Destruição de Garimpo Ilegal

CMA/EB

No dia 21 de fevereiro de 2018, no contexto da Operação Escudo, cumprindo seu papel constitucional de combater crimes ambientais na faixa de fronteira, conforme estabelecem as Leis Complementares 97/1999, 117/2004 e 136/2010,  a 1ª Brigada de Infantaria de Selva , por intermédio do Comando de Fronteira Roraima/7º Batalhão de Infantaria de Selva, realizou uma incursão com trinta homens em três helicópteros do Exército, no garimpo do MUTUM, no alto do URARICOERA, a noroeste do estado, na região da Terra Indígena Yanomami.

Leia mais »

Operação da Polícia Federal investiga esquema de extração ilegal de ouro em reserva Yanomami

A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta quinta-feira, uma operação para desarticular esquema criminoso de extração ilegal de ouro e pedras preciosas nas terras da reserva Yanomami. O esquema criminoso faturava R$ 17 milhões por mês e provocou forte degradação ambiental. 

Leia mais »

Funai propõe que Monumento ao Garimpeiro seja demolido em RR

O coordenador-geral da Frente de Proteção Yanomami e Ye’kuana, da Fundação Nacional do Índio (Funai), João Catalano, criticou ontem um dos principais símbolos de Roraima, o monumento ao Garimpeiro, na Praça do Centro Cívico. Ele disse que a estátua seria uma apologia ao crime e que, por isso, vai propor a demolição do monumento.    

Leia mais »

Brasil e França devem agir contra garimpo ilegal de ouro

Com a ratificação de um acordo Brasil – França no fim de 2013 os países deverão atuar em conjunto contra o garimpo ilegal de ouro em uma faixa de 150 quilômetros em ambos os lados da fronteira entre a Guiana Francesa e o estado do Amapá (confira no mapa abaixo).  A aprovação do pacto pelo Câmara e pelo Senado aconteceu após 5 anos de tramitação, graças à passagem do presidente francês François Hollande pelo Brasil.   Leia mais »

Yanomami – Expedição constata ação de garimpeiros

O resultado da expedição realizada mês passado na fronteira da Terra Indígena Yanomami, na região do Ajarani, foi discutido durante reunião realizada na comunidade Serrinha, município de Caracaraí, junto às lideranças do Limite Leste. O garimpo e a ocupação de fazendeiros continuam sendo os maiores problemas enfrentados pelos indígenas da localidade.

Leia mais »

Ministério Público vai investigar conflito entre policiais federais e índios mundurukus

O confronto envolvendo policiais federais e índios mundurukus da Aldeia Teles Pires, na divisa do Pará com Mato Grosso, será investigado pelo Ministério Público Federal (MPF). O conflito ocorreu no dia 7 deste mês e causou a morte do índio Adenilson Kirixi Munduruku. Dois policiais e seis índios ficaram feridos. O inquérito foi aberto hoje (19) pelo MPF. Leia mais »

Operação Curare retira garimpeiros de terras indígenas na fronteira do Amazonas

A ‘Operação Curare’, do Comando da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, retirou garimpeiros que atuavam em terras indígenas no Amazonas, em uma área conhecida como Serra dos Porcos, na fronteira brasileira com a Colômbia, na região do alto Rio Içana, próximo à comunidade indígena de São Joaquim. A ação teve início na quinta-feira (8).

Garimpo estava localizado em terras indígenas na fronteira do Brasil com a Colômbia (Foto: Divulgação/2ª Brigada de Infantaria de Selva)

Leia mais »

Operação Eldorado – Aldeia Teles Pires: relatório de comissão aