colocam para secar ao sol por um dia. Só então a fibra está pronta para coser. Uma rede, vendida a R$ 170 no Brasil, toma sete dias de trabalho de uma artesã, que tece sentada no chão.

Leia mais »

Situação de migrantes venezuelanos se agrava com período das chuvas em Roraima

Abrigo das Nações Unidas para receber venezuelanos em Roraima – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Comissão externa da Câmara destinada a acompanhar a situação esteve em acampamento onde estão alojados 635 venezuelanos. Relatório sugerindo novas ações deve ser apresentado até o fim do mês

Leia mais »

Pobre Roraima

(Foto: Yolanda Mêne/Amazônia Real)

O Brasil parece não ter consciência da situação, mas está vivendo a maior crise humanitária da sua história. Para infelicidade dos roraimenses, é em seu Estado, o menos populoso e o mais setentrional do país, com o menor de todos os PIBs, distante três mil quilômetros de Brasília, que essa crise acontece.

Leia mais »

Situação de migrantes venezuelanos se agrava com período das chuvas em Roraima

Abrigo das Nações Unidas para receber venezuelanos em Roraima – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Comissão externa da Câmara destinada a acompanhar a situação esteve em acampamento onde estão alojados 635 venezuelanos. Relatório sugerindo novas ações deve ser apresentado até o fim do mês.

Leia mais »

Falta de remédios contra aids na Venezuela põe tribo indígena em risco

Líder espiritual de comunidade warao trata Rosainy Salazar, que há meses está doente Foto: Meridith Kohut/The New York Times

Doença, considerada controlada no governo Chávez, agora afeta seriamente comunidade warao no delta do Rio Orinoco

Leia mais »

Governo vai construir quatro novos abrigos para venezuelanos em Roraima

Refugiados venezuelanos são abrigados em instalações provisórias em Boa Vista. Foto: EBC

A Força-Tarefa Logística e Humanitária que atua em Roraima terá o desafio, esta semana, de construir quatro novos abrigos no estado. Três em Boa Vista e um em Pacaraima. Cada abrigo poderá receber até 500 pessoas. De acordo com a assessoria de comunicação do Exército, a estrutura de cada um deles segue as normas da Acnur, a Agência das Nações Unidas para Refugiados, e busca garantir, ainda que em barracas, abrigo digno para os imigrantes venezuelanos, com banheiros, postos de saúde, refeitório e proteção contra variações climáticas.

Leia mais »

Em Boa Vista, venezuelanos concluem curso de português em universidade parceira da ONU

Venezuelanas e venezuelanos exibem seus certificados de língua portuguesa após conclusão de curso da Universidade Federal de Roraima, em Boa Vista. Foto: ACNUR/Flavia Faria

Em Boa Vista, 75 venezuelanos concluíram na semana passada um curso de português oferecido pela Universidade Federal de Roraima (UFRR). O projeto Português para Acolhimento formou sua sétima turma e as vagas para a próxima, que começará as aulas ainda este mês, acabaram poucas horas após a abertura das inscrições. Iniciativa da instituição de ensino faz parte de projeto de cooperação com a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Leia mais »

Falta de serviços para atender venezuelanos em Roraima tem impacto ambiental

Venezuelanos vivendo em tendas em Roraima. Foto: ONU Meio Ambiente/Daniel Stothart

Após viagem a Roraima, o oficial de assuntos humanitários da ONU Meio Ambiente, Daniel Stothart, alertou para as condições de vida precárias dos venezuelanos na capital, Boa Vista, e em outras cidades. Refugiados e migrantes enfrentam falta de banheiros adequados e de saneamento, o que tem impactos ambientais. Outros problemas incluem o aumento do lixo hospitalar e a derrubada de árvores para a preparação de alimentos.  

Leia mais »

Governo federal planeja criar base de apoio para venezuelanos em terra indígena de RR

Presidente da Funai se reuniu com cinco líderes indígenas da Terra São Marcos para apresentar proposta. Medida não tem prazo para conclusão e exige consulta aos povos indígenas, conforme prevê a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho. 

Leia mais »

Negligencia estatal en manejo del Sistema Eléctrico Nacional motiva “frecuentes y severos” apagones en el país

El ingeniero eléctrico José Aguilar destacó que las continuas fallas se presentan justo durante el trimestre de menor demanda eléctrica. Las causas de las fallas que se han registrado en el occidente y centro del país son atribuidas a la baja respuesta de las plantas termoeléctricas por falta de mantenimiento: un sinsentido considerando que el país cuenta con más potencia termoeléctrica instalada (17 mil 500 MW) que hidroeléctrica (16 mil 900 MW). 

Leia mais »

Senadora Ângela Portela pede solução para fornecimento de energia em Roraima

A senadora Ângela Portela (PDT-RR) destacou a realização de uma audiência pública na cidade de Rorainópolis, no sul do estado de Roraima, sobre a questão energética na região. Segundo ela, os produtores rurais concordaram que a energia é cara e o fornecimento é precário.

Leia mais »

Oncocercosis sigue amenazando a pueblo yanomami

Los yanomami viven en el límite fronterizo de Brasil y Venezuela. Crédito de la imagen: CAICET Venezuela/Oscar Noya-Alarcon.

La oncocercosis, o “ceguera de los ríos”, es una enfermedad tropical causada por el parásito O. Volvulus, transmitida por moscas negras infectadas. Puede causar ceguera permanente. Ha sido erradicada en cuatro de seis países endémicos de la región, pero territorios yanonami, en frontera Brasil-Venezuela, siguen siendo foco importante. 

Leia mais »