Questão da água na Amazônia exige medidas urgentes

Esteve sempre implícita uma velha pauta permanente aos 100 jornalistas da Amazônia Legal que debateram o tema “Amazônia, comunidade e tecnologia social: Iteração e sustentabilidade” no II Encontro de Jornalistas do Norte, realizado de 29 a 31 de maio pela Fundação Banco do Brasil: a água. Até porque a assembleia foi instalada em Porto Velho, situada na margem direita do rio Madeira, maior afluente também da margem direita do Amazonas, no qual deságua a leste de Manaus. Como se vê, trata-se, aqui, do Mundo das Águas, o subcontinente amazônico.

Continuar lendo Questão da água na Amazônia exige medidas urgentes

Deputados de Roraima visitam Câmara de Cuiabá para apresentar Parlamento Amazônico

Deputados estaduais de Roraima estiveram na manhã de hoje (02/06) em visita de cortesia na Câmara Municipal de Cuiabá. Recebidos pelo presidente da Casa, vereador Júlio Pinheiro (PTB) e demais vereadores, os parlamentares apontaram como tema do encontro a busca do apoio do Legislativo da Capital mato-grossense para fortalecer o laço entre os Estados que fazem parte da comunidade amazônica, além de articular ações para a retomada do Parlamento Amazônico (Parlamaz).

Continuar lendo Deputados de Roraima visitam Câmara de Cuiabá para apresentar Parlamento Amazônico

Presidente do Ibama vai a Sinop para novas medidas contra desmates no Nortão

O presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, Curt Trennepohl, deve chegar hoje a Sinop, para reunir-se com as equipes técnicas dos setores de fiscalização de Ibama e Sema para concluir novas ações que serão desencadeadas para conter os desmatamentos. O Exército passa a ajudar nas ações fiscalizatórias.
Continuar lendo Presidente do Ibama vai a Sinop para novas medidas contra desmates no Nortão

Assembleia Legislativa de MT será sede do Parlamento Amazônico

A Assembleia Legislativa irá realizar no dia 03 de junho (sexta-feira), às 9 horas, um encontro para retomar as discussões relacionadas ao Parlamento Amazônico (Parlamaz). A previsão é que deputados estaduais e federais dos nove estados que compõem a Amazônia Legal participem do evento, onde serão abordados temas como emancipação dos novos municípios, utilização dos recursos hídricos, logística na região Amazônica, boicote à compra de produtos de origem amazônica entre outros. Continuar lendo Assembleia Legislativa de MT será sede do Parlamento Amazônico

Integração agropecuária e floresta pretende recuperar áreas degradadas

Os primeiros resultados do Sistema de Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF) foram apresentados ao secretário de Estado de Agricultura, Hildegardo Nunes, durante o Dia de Campo, realizado na última sexta-feira (20), em Paragominas, município do nordeste do Pará. Os primeiros testes para implantação do sistema no Estado foram realizados na fazenda Vitória, localizada no município.

Continuar lendo Integração agropecuária e floresta pretende recuperar áreas degradadas

Tião Viana é favorável ao pacto pela Amazônia

O governador Tião Viana esteve em Belém (PA) reunido com todos os governadores da Amazônia Legal para discutir o fortalecimento da região através de uma pauta comum de desafios e peculiaridades. O objetivo é fortalecer a integração dos chefes executivos com um pacto pela Amazônia, que busca a unidade entre os estados.

Tião Viana é favorável ao pacto pela Amazônia entendendo que a região tem peculiaridades que exigem e tornam fundamentais as discussões sobre a gestão regional. “Os governadores têm que lutar em conjunto na defesa daquilo que lhes é  comum”, disse o governador acreano.
Continuar lendo Tião Viana é favorável ao pacto pela Amazônia

Silval Barbosa conclama governadores da Amazônia Legal a lutarem pelo desenvolvimento sustentável

Os países limítrofes, como Peru e Chile, também integraram o estudo, que já teve a primeira fase concluída.

Continuar lendo Silval Barbosa conclama governadores da Amazônia Legal a lutarem pelo desenvolvimento sustentável

Operação Arco Verde encerra capacitação de gestores municipais

A Operação Arco Verde, programa do Governo Federal que busca oferecer alternativas sustentáveis aos municípios concluiu, dia 20 de maio, seu programa de capacitação voltado para gestores municipais. Continuar lendo Operação Arco Verde encerra capacitação de gestores municipais

INPE: Mudanças climáticas podem deixar a Amazônia mais quente e mais seca

Com a elevação da temperatura do mundo, causada pelo aquecimento global, a Floresta Amazônica tende a se tornar mais seca e mais quente, prejudicando também outras regiões, por desempenhar importante papel no equilíbrio do sistema climático.  A conclusão é do estudo “Riscos das Mudanças Climáticas no Brasil”, divulgado ontem (10) pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE).

Continuar lendo INPE: Mudanças climáticas podem deixar a Amazônia mais quente e mais seca

Consumo de oxi por índios leva deputado de Rondônia a solicitar audiência na Comissão da Amazônia

O consumo de oxi – droga que se alastra no norte do país e é considerada pior do que o crack – por índios da Amazônia que habitam aldeias localizadas na fronteira do Peru, Bolívia e Colômbia levou o deputado federal Padre Ton (PT-RO) a requerer audiência na Comissão da Amazônia para ouvir autoridades do governo federal sobre o assunto.

Amazônia Peruana – Preço do ouro impulsiona desmatamento

A elevação nos preços internacionais do ouro é uma má notícia para a floresta de Madre de Dios, no Peru. Um estudo publicado na edição desta terça-feira, 19, no jornal PLoS One, demonstra a relação entre o aumento do preço do metal nobre e o avanço do desmatamento provocado pelo garimpo nesta região. Para elaborar o artigo, a equipe liderada pela professora assistente de Análise Geospacial, Jennifer Swenson, da Escola Nicholas de Meio Ambiente da Universidade Duke analisou imagens de satélite e informações sobre a cotação do ouro e importações peruanas de mercúrio entre 2003 e 2009.

Área de mineração Guacamayo - Peru

Continuar lendo Amazônia Peruana – Preço do ouro impulsiona desmatamento

Áreas protegidas da Amazônia têm falhas na gestão e pressão por desmatamento, diz estudo

Apesar de ocuparem 43,9% do território da Amazônia, as áreas protegidas do bioma não estão livres de ameaças à proteção da floresta, da fauna e de comunidades tradicionais. Estudo do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e do Instituto Socioambiental (ISA) mostra que, apesar de avanços nos últimos anos, as Unidades de Conservação (UCs) e Terras Indígenas (TIs) da região têm falhas na gestão e estão sujeitas às pressões do desmatamento, exploração madeireira e mineração.

De acordo com o relatório, “a criação e a manutenção de áreas protegidas é uma das estratégias mais eficazes para a conservação dos recursos naturais na Amazônia”, mas a preservação depende de gestão eficiente, ampliação das fontes de financiamento e controle das atividades ilegais.

Continuar lendo Áreas protegidas da Amazônia têm falhas na gestão e pressão por desmatamento, diz estudo