Belém reúne comunidades de toda Amazônia Legal para debater a agroecologia

Comunidades tradicionais de todos os nove estados da Amazônia Legal se reúnem durante esta semana em Belém, no IV Encontro Regional de Agroecologia da Amazônia. Grupos de indígenas, quilombolas, pescadores, ribeirinhos, agricultores familiares e agroextrativistas estarão reunidos no Parque dos Igarapés, na capital paraense, discutindo o futuro da agroecologia, como forma de manutenção da floresta e sua biodiversidade.

Manejo sustentável do açaí, em Afuá - Marajó - Crédito: Reprodução - PnudManejo sustentável do açaí, em Afuá – Marajó – Crédito: Reprodução – Pnud


O coordenador da Articulação Nacional de Agroecologia,  Fábio Pacheco, explica que as comunidades tradicionais da Amazônia  vão debater novas estratégias mais articuladas para esse novo período do País.

Além disso, os agroecologistas fazem trocas de experiências entre comunidades, uma forma de repassar saberes para a sustentabilidade da agricultura e do extrativismo e outras atividades praticadas pelas populações tradicionais.

Nesta terça-feira, 6,  primeiro debate, será a partir das 8h30, que vai reunir diversas entidades sob o tema: Perdas de direitos e retrocesso das políticas voltadas para Agroecologia na Amazônia. Participam integrantes das comunidades quilombolas do Maranhão, indígenas de Roraima, quebradeiras de coco babaçu do Tocantins, Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetagri-PA), Via Campesina de Rondônia e do Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS-AP).

“Estamos em um momento adverso às comunidades tradicionais. Precisamos debater estratégias para enfrentar os impactos”, explica Fábio Pacheco.

Ele ressalta, que as populações tradicionais da Amazônia, desenvolveu seu modo próprio de fazer o manejo florestal  de forma exemplar, mesmo com pouco conhecimento científico. Por isso, a junção das organizações que trabalham e promovem conhecimento é de extrema importância para o desenvolvimento e expansão da agroecologia.

Instituições de pesquisa agrícola anda engatinham no conceito de agroecologia

Durante a semana do  IV Encontro Regional de Agroecologia da Amazônia, os participantes vão visitar experiências de projetos de agroecologia desenvolvidos no  Pará. Os grupos visitarão os projetos nos municípios de Abaetetuba e Igarapé-Miri e Região Metropolitana de Belém (RMB).

O evento também vai realizar seminários temáticos de segurança alimentar e compartilhar trocas de experiências, que têm dado certo em diversos Estados da Amazônia.

Apesar do conceito de agroecologia já ser bastante debatido pelo mundo, segundo Fábio Pacheco, poucos pesquisadores se dispõem a trabalhar em projetos voltados às populações tradicionais. ” Poucas instituições e pesquisadores estão alinhados a essa proposta de agroecologia”, ressalta Pacheco.

Agroecologia
Conceito de agroecologia pressupõe a prática da agricultura de maneira ambiental, social, cultural e economicamente sustentável.

FONTE:

VER MAIS EM: https://www.romanews.com.br/cidade/belem-reune-comunidades-de-toda-amazonia-legal-para-debater-a/18643/  

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.