Povos da Amazônia precisam de uma Igreja próxima e permanente, não importada

Sábado, 5 de setembro é Dia da Amazônia. A Igreja naquela região, segundo dom Neri Tondello, bispo de Juína, no Mato Grosso, precisa se identificar e assumir a realidade local e, por isso, não deve ser uma “Igreja de visita” ou “importada”, mas “próxima e enraizada”, com o Evangelho como “ponto de equilíbrio e resistência para as ameaças que vêm do mundo”.

Dia da Amazônia: em 5 de setembro de 1850, Dom Pedro II decretava a criação da Província do Amazonas (ANSA) -VATICAN NEWS

Leia mais »

Dia Internacional dos Povos Indígenas: Igreja assume a Amazônia, não a indiferença

Em entrevista ao Vatican News, Dom Roque Paloschi, presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), afirma: “a pandemia traz o fantasma do passado que muitos povos viveram: genocídio e extermínio de povos inteiros devido às epidemias que matavam as pessoas sem que pudessem enterrar os seus mortos.

Leia mais »

Laura Vicuña: «La Conferencia Eclesial de la Amazonía quiere ser una voz profética”

Mujer, indígena, religiosa, son tres elementos que definen a Laura Vicuña Pereira, de la Congregación de las Catequista Franciscanas, que forma parte de la Conferencia Eclesial de la Amazonía, en representación de los pueblos indígenas. Ella ve la nueva conferencia como algo «que une, que articula a las Iglesias en la Amazonía», un avance en el camino de la sinodalidad, «que realmente podamos caminar juntos y formar este rostro de la Iglesia en la Amazonía».

 

Conferência Eclesial da Amazônia: voz profética contra projetos de morte que pesam sobre a região

A situação de vulnerabilidade dos indígenas e povos originários tem se agravado com a pandemia de Covid-19. Irmã Laura Vicuña Pereira, catequista franciscana de origem indígena Kariri e que integra a Conferência Eclesial da Amazônia, acredita que a força das experiências ancestrais até hoje pode ajudar a potencializar a ação do organismo para “ser voz profética contra os projetos de morte que pesam sobre a Amazônia”. A própria sinodalidade da região, “da periferia que fala ao centro”, pode ser “uma luz para as Igrejas do mundo todo”.

Irmã Laura Vicuña Pereira quando foi auditora no Sínodo – Foto: Vatican News

Leia mais »

O Sínodo não terminou: os sonhos do Papa para a Amazônia em documentários

Indígenas, campesinos, ribeirinhos, afrodescendentes e agentes de pastoral de seis países da Pan-Amazônia gravaram suas reflexões sobre o “sonho social” contido no primeiro capítulo da Exortação “Querida Amazônia” do Papa Francisco.

Leia mais »

Conferência Eclesial da Amazônia, gesto de amor da Igreja

A Conferência Eclesial da Amazônia, organismo recentemente criado na América Latina é um sinal de proximidade às necessidades da população, sobretudo os povos indígenas. Entrevista com Dom Neri José Tondello, bispo de Juína que participou da sua criação

Leia mais »

Criada a Conferência Eclesial da Amazônia

Por meio de uma Assembleia virtual, realizada nos dias 26 e 29 de junho, o novo organismo eclesial é fruto das reflexões do Sínodo para a Amazônia, realizado em outubro de 2019, em Roma. O presidente da REPAM e presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia, Cardeal Cláudio Hummes também assume a presidência da Conferência Eclesial da Amazônia.

Leia mais »

“A Igreja e a REPAM devem ser aliadas dos povos da Pan-Amazônia” – Cardeal Hummes

A Igreja e a REPAM precisam recordar o que os povos da Pan-Amazônia pediram no Sínodo Especial para a Amazônia, “que a Igreja fosse uma aliada, uma Igreja que estivesse com eles, uma Igreja que apoiasse o que eles decidem”, afirma Dom Cláudio.

Dom Cláudio Hummes – Foto: REPAM

Leia mais »

Exortação: os sonhos de Francisco para a Amazónia

A Exortação de Francisco sobre a Amazónia reflete um longo caminho sinodal. O Papa com os seus “sonhos para a Amazónia” lança a aplicação das orientações sinodais.

Com a Exortação Apostólica “Querida Amazónia” o Santo Padre formula quatro sonhos para um “todo plurinacional interligado” que inclui Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Perú, Suriname, Venezuela e Guiana Francesa. (AFP or licensors) VATICAN NEWS

Leia mais »

Por que a Igreja se preocupa com a Amazônia?

Com a narração da criação, vemos que o papel da humanidade neste mundo é governar a terra. Isso significa usufruir de tudo com responsabilidade, reconhecendo-se parte integrante, interligados e dependentes. É necessário tomar consciência de que, a partir deste “dado”, somos chamados a planejar responsavelmente a nossa história relacional, a crescer em humanidade.

FOTO: VATICAN NEWS

Leia mais »

Repam e Celam: Amazônia, coração do planeta

Um chamado claro a todos os Estados a fim de que, “em coordenação com as Conferências episcopais de cada país”, protejam a Amazônia, “enfrentando com decisão o desmatamento, o flagelo do tráfico de seres humanos e a poluição ambiental”, porque “a Amazônia é o coração do planeta”.
FOTO: VATICAN NEWS

Leia mais »

Declaratoria de Assis: Tercer encuentro de la REPAM sobre pueblos indígenas en aislamiento

Las organizaciones indígenas, líderes indígenas, investigadores, organismos de la Iglesia Católica, y defensores de derechos de los pueblos indígenas de Bolivia, Brasil y Perú, suscriptoras de la presente declaratoria, nos hemos reunido en Assis Brasil entre el 4 y el 6 de diciembre de 2019, para analizar y discutir la situación de los pueblos indígenas en aislamiento y contacto inicial (PIACI) que viven en zonas transfronterizas.

Francisco fala sobre as imagens jogadas no Tibre

O Papa Francisco tomou a palavra na tarde desta sexta-feira (25/10) durante a 15ª Congregação Geral do Sínodo Especial dos Bispos da Região Panamazônica, na Sala Sinodal, no Vaticano. Improvisando disse que “gostaria de dizer uma palavra sobre as estátuas da pachamama que foram retiradas da Igreja Santa Maria in Transpontina, que estavam lá sem intenções idólatras e foram jogadas no Tibre”.

Papa Francisco na Sala Sinodal – VATICAN NEWS

Leia mais »

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com