Operação Acolhida é apresentada na ONU, em Genebra

No contexto do 70º Comitê Executivo do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o General de Divisão Eduardo Pazuello, Coordenador da Força-Tarefa Logística Humanitária, apresentou o painel “A resposta operacional brasileira para o fluxo populacional venezuelano”, com os detalhes técnicos e operacionais da Operação Acolhida, no Salão VIII do Palácio das Nações, na sede da ONU.

esta imagem não possui descrição

Leia mais »

ONU detalha impactos e oportunidades ambientais da resposta humanitária em Roraima

A ONU Meio Ambiente atua em Roraima, estado brasileiro que recebe alto fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos, analisando os impactos e oportunidades ambientais relacionados à resposta humanitária no estado.

In order to respond to the increasing Venezuelan influx, The Brazilian Federal Government established a Screening Centre that started operating at the border location of Pacaraima on June 18th and is being coordinated by the Army. UNHCR and IOM are working together to provide guidance and information to Venezuelans on asylum procedures and other available legal forms of stay. Furthermore, UNHCR is carrying out biometric registration, identifying and addressing specific needs as well as collecting and compiling data on gender, age, education, professional background and vaccination.

Leia mais »

UFRR – Colóquio Sociedade e Fronteira e Semana de Ciências Sociais

O II Colóquio Regional Sociedade e Fronteira e a VI Semana do Curso de Ciências Sociais serão entre os dias 30 de setembro e 4 de agosto, no Centro de Ciências Humanas (CCH) da UFRR. Os eventos são uma realização do Programa de Pós-graduação Sociedade e Fronteira (PPGSOF) e o Curso de Ciências Sociais.

Leia mais »

Crianças indígenas refugiadas recebem materiais escolares doados pelo ACNUR

Às 7h30 da manhã, os primeiros raios de sol invadem as frestas de madeira na escola municipal da aldeia de Tarau Paru, próxima de Pacaraima (RR). As crianças, a maioria refugiadas indígenas venezuelanas, se preparam para o início da aula. O chão ainda é batido e algumas cadeiras são improvisadas, mas nada disso tira o entusiasmo das que ali chegam para estudar.


Jovens e crianças da comunidade foram beneficiados pela doação. Foto: ACNUR/Maria Carolina Baú

Leia mais »

ONU Mulheres auxilia resposta humanitária em Roraima

Atuando na resposta humanitária em Roraima, a ONU Mulheres, com financiamento do Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência, ofereceu diversos serviços e treinamentos para mulheres refugiadas, migrantes e solicitantes de refúgio em Boa Vista, entre novembro de 2018 e março de 2019.

O trabalho da agência teve como foco ajudar a população que se encontra em situação de maior vulnerabilidade, como mulheres em situação de rua, com problemas de saúde e deficiências, com um familiar doente ou em risco de exploração sexual e/ou tráfico.

Uma das mulheres alcançadas foi Briggitte Jimenez, venezuelana de 49 anos. Jimenez chegou a Boa Vista em fevereiro de 2019, depois que o programa de saúde público venezuelano cortou a oferta de tratamento contra o câncer no país. Seu filho de 17 anos tinha câncer no estômago. Ela deixou seus três outros filhos na Venezuela na esperança de salvar o mais velho.

Leia mais »

UNFPA apoia venezuelanos indígenas no processo de integração ao território brasileiro

Agências da ONU têm realizado diversas atividades para ampliar o nível de informação e acesso daqueles que estão em situação de maior vulnerabilidade social em Roraima.

1º Mutirão da Saúde em Ka’ubanoko, ocupação de refugiados e migrantes venezuelanos indígenas e não indígenas, em Roraima. Foto: UNFPA | Yareidy Perdomo.

Leia mais »

ACNUR apoia espaços de educação e proteção da criança em Roraima

A interrupção da educação de crianças e adolescentes é um dos grandes desafios que envolvem o deslocamento forçado.

No Brasil, o ACNUR, a Agência da ONU para Refugiados, tem apoiado espaços de educação e proteção da criança e do adolescente implementados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF Brasil) em Boa Vista e Pacaraima, em resposta ao fluxo de refugiados e migrantes venezuelanos que chegam a Roraima.

