Dia Mundial da Vida Selvagem ressalta conservação de recursos florestais

No Dia Mundial da Vida Selvagem, lembrado em 3 de março, o secretário-geral da ONU, António Guterres, afirma que as matas são fundamentais para se atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Todos os anos, o mundo perde 4,7 milhões de hectares de floresta – uma área maior do que o território da Dinamarca.

Arara é uma das espécies das florestas tropicais – Foto | Pxhere/CCO Publicada em: ONU

Leia mais »

Recém-descobertas, novas plantas carnívoras da Amazônia já estão ameaçadas

As duas espécies foram coletadas na Floresta Estadual de Trombetas, no Pará, e já são consideradas vulneráveis à ameaça de extinção devido ao fogo, desmatamento e ao pisoteio

Utricularia ariramba a inflorescence apex with flowers and bud of the white corolla morphotype, showing the reflexed apex of lower corolla lip b flowers of the lavender corolla morphotype, with a calyx of a developing fruit to the left c flower of the white corolla morphotype in posterior view, showing the calyx lobes and the concavity in the ventral portion of the spur d flowers of the lavender corolla morphotype e inflorescence apex of the white corolla morphotype showing variation in spur morphology.  PhytoKeys

Leia mais »

Pesquisas e monitoramento da biodiversidade não pararam durante a pandemia

A pandemia causada pela Covid-19 provocará uma grande valorização das pessoas pelos espaços naturais, que devem ser muito mais procurados depois da quarentena.

A foto é do estudante Natan Tomaz Massardi que ganhou o 2° lugar no I Concurso de Fotografia do PIBIC/ICMBio.

Leia mais »

Unos 850.000 virus desconocidos podrían causar pandemias si no dejamos de explotar la naturaleza

Prevenir pandemias a través de la lucha contra el cambio climático y la pérdida de biodiversidad es cien veces más barato que enfrentar brotes como el de COVID-19, además de que tendría grandes ventajas para la salud de las personas y el planeta, asegura un nuevo estudio realizado por científicos internacionales.

IAEA/Laura Gil – Investigadores de ébola en Sierra Leona.

Leia mais »

Estudo pioneiro mapeia regiões da flora amazônica e pode ajudar na conservação das espécies

Um estudo recente publicado no Journal of Ecology estabeleceu uma nova divisão da flora amazônica baseada na distribuição de mais de 5 mil espécies lenhosas (árvores e arbustos). O trabalho, que analisou dados sobre a composição de espécies pela primeira vez, pode contribuir para futuros esforços de conservação.

O mapeamento da ocorrência de espécies de árvores e arbustos resultou em 13 sub-regiões da flora amazônica. Foto: Duda Menegassi

Leia mais »

Árvore com maior folha do mundo ganha identificação botânica

Por falta de flores e frutos, pesquisadores levaram quase quatro décadas para descrever uma nova espécie do gênero Coccoloba da Amazônia, de árvores com folhas gigantes que podem chegar a 2,50 metros de altura no habitat natural. De características únicas, a imensa folha de Coccolobagigantifolia pode ser vista na Casa da Ciência, no Bosque da Ciência do Inpa e no hall de entrada do Herbário do Instituto.

Coccoloba WéricaLimaInpa

Leia mais »

Conhecendo as orquídeas do Pará

De forma leve e divertida, uma cartilha ilustrada apresenta a diversidade de espécies nativas em território paraense da maior família de plantas com flores do planeta. Delicadas e múltiplas em forma, cores e ambientes onde podem ser encontradas, a riqueza das orquídeas está ameaçada pelo desaparecimento de seus habitats na Amazônia paraense, que lidera as estáticas de queimadas e desmatamento.

Leia mais »

Pesquisador descobre espécie de orquídea em parque do Pará

Foi confirmada a existência da orquídea Vanilla Pompona no estado do Pará. A descoberta aumenta a distribuição geográfica da espécie, que é utilizada para a extração da baunilha, especiaria muito utilizada na culinária e em cosméticos.

Leia mais »

Pesquisadores apresentam em seminário a riqueza florística da Serra dos Carajás

Nesta segunda-feira (3), seminário apresentará resultados finais das pesquisas realizadas pelo Museu Goeldi em parceria com o Instituto Tecnológico Vale (ITV), na Floresta Nacional de Carajás e no Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, no Pará. O evento também vai discutir propostas para que a cooperação avance em novo projeto na região.

Leia mais »

Lançada estratégia para espécies ameaçadas

Meta é que em 2022 todas as espécies ameaçadas de extinção, da fauna e da flora, estejam sob alguma medida de proteção.

Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus): categoria de risco de extinção "vulnerável" e nível de proteção grau 3
Lobo-guará (Chrysocyon brachyurus): categoria de risco de extinção “vulnerável” e nível de proteção grau 3

Leia mais »

Pesquisa mostra que recuperação de floresta degradada gera lucro e preservação ambiental na Amazônia

Um estudo inédito, fruto de parceria pública-privada entre a Embrapa Amazônia Oriental e o grupo madeireiro Arboris, acompanhou um ciclo alternativo completo de plantio e corte de paricá (Schizolobium parahyba var. amazonicum), uma espécie de árvore nativa da Amazônia, no enriquecimento de clareiras em florestas degradadas e com pouca ou baixa produtividade no Pará.

– Foto: Karina Siviero Parica

Leia mais »

Anavilhanas inaugura trilha de 5 km – Visitante desfrutará de uma caminhada pela floresta nativa, com cipós e igarapés

O Parque Nacional de Anavilhanas, no Amazonas, inaugurou uma nova trilha terrestre totalmente sinalizada. A trilha da Base 2 Apuaú tem cinco quilômetros de floresta nativa, cipós de diferentes espécies e diversos igarapés. O visitante poderá desfrutar de uma caminhada de observação da exuberante fauna e flora amazônica durante o dia ou à noite, mas precisa agendar com a antecedência.

Leia mais »

RO – Pesquisas na Rebio Jaru

Jaru reúne dados sobre plantas lenhosas e faz a segunda pesquisa sobre mamíferos de médio e grande porte diurnos e aves cinegéticas (alvo de caça) que vivem no interior da reserva biológica, em Rondônia.

Leia mais »

Estudo acha 381 novas espécies na Amazônia, várias já ameaçadas por conta do desmatamento

Na Amazônia, entre 2014 e 2015, foram descobertas 381 novas espécies de plantas e vertebrados –uma média de cerca de um novo ser vivo a cada dois dias. Esses novos animais e vegetais, contudo, já chegam ao conhecimento de cientistas e da população sob a sombra do perigo de extinção.

Leia mais »

Brasil tem maior diversidade de árvores do planeta, diz estudo inédito

Digitalização de dados permitiu fazer levantamento inédito de espécies

Há 8.715 espécies de árvores no território brasileiro, 14% das 60.065 que existem no planeta. Em segundo na lista vem a Colômbia, com 5.776 espécies, e a Indonésia, com 5.142.

Leia mais »