Outrage at ‘Freakshow TV’ as reporter brands Amazon tribe child murderers

 

Paul Raffaele said a Suruwaha girl refused to shake his hand because she wanted to kill him. In fact, he was wearing so much sun cream the Suruwaha thought he had a skin disease.
© Channel 7

An Australian TV report which branded an Amazon tribe as child murderers; a ‘suicide cult’ from the ‘Stone Age’; and the ‘worst human rights violators in the world’ has become the first target of a new Survival campaign against the racist depiction of tribal people on TV.

The ‘Freakshow TV’ campaign aims to challenge the depiction of tribal people on TV as primitive, backward savages. Leia mais »

Conferência precisa ouvir sociedade civil, diz Greenpeace

“Parece que todos os negociadores sofrem de uma doença, parece que todos têm problema em não escutar direito”, disse Kumi Naidoo, diretor executivo do Greenpeace Internacional, ontem, em Manaus. Ele se referia aos diplomatas envolvidos com negociações internacionais do gênero das que precedem a Rio+20. “Não ouvem o que a ciência está dizendo. Ainda temos algumas semanas antes da conferência. Espero que os representantes de governo possam internalizar em suas discussões o que outros estão falando.” Leia mais »

Fórum Mundial de Sustentabilidade e o desafio de vencer as utopias ambientais

Consensos como acesso universal a energia, eficiência energética e energia sustentável estão incluídos na agenda da Conferência.

Todos os anos, os governos se reúnem em conferências, congressos, fóruns, seminários e simpósios. Os nomes são variados. O significado de cada um: nem todos sabem. Na teoria, estes encontros servem para discutir propostas capazes de solucionar questões políticas, sociais, econômicas ou ambientais. Na prática, a situação muda. Este problema veio à tona no primeiro dia do Fórum Mundial de Sustentabilidade nesta quinta-feira (22) em Manaus. O evento, que antecede os debates sobre a Rio+20, acontece até o próximo sábado (24). Leia mais »

Preocupação com o desmatamento une lideranças ambientais e políticas no AM

Ministério Público, Federação da Agricultura, Coiab e Greenpeace trabalham juntos pela preservação da Amazônia.

 A capital amazonense é, nesta quinta-feira (22), também a capital da sustentabilidade. Enquanto na Ponta Negra, as discussões giram em torno do Fórum Mundial de Sustentabilidade, no Porto da Manaus Moderna os debates sobre ações de combate à destruição dos recursos naturais acontecem no Raibow Warrior – um barco que percorre o Brasil em busca de 1,4 milhão de assinaturas para deter o desmatamento no País. Leia mais »

Ministra demonstra preocupação com aprovação de PEC sobre demarcação de terras indígenas e quilombolas

A ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) da Presidência da República, Luiza Bairros, demonstrou hoje (21) preocupação com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215 que se refere à demarcação de terras indígenas e quilombolas no país. A proposta transfere para o Congresso Nacional a competência para demarcar e homologar essas terras. Leia mais »

Água é um dos elementos mais afetados pelas alterações climáticas, diz presidente da ANA

A água é o principal veículo afetado pelas alterações climáticas e o Pacto das Águas – documento firmado no 6º Fórum Mundial das Águas, na semana passada, em Marselha, na França – não tratou da questão devidamente. A declaração é do presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente de Andreu Guillo. Ele participou hoje (22), quando se comemora o Dia Mundial da Água, de audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados. Leia mais »

Governo sofre derrota para ruralistas em votação sobre terras indígenas

A bancada ruralista impôs uma derrota ao governo ao aprovar, nesta quarta-feira (21), emenda constitucional que transfere para o Congresso a competência sobre a demarcação de terras indígenas.

O texto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara após quase quatro horas de discussão. O governo é contrário à emenda por considerá-la inconstitucional e considerar que a bancada ruralista impedirá qualquer nova demarcação de terra. Leia mais »

Iniciativa vai captar recursos para dar continuidade a atividades de projetos na Amazônia

Nos dias 21, 22 e 23 de março, a ONG Núcleo de Apoio à População Ribeirinha da Amazônia (NAPRA) realizará um brechó beneficente no Salão do Centro Acadêmico Armando de Salles Oliveira (CAASO) da USP de São Carlos.

O objetivo é captar recursos para custear parte das atividades que acontecerão durante a expedição programada para o mês de julho deste ano, em Rondônia.

Formada por estudantes e diversos profissionais, a ONG é um projeto inter e multidisciplinar, com sede em São Carlos, focado na promoção da educação, saúde e sustentabilidade das Comunidades Ribeirinhas do Baixo Madeira (RO).

O Salão do CAASO fica no Campus 1 da Universidade de São Paulo (USP) , Av. Trabalhador São-carlense, 400, em São Carlos/SP

Mais informações: http://www.napra.org.br/o_napra.htm

FONTE: http://www.saocarlosdiaenoite.com.br/noticias/cidade/item/22507-iniciativa-vai-captar-recursos-para-dar-continuidade-a-atividades-de-projetos-na-amazônia

Sem PMDB, governistas adiam na CCJ votação de proposta dos ruralistas sobre homologação de terras indígenas

Em uma sessão tensa da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara, de ânimos acirrados, os deputados governistas, exceto os do PMDB, conseguiram adiar hoje (20), por falta de quorum, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215, que transfere para o Congresso Nacional a competência para demarcar e homologar terras indígenas e quilombolas. Atualmente, essa competência é do Poder Executivo, mas a bancada ruralista quer colocar a PEC em votação para ter mais influência sobre as homologações. Leia mais »

RR – Retirada de não-índios da Terra Indígena Raposa Serra do Sol completa três anos

A Terra Indígena Raposa Serra do Sol está localizada em Roraima e foi demarcada em 2005, mas se tornou de exclusividade indígena em 2009, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Retirada de não-índios da Terra Indígena Raposa Serra do Sol completa três anos – Central de Conteúdo

Leia mais »

Governo intensifica pesquisa por terras raras na Região Amazônica

Programa nacional de sondagem sobre reservas de minerais usados em aparelhos de alta tecnologia ganha fôlego em Roraima e Amazonas.

Por trás das telas dos tablets, smartphones e notebooks há componentes de alto desempenho tecnológicos produzidos com o uso de 17 minerais que formam um conjunto de óxidos metálicos chamado terras raras. O insumo aplicado em eletroeletrônicos de alto desempenho, como dispositivos de misseis e circuitos de computadores, é alvo de uma disputa acirrada entre China, Estados Unidos, Japão e União Europeia deflagrada nesta semana na Organização Mundial do Comércio (OMC). Leia mais »

Roraima na Rio+20

O Comitê Preparatório de Roraima para a Conferência Rio+20 vai se reunir no auditório da Casa de Cura (BR-174 sul), na sexta-feira, às 14h30, para tratar do Seminário Estadual Preparatório para a Rio+20, com escolha da delegação que participará dos eventos paralelos ao evento no Rio de Janeiro, como a Cúpula dos Povos e Acampamento Terra Livre. Será o maior evento ambiental do mundo a ser sediado no Brasil, em junho.

FONTE: Folha de Boa Vista

Metais terras-raras encontrados em RR

Roraima detém metais vitais para a indústria de alta tecnologia. Estudo do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) aponta que 17 minerais que formam um conjunto de óxidos metálicos chamados terras-raras foram encontrados na região do Apiaú, em Mucajaí. Esses minerais conferem características especiais a ligas metálicas utilizadas em equipamentos de última geração, como tablets, telefones celulares e lasers. Leia mais »

Rascunho do texto-base da Rio+20 volta a ser discutido na ONU

O primeiro rascunho do texto-base da Rio+20, cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU)  que vai debater o desenvolvimento sustentável, voltou a ser negociado informalmente nesta segunda-feira (19), em Nova York. Lançado em 11 de janeiro, o documento passou por uma primeira rodada de discussões em 25 de janeiro. A conferência está prevista para acontecer de 22 a 26 de junho, no Rio de Janeiro.   Leia mais »

Protestos em Jaru (RO) – Após Promessa de Acordo, Manifestantes Liberam a BR-364

Militantes da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) liberaram o acesso na BR-364 em Jaru, fechado desta a madrugada em protesto pela reintegração da área do Acampamento Canaã, em Ariquemes. A promessa de uma reunião, para esta terça-feira, acabou convencendo os manifestantes. No encontro, será feita a proposta de uma possível compra da propriedade e uma tentativa de acordo judicial com os proprietários, INCRA, e também discutir a questão judicial. A estrada foi liberada sob a condição de que não haverá invasão da policia e nem a prisão dos lideres.

FONTE: Rondoniagora