São 23 unidades no estado, que já atenderam mais de 15,5 mil crianças e adolescentes até junho de 2019. Os espaços oferecem educação não formal e assistência social e psicológica para crianças e adolescentes entre 3 e 17 anos.

Leia mais »

Milhares de imigrantes da Venezuela vivem em abrigos improvisados no norte do Brasil

A denúncia parte de quem trabalha diretamente com os venezuelanos no Amazonas e em Roraima, como Pe. Jaime Carlos Patias, Conselheiro Geral da Congregação dos missionários da Consolata para a América: em Boa Vista e “sem vagas para todos, milhares deles vivem em abrigos improvisados, na rua, ao redor da Estação Rodoviária, em casas alugadas e em pelo menos 15 ocupações – duas delas com mais de 600 pessoas cada.

Venezuelanos recebem café da manhã na casa das missionárias da Consolata, em Boa Vista -VATICAN NEWS

Leia mais »

Operação Acolhida recebe visita do Presidente do Supremo Tribunal Federal

Boa Vista e Pacaraima (RR), 24/07/2019 – O Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, visitou, na terça-feira (23), as estruturas da Operação Acolhida nas cidades de Boa Vista e Pacaraima, em Roraima. No início da manhã, o ministro do STF foi recebido com honras militares na Primeira Brigada de Infantaria de Selva, na capital do estado. Em seguida, ele passou em revista à guarda, presenciou desfile da tropa de militares dessa organização militar e acompanhou uma apresentação do coordenador da Operação Acolhida, General de Divisão Eduardo Pazuello, sobre a Força Tarefa Logística Humanitária em Roraima.

Chefe de Logística e Mobilização do Ministério da Defesa, General de Exército Laerte de Souza Santos, e ministro Dias Tofolli
Chefe de Logística e Mobilização do Ministério da Defesa, General de Exército Laerte de Souza Santos, e ministro Dias Tofolli
Leia mais »

Operação Acolhida: o trabalho de militares brasileiros na primeira missão humanitária em território nacional

As Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) possuem vasta experiência em missões de apoio humanitário pelo mundo. Desde 2008, foram pelo menos 15 atuações como a desenvolvida no Haiti, em 2010, quando o Brasil liderou as ações de resgate, assistência humanitária e de reconstrução daquele país devastado por um terremoto. Mas desde março de 2018, os militares brasileiros têm vivenciado uma experiência diferente.

esta imagem não possui descrição

Leia mais »

Fundo de População da ONU completa um ano de atividades em Pacaraima

Há um ano, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) chegava a Pacaraima, município na fronteira do Brasil com a Venezuela, para integrar os serviços de ordenamento de fronteira da Operação Acolhida, iniciativa do governo federal e das Forças Armadas para coordenar a resposta e atendimento às pessoas refugiadas e migrantes que chegam ao país.

Time do UNFPA em ação na comunidade indígena Sakaumotá, em março deste ano. Foto: UNFPA Brasil

Desde então, o UNFPA lidera as ações de promoção da saúde sexual e reprodutiva e de prevenção da violência baseada em gênero no contexto de assistência humanitária. “É fundamental a atuação do Fundo de População neste cenário: para garantir que cada gestação seja desejada, cada parto seja seguro e cada pessoa jovem possa atingir o seu potencial, inclusive em situações de crises humanitárias”, disse o chefe do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal.

Leia mais »

Dia do Refugiado: venezuelanos encontram no Brasil oportunidade para recomeçar

Boa Vista e Pacaraima (RR), 20/06/2019 – Eles atravessam a fronteira seca em busca de dias melhores. Diariamente, são cerca de 600 pessoas que abandonam as raízes em solo venezuelano para plantar a esperança de uma nova vida em terras brasileiras. Na bagagem, a maioria traz apenas a cara e a coragem. Muitos não têm sequer documentos ou dinheiro. Perderam até a condição de cidadãos, sem ter onde morar ou o que comer.

esta imagem não possui descrição

Leia mais »