Rio Madeira ultrapassa cota de alerta e está a 30 cm dos 17 metros em Porto Velho

2 de Abril de 2018  - Jaime de Agostinho

Foto: Rondoniagora

O Rio Madeira em Porto Velho teve acentuada subida neste final de semana e registra em média 16,74 metros, ultrapassando a cota de alerta que é 16,68 metros, segundo dados da Agência Nacional de Águas (ANA). Na região de Jacy-Paraná, a medição chegou a 21, 87 metros.

Leia mais »

Nível do Rio Madeira baixa mais de 40 centímetros, mas Defesa Civil continua em alerta

11 de Março de 2018  - Jaime de Agostinho

Já é possível perceber o recuo do rio (Foto: Uil Cavalcante/RONDONIAGORA)

Após ultrapassar o nível de 16,30 metros, o que obrigou da Defesa Civil de Porto Velho a criar a Sala de Situação, o Rio Madeira vem apresentando gradativa redução e na manhã desta sexta-feira (8) chegou à cota 15,89 metros. A redução já é superior a 40 centímetros e, praticamente, confirma que não há riscos de grandes enchentes neste ano.

Leia mais »

Hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira, vai pagar R$ 2 mi a reassentados

10 de Fevereiro de 2018  - Jaime de Agostinho

A Hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, vai pagar um total de  R$ 2,160 milhões  às famílias atingidas pela construção do empreendimento e que foram remanejadas para o assentamento Morrinhos, distante 60 quilômetros de Porto Velho.

Leia mais »

Nível do Rio Madeira deve chegar a 17,10 metros, afirma Defesa Civil

26 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

O Rio Madeira deve continuar subindo até a cota de 17,10 metros, segundo estimativa do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) divulgados pela Defesa Civil de Porto Velho nesta quinta-feira (25) durante apresentação do plano de contingência para enchente 2018 do rio.

Leia mais »

Acre cobra R$ 300 milhões da Usina de Jirau por danos causados durante a cheia do Rio Madeira

23 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Indenização pedida é devido a danos causados ao Estado durante a cheia do rio em 2014.

O calculo faz referência aos prejuízos provocados há quatro anos, quando o rio Madeira alagou a BR-364 – única rodovia que liga por terra o Acre ao resto do Brasil. O alagamento deixou o estado isolado por mais de 30 dias.

Leia mais »

Nível do Rio Madeira sobe, e Porto Velho entra em estado de alerta

23 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Em 2014, capital de Rondônia enfrentou maior cheia da série histórica, com a cota do Madeira em 19,74m Medeiros/Divulgação/Prefeitura de Porto Velho

A Defesa Civil de Porto Velho decretou estado de alerta após a elevação da cota do Rio Madeira. Na sexta-feira (19), a cota atingiu 14,55m. Nesta segunda-feira (22), após as chuvas do fim de semana, o nível do rio chegou a 14,78m. Cerca de mil famílias estão em áreas consideradas de risco, localizadas em diferentes bairros da capital de Rondônia.

Leia mais »

Rio Madeira ultrapassou os 20 metros nas regiões do Abunã e Mutum

17 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Empresários no Acre estão estocando produtos, por conta da cheia do Rio Madeira.

Leia mais »

Na área controlada pela Usina de Jirau, Madeira recua e diminuiu risco de enchente

17 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Comandante do Corpo de Bombeiros do Acre acredita que vazante esteja ligada a Usina de Jirau.

O nível das águas do Rio Madeira no perímetro urbano de Porto Velho recuou. De 13,98 metros, caiu para 13,59 metros em pouco mais de 48 horas. A cota de alerta é de 14 metros – e a de transbordamento 16,68 metros.

Leia mais »

Acre cobra ações do governo federal para evitar isolamento com cheia do Rio Madeira

15 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Em coletiva de imprensa na tarde da sexta-feira, 12, a governadora em exercício Nazareth Araújo informou sobre o monitoramento que o governo do Estado tem feito diante da cheia do Rio Madeira e o risco de inundação da BR-364.

Leia mais »

Imagens aéreas mostram a dimensão da cheia que atinge a BR-364, em Rondônia, no sentido Acre

14 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Imagens aéreas, realizadas por drone nesta quarta-feira (10) e disponibilizadas ao RONDONIAGORA pelo internauta Rafael Dias, mostram a dimensão da cheia de trecho rondoniense da BR-364, na antiga localidade Mutum Paraná, a cerca de 200 quilômetros no sentido Acre. 

WWW.HOJERONDONIA.COM

Leia mais »

MPF-AM denuncia 25 pessoas por exploração ilegal de ouro no Rio Madeira

13 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Vinte e cinco proprietários de dragas foram denunciados por exploração ilegal de ouro e outros minérios no Rio Madeira.

Garimpo no Rio Madeira – James Martins/ CC BY 3.0/ Wikimedia Commons

Leia mais »

Enchente no Madeira provoca erosão em trecho da BR-364 que liga Rondônia ao Acre

12 de Janeiro de 2018  - Jaime de Agostinho

Um vídeo gravado por um internauta mostra a lateral da estrada desmoronando devido a subida das águas. O trecho é onde era localizada Mutum-Paraná, uma vila que desapareceu depois da construção da usina.

Leia mais »

Justiça Federal suspende licenças autorizadas por Amazonino para garimpo no rio Madeira

21 de dezembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Em outra ação, MPF denunciou 25 garimpeiros por crimes ambientais e dano ao patrimônio público pela operação Ouro Fino.

A Justiça Federal suspendeu nesta terça-feira (19) as Licenças de Operação Ambiental (LOA´s) das cooperativas de garimpo no Rio Madeira concedidas há uma semana pelo governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT). A decisão da juíza federal Mara Elisa Andrade atendeu, em regime de urgência, uma ação civil pública ingressada pelo procurador da República, Aldo de Campos Costa (leia a decisão na íntegra). 

Leia mais »

MPs recomendam tramitação ordinária de projeto que quer aumentar lago da hidrelétrica Santo Antônio em RO

20 de dezembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Projeto que prevê redução de unidades de conservação estaduais está com tramitação irregular, desrespeitando o regimento da Assembleia Legislativa e as leis de proteção ambiental.

Leia mais »

USP e Prefeitura de Humaitá atendem ribeirinhos no Amazonas

27 de novembro de 2017  - Jaime de Agostinho

Uma consulta com o médico, a ida ao dentista, a vacinação do filho. Ações que podem ser consideradas rotineiras em muitos municípios brasileiros, se tornam muito mais complexas em comunidades ribeirinhas do Rio Madeira devido às dificuldades de acesso e locomoção em locais que, muitas vezes, sequer têm acesso à eletricidade.  

Leia mais »