Funai participa de workshop nacional para promoção dos direitos de indígenas migrantes venezuelanos

A Fundação Nacional do Índio (Funai) participou do “Workshop Nacional de Boas Práticas Voltadas à Promoção de Direitos e Cidadania da População Indígena Venezuelana no Brasil”. Realizado em Manaus (AM) entre os dias 5 e 6 de maio, o evento abordou os desafios, as respostas emergenciais e as soluções destinadas ao atendimento à população indígena refugiada e migrante no território brasileiro, em especial no estado de Roraima.

O coordenador-geral de Promoção da Cidadania da Funai, Rafael Fernandes, durante a realização do evento (foto: Acnur Brasil)

Leia mais »

Missão Pacaraima: DPU já atendeu mais de 3 mil crianças e adolescentes na fronteira com a Venezuela

Brasília – “Obrigada por nos permitir entrar e conhecer Boa Vista [capital de Roraima]. Deus abençoe gente boa como você”. Essa mensagem de gratidão foi escrita pelo venezuelano Gabriel*, de 12 anos, enquanto esperava seus pais e acompanhantes serem atendidos pelos defensores públicos federais na fronteira da Venezuela com o Brasil. Assim como ele, que veio para o Brasil sonhando com um futuro melhor, a Defensoria Pública da União (DPU) atendeu mais de 3 mil crianças e adolescentes na fronteira, em Pacaraima (RR), de agosto de 2021 a abril de 2022.

Postada em: DPU

Leia mais »

Conheça a atuação da DPU em defesa de migrantes no Brasil

Brasília – Assistência humanitária e jurídica para migrantes que chegam ao Brasil. Essa é uma das atuações da Defensoria Pública da União (DPU) para garantir os direitos desse público. Em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF), foi esse trabalho que recebeu, em janeiro de 2021, um grupo de 55 indígenas da etnia Warao, sendo 32 crianças, chegando na cidade de Pacaraima (RR) após ter percorrido a pé uma distância de 800 Km em 18 dias, fugindo de condições precárias de vida no nordeste da Venezuela.

Leia mais »

Metade dos venezuelanos refugiados que entram no Brasil decide ficar

Dos mais de 717 mil venezuelanos que chegaram ao Brasil desde janeiro de 2017, quase metade (47%) resolveu ficar e viver no país. Por meio do trabalho da Operação Acolhida, uma força-tarefa criada em 2018 pelo governo brasileiro, com a participação de agências das Nações Unidas e organismos internacionais, muitos desses migrantes foram interiorizados, ou seja, enviados para cidades do interior do país, onde há oportunidades de trabalho e moradia.

Leia mais »

Brasil é o quinto país mais buscado por imigrantes venezuelanos

Entre olhares desconfiados e cansados, crianças brincando e malas que se amontoam, filas se formam nas tendas da Operação Acolhida, com centenas de venezuelanos que ainda buscam no Brasil um local para recomeçar a vida. Na fronteira entre Santa Elena de Uairén e Pacaraima, cerca de 750 pessoas por dia, em média, atravessam para o lado brasileiro, carregando o que coube em malas e trazendo também expectativas: de encontrar parentes e amigos que já estão no país, de conseguir emprego e de uma nova vida. 

Leia mais »

Brasil acolhe mais de 7 mil indígenas venezuelanos, afirma Acnur

Agência da ONU para Refugiados diz que 819 foram reconhecidos como refugiados; metade do grupo espera análise do pedido e 33% possuem residência temporária no país; agência faz campanha para combater xenofobia e discriminação.*

Acnur Brasil – Brasil acolhe mais de 7 mil indígenas venezuelanos, afirma Acnur

Leia mais »

Governo Federal apresenta ações para enfrentamento da violência contra crianças indígenas a gestores de Roraima

Durante a agenda, ministra Cristiane Britto ainda visitou a Casa da Mulher Brasileira, conheceu abrigo da Operação Acolhida e formalizou a adesão do município de Caracaraí ao Programa Famílias Fortes

Durante as reuniões com gestores locais, representantes do MMFDH promoveram ações voltadas à proteção da mulher e ao fortalecimento da família (Foto: Hilton Silva/MMFDH)

Leia mais »

Pesquisadores do SGB-CPRM escrevem sobre a geologia, a cultura e os mistérios do Monte Roraima

No último dia 18, os pesquisadores em geociências do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) Nelson Reis e Marcelo Eduardo Dantas publicaram um artigo sobre o Monte Roraima. Os pesquisadores contaram à Revista Super Interessante os segredos do local em que se pode estar em três países ao mesmo tempo – o monte leva no seu cume a divisa entre Brasil, Guiana e Venezuela. Eles apontaram a história geológica, legado místico, literário e científico, além das belezas cênicas dessa formação geológica.

Marco BV-0 limite entre Brasil e Venezuela. Neste ponto também se insere o limite (tríplice) com a República Cooperativista da Guiana. Arquivo SGB-CPRM

Leia mais »

Tropa da 1ª Brigada de Infantaria de Selva realiza reconhecimento de fronteira para intensificar a presença do Exército Brasileiro

Boa Vista (RR) –  Entre os dias 14 e 19 de fevereiro, militares do C Fron RR/7º BIS, OMDS da 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl), realizaram reconhecimento de fronteira (REFRON) entre o município de UIRAMUTÃ e a Região do MONTE CABURAÍ, localizado no extremo norte do Território Nacional.

Fotos: 1ª Bda Inf Sl

Leia mais »

Sistema PFDC participa de reunião interinstitucional para tratar da crise migratória do Acre

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) – órgão do Ministério Público Federal (MPF) – tem acompanhado a crise migratória que atinge diversos estados brasileiros, principalmente da Região Norte. Nesses dois dias (17 e 18/02), o procurador federal dos Direitos do Cidadão, Carlos Alberto Vilhena, e o procurador regional dos Direitos do Cidadão no Acre, Lucas Costa Almeida Dias, estiveram nos municípios acreanos de Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia, com o intuito de conhecer a localidade conhecida como Região do Alto Acre, por onde já teriam passado mais de 50 mil refugiados de, pelo menos, 35 nacionalidades.

Foto: Agência de Notícias MPAC

Leia mais »

ACNUR e Ministério da Cidadania renovam parceria em prol de venezuelanos no Brasil

Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e o Ministério da Cidadania (MC) prorrogaram por mais dois anos uma parceria que, desde 2018, vem protegendo as pessoas refugiadas e migrantes da Venezuela que estão no Brasil.

Legenda: Os abrigos da Operação Acolhida têm protegido pessoas refugiadas e migrantes da Venezuela em situação de vulnerabilidade desde 2018. Foto: © Adriana Duarte/ACNUR. Postada em: ONU

Leia mais »

La selva amazónica sucumbe bajo la voracidad del crimen organizado

2020 marcó un récord en la destrucción de la Amazonía, con una pérdida de terrenos selváticos equivalente casi al territorio de Belice, y el panorama pinta aún más desolador para 2021. La deforestación llegó a niveles récord en BrasilPerú y Bolivia. En medio de estos, Colombia puede romper la tendencia, con un reporte de mejoras moderadas en lo corrido de 2021.

Leia mais »

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com