Serviço Florestal Brasileiro divulga projetos classificados para apoio na Amazônia

15 propostas atenderam aos critérios de seleção das chamadas públicas do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal para capacitação em manejo florestal e para fortalecimento de negócios florestais

O Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal (FNDF), gerido pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), selecionou 15 projetos de três chamadas públicas destinadas a fomentar atividades sustentáveis na Amazônia. Até R$ 2 milhões serão utilizados para apoio.

Nessas chamadas públicas, os interessados apresentam suas demandas e, dessa forma, o SFB pode apoiar projetos voltados ao interesse da sociedade. Após essa fase, é feita uma licitação para escolher as entidades com capacidade técnica para prestar os serviços.

O maior número de projetos elegíveis – oito – foi apresentado para a chamada que vai beneficiar estudantes de nível médio e pós-médio de cursos profissionalizantes com capacitações sobre manejo florestal e boas práticas em manejo de produtos não madeireiros. Os projetos são de instituições de ensino técnico no Amazonas, Pará, Mato Grosso e Roraima.

Já a chamada pública voltada à capacitação de técnicos e extensionistas recebeu quatro projetos passíveis de apoio, enviados por entidades no Amazonas e Pará. Os temas abordados nos cursos serão os mesmos – manejo e boas práticas –, mas com características específicas para esse público.

Os outros três projetos que poderão ser beneficiados foram apresentados para a chamada sobre fortalecimento de negócios florestais na Amazônia, que vai oferecer capacitação e assistência técnica em gestão. Os temas são operações, sistemas de controle e auditoria, finanças e administração estratégica. Os projetos são de duas associações e uma cooperativa no Pará situadas em áreas sob influência das concessões florestais.

Os projetos serão atendidos segundo sua ordem de classificação, na medida dos recursos disponíveis. Estima-se que pelo menos 1.000 pessoas, entre estudantes, técnicos, extensionistas, cooperados e associados serão beneficiados.

Veja os projetos classificados:

Chamada Pública nº 05/2012 – Apoio à formação profissionalizante para o fortalecimento do manejo florestal*

1 – Escola Estadual de Educação Tecnológica do Estado do Pará – EETEPA, Itaituba (PA)
2 – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Campus Lábrea, Lábrea (AM)
3 – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Castanhal, Castanhal (PA)
4 – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas – CETAM, Manaus (AM)
5 – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso – Campus Cáceres, Cáceres (MT)
6 – Instituto Federal de Educação, Ciência e Teconologia do Amazonas – Campus Manaus Zona Leste, Manaus (AM)
7 – Escola Estadual de Educação Tecnológica do Estado do Pará – Monte Alegre, Monte Alegre (PA)
8 – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – Campus Novo Paraíso, Caracaraí (RR)
* a instituição demandante também é a instituição beneficiária
 

Chamada Pública nº 06/2012 – Capacitação de técnicos e extensionistas em Manejo Florestal*

1 – Instituto de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia – INDESAM, Medicilândia (PA)
2 – Fundação Orsa – Unidade Jarí, Almeirim (PA)
3 – Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas – IDAM, Manaus (AM)
4 – Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas – IDESAM, Manaus (AM)
* a instituição demandante também é a instituição beneficiária

Chamada Pública nº 07/2012 – Capacitação e assistência técnica para o fortalecimento da gestão de negócios florestais

1 – Institutição demandante: Associação Virola Jatobá do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Anapu/PA, Anapu (PA)
Instituição beneficiária: Associação Virola Jatobá do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Anapu/PA, Anapu (PA)
2 – Instituição demandante: Cooperativa Mista da Flona Tapajós -COOMFLONA, Placas, Rurópolis, Belterra e Aveiro (PA)
Instituição beneficiária: Cooperativa Mista da Flona Tapajós -COOMFLONA, Placas, Rurópolis, Belterra e Aveiro (PA)
3 – Instituição demandante: Instituto de Estudos Integrados Cidadão da Amazônia – INEA
Instituição beneficiária: Associação Comunitária de Penedo e Região do Alto Tapajós – ASCOPERATA, Itaituba (PA)

FONTE :  Serviço Florestal Brasileiro / Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*