Aquicultura será destaque de desenvolvimento sustentável durante AmazonTech 2011

Tendo em vista a sustentabilidade na região Amazônica, produtores, pesquisadores e sociedade discutirão a prática da aquicultura como alternativa sustentável para o desenvolvimento durante a realização da 7ª edição do AmazonTech. O evento, que acontecerá pela primeira vez em Palmas, entre os dias 18 e 22 de outubro, no Espaço Cultural, tem como um dos eixos temáticos o uso sustentável dos recursos naturais.

“A aquicultura já é uma realidade na região amazônica em razão do nosso potencial e esse espaço durante o AmazonTech certamente vem consolidar essa prática”, avaliou Alexandre Godinho Cruz, diretor de Aquicultura da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário. Durante o AmazonTech, haverá mesa redonda, oficinas e palestras voltadas para a prática da piscicultura na região. Leia mais »

Governo paulista anuncia que desiste de implantar o projeto de flotação do Rio Pinheiros

Agora de forma definitiva o governo paulista anuncia que desiste de implantar o projeto de flotação do Rio Pinheiros, com o qual se pretendia despoluir as águas do rio e reiniciar a produção de energia elétrica na Usina Henry Borden, em Cubatão. Objetivo meritório de recuperar a operacionalidade de um dos projetos energéticos, Billings, mais fantásticos já concebidos no país: o aproveitamento do desnível de 700 metros da Serra do Mar para produzir energia ao pé da serra com a reversão hídrica de águas do Tietê e Pinheiros. Projeto que foi interrompido em 1989 por obséquio do intolerável grau de poluição das águas urbanasde São Paulo.

Flotação do Rio Pinheiros

Leia mais »

ONU quer mais investimento em ecoturismo para preservar florestas e ajudar comunidades locais

Organização Mundial do Turismo, OMT, diz que um setor sustentável pode ajudar a gerar empregos e renda além de proteger ecossistemas regionais; grupo de agências alerta para riscos dos exageros de turismo em massa.

O ecoturismo organizado tem potencial para gerar renda em comunidades e proteger ecossistemas salvando florestas ameaçadas.

Leia mais »

Divulgação: IV Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável

A quarta edição do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável está com inscrições abertas até 10 de outubro e é destinado a estudantes de graduação de todo o Brasil. O concurso, que tem como tema “Contribuições da engenharia para o desenvolvimento sustentável”, visa reconhecer e incentivar jovens universitários a pensar a engenharia sob uma perspectiva sustentável, difundindo novas ideias junto à comunidade acadêmica e à sociedade em geral.

A participação poderá ser individual ou em grupos de até três estudantes, sendo que pelo menos um dos integrantes esteja cursando engenharia, arquitetura ou agronomia.

Os projetos devem ser originais, aplicáveis e de acordo com os principais pilares da sustentabilidade: economicamente viável, ambientalmente responsável e socialmente inclusivo.

Serão selecionados os cinco melhores trabalhos, sendo a premiação no valor de R$ 20 mil para o estudante ou grupo de autores, e a mesma quantia para o orientador. Já as universidades receberão esse valor revertido em prêmios ou bolsas de estudos.

O primeiro colocado será pré-classificado automaticamente para a última etapa de seleção do Programa Jovem Parceiro da Organização Odebrecht – voltado a estudantes e recém-formados – e os melhores projetos serão publicados em um livro comemorativo ao prêmio.

Informações e inscrições: www.premioodebrecht.com/brasil

Frente Ambientalista vai fazer primeiro debate sobre temas da Rio+20

Evento reunirá governantes, sociedade civil e especialistas para debater alternativas ambientais, que serão apresentadas na conferência em 2012, no Rio de janeiro.

A Frente Parlamentar Ambientalista inicia na próxima sexta-feira (23) uma série de debates pelo País, referentes à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. O objetivo é sistematizar um diagnóstico e propor alternativas para solucionar ou minimizar os principais problemas ambientais.

Sem acordo climático, COP-17 será passo para nova negociação

Expectativa é baixa para acordo sobre emissão de CO2, diz oficial. Próxima conferência sobre o clima será em Durban, na África do Sul.

As negociações climáticas que ocorrerão na África do Sul no fim deste ano podem não resultar em um novo pacto para reduzir as emissões de CO2, entretanto, será importante para determinar os esforços a longo prazo no combate às alterações climáticas, afirmou nesta terça-feira (2) um oficial das Organização das Nações Unidas (ONU). Leia mais »

Pacto Global mobiliza comunidade empresarial para a Rio+20.

A opinião é do Diretor Executivo do Pacto Global, Georg Kell. Ele esteve no Brasil recentemente para uma série de encontros com lideranças empresariais e governamentais com o objetivo de apresentar os planos do Pacto para a Conferência, que acontece em junho de 2012, no Rio de Janeiro.

Leia mais »

BIOFUEL – Amyris Fornecerá Diesel de Cana para Ônibus no Rio de Janeiro

A Amyris Brasil Ltda., uma subsidiária da Amyris, Inc., anunciou hoje que fornecerá diesel renovável durante os 12 meses do teste na frota envolvendo 20 ônibus urbanos do Rio de Janeiro, Brasil.

Leia mais »

RDS Mamirauá: Rodada de Negócios de Pirarucu será realizada na próxima semana

O Instituto Mamirauá, por meio de seu Programa de Manejo de Pesca, promove, entre os dias 28 e 29 de julho, a 5ª Rodada de Negócios de Pirarucu e o 4º Encontro de Manejadores, em Tefé (AM). O evento é uma oportunidade para comerciantes negociarem diretamente com pescadores de pirarucu manejado nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã.  Leia mais »

População do Lago de Tucuruí debate projetos para o PPA

Promover o desenvolvimento sustentável das atividades pesqueira e aquícola é o objetivo do programa “Desenvolvimento Sustentável da Pesca e Aquicultura”, uma das ações previstas no Plano Plurianual 2012-2015 (PPA) para a Região de Integração do Lago de Tucuruí, apresentado na manhã desta quarta-feira (20) em Turucuí, um dos sete municípios da região, que ocupa uma área de 11.009 km² no sudeste do Pará. As ações destinadas ao desenvolvimento da atividade pesqueira visam atender 620 pescadores e aquicultores, com assistência técnica, e promover cursos de capacitação profissional para cerca de 80 trabalhadores.

Amazônia: a menina dos olhos do mundo

Símbolo de biodiversidade: antes ameaçado pela caça, o peixe boi amazônico encontra-se agora protegido em muitas reservas

Já foi dito que a Floresta Amazônica é um universo de vida tão vasto e influente que a própria vida na Terra está intimamente ligada a ela. Não é à toa, portanto, que nos últimos anos a maior extensão de floresta tropical do planeta se tornou palco de atenção e preocupação mundiais. Em tempos de mudanças climáticas, o território antes chamado de “pulmão do mundo” agora é visto como “o grande ar-condicionado”, que ameniza o clima planetário enquanto os países desenvolvidos emitem toneladas de gases de efeito estufa. Isso porque a vegetação da Amazônia guarda um estoque inimaginável de carbono. Se liberado na atmosfera pelas queimadas e pelo desmatamento, o gás resultante desse elemento químico paradoxalmente essencial à vida – o dióxido de carbono (ou CO₂) – pode alterar de forma perigosa o clima da floresta e do planeta a níveis insuportáveis para todos os seres vivos.

Leia mais »

Governo quer aumentar produção de grãos em MT sem derrubar árvores

Apesar das intensas campanhas contra o desmatamento em Mato Grosso, o governador Silval Barbosa (PMDB) defendeu que o estado se mantenha no ranking de maiores produtores de grãos do país e, ainda, aumente a produtividade.

Ministra de Meio Ambiente diz não ser contrária ao desmatamento.

Leia mais »

Trabalhadoras rurais querem discutir desenvolvimento sustentável com o governo

A ampliação do debate sobre desenvolvimento sustentável do Brasil está entre as principais reivindicações das trabalhadoras rurais. Ontem (13) uma comissão formada por representantes de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal apresentou ao governo federal uma pauta de reivindicações com mais de cem itens.

Leia mais »

Sem fiscalização, meio ambiente é destruído no Vale do Guaporé; pescadores profissionais arrastam milhares de peixes e animais são mortos

Tartarugas morrem em armadilhas e redes para peixes

Moradores do distrito de Porto Rolim de Moura do Guaporé, localizado a 700 quilômetros de Porto Velho, às margens do Rio Guaporé, estão preocupados e chamando a atenção do governador Confúcio Moura (PMDB) para a depredação do meio ambiente, matança indiscriminada de animais protegidos por Lei Federal e a pesca predatória. Dos cerca de 1 mil habitantes, 80% vivem do turismo ecológico e da pesca esportiva. A entidade Ecologia dos Rios Mequéns e Guaporé (Ecomeg), criada há 8 anos, denuncia o sucateamento do batalhão da Polícia Ambiental e ação de pescadores profissionais que estão acabando com espécies nobres (pintados e tambaquis), comercializados em Pimenteiras, não deixando um centavo para a comunidade, espantando os turistas e promovendo matança indiscriminada de tartarugas com armadilhas e redes.

Leia mais »

Brasil alcança marca de 1 gigawatt de potência instalada de energia eólica

O Brasil alcançou pela primeira vez, em junho, a potência de 1 gigawatt (GW) de energia elétrica gerada nos parques eólicos instalados, principalmente, nas regiões Nordeste e Sul do país.

Usinas eólicas instaladas no Rio Grande do Sul (Divulgação/ABEEólica)

Leia mais »