Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) – Janeiro de 2022

Em janeiro de 2022, o SAD detectou 261 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal, um aumento de 33% em relação a janeiro de 2021, quando o desmatamento somou 196 quilômetros quadrados. O desmatamento detectado em janeiro de 2022 ocorreu no Mato Grosso (28%), Rondônia (24%), Pará (20%), Amazonas (12%), Roraima (7%), Maranhão (5%), Acre (3%) e Tocantins (1%).

Postado em: IMAZON

Leia mais »

PF investiga possível contaminação do rio Tapajós, no Pará

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar a água turva do rio Tapajós, no distrito de Alter do Chão, no Pará. Está previsto para esta segunda-feira um sobrevoo com aeronaves do ICMBio, o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade, para avaliar o tamanho da mancha.

Leia mais »

A planejada exploração de terras indígenas aumenta o risco de novas pandemias: 1 – O Projeto Millenium

Uma nova cadeia produtiva de alimentos comerciais está surgindo que visa maximizar os lucros em detrimento do meio ambiente e das comunidades tradicionais da região amazônica.

Figura 1. (A) Mapa com locais das indústrias de Millenium Bioenergy: 1- Bonfim; 2- Manaus; 3- Rio Preto da Eva; 4- Itacoatiara. (B) Vegetação de campina no município de Rio Preto da Eva. (C) Vegetação de campinarana no município de Rio Preto da Eva. (D) “Lavrado” (savana de Roraima) em Bomfim, Roraima. (E) Campo de milho cultivado por uma empresa de agronegócio em o que já foi um lavrado em Roraima (fotos: L. Ferrante). Postada em: Amazônia Real

Leia mais »

Área com exploração madeireira não autorizada no Amazonas chegou a pelo menos 18 mil campos de futebol em apenas um ano

Falta de transparência impediu a análise total da legalidade nos mais de 71 mil hectares com extração de madeira identificada no estado

Extração madeireira na Amazônia – Foto: Tayane Carvalho/Idesam – Postada em: IMAZON

Leia mais »

Créditos de carbono podem render até R$ 125 milhões em concessões florestais na Amazônia

Webinar realizado pelo Instituto Escolhas reuniu um time de peso para discutir como a comercialização de créditos de carbono pode fortalecer as concessões de florestas públicas no Brasil

Postada em: Instituto Escolhas

Leia mais »

Grilagem na rodovia BR-319: 1 – Resumo da série

A grilagem de terras na rodovia BR-319 e falta geral de governança naquela “terra sem lei” foram documentadas em um trabalho publicado em 27 de maio na prestigiada revista Land Use Policy, assim possibilitando a sua divulgação na Amazônia Real.

A imagem que abre este artigo, mostra área de grilagem de terras no entorno da BR 319 (Foto: Alberto César Araújo/Amazônia Real)

Leia mais »

PF desarticula organização criminosa que agia em garimpos ilegais no MA

PF deflagra a Operação Curimã e investiga os responsáveis pelo desmatamento ilegal de mais de 60 mil hectares de áreas para abertura de garimpos de ouro, sem qualquer autorização dos órgãos competentes, em municípios maranhenses.

Polícia Federal – DPF

Leia mais »

Comunidade amazônica transforma resíduos em insumos

Uma nova forma de cidadania e ação comunitária está sendo praticada em alguns municípios de pequeno porte da Amazônia. Pesquisa de campo realizada no município de Carauari, localizado a duas horas de avião ou cinco dias de barco de Manaus, encontrou uma população muito organizada, engajada em um tipo de economia circular que transforma os resíduos em recursos. A experiência em curso na região pode servir de exemplo para outros municípios do Brasil.

Postada em: Agência FAPESP

Leia mais »

MPF vai recorrer da sétima suspensão de segurança concedida pelo TRF1 em favor de Belo Monte

Decisão derrubou liminar que garantia mais estudos e consulta prévia sobre hidrograma

Comunidades que vivem da pesca enfrentam danos da usina de Belo Monte. Foto: Ascom/PRPA

Leia mais »

Acordo por satélite japonês traz inovação para monitorar desmatamento

Tecnologia garante melhores resultados de detecção na Amazônia Legal

Foto: Pedro Pinheiro – Ibama

Leia mais »

Rejeitos da mineradora Taboca, do grupo peruano Minsur, contaminam rios do povo Waimiri-Atroari no Amazonas

Um vazamento de rejeitos de estruturas da mineradora Taboca, que opera em Presidente Figueiredo (AM), a 300km de Manaus, atingiu rios dentro da terra indígena Waimiri-Atroari que são essenciais para a vida da população.

Postada em: Observatório da Mineração

Leia mais »

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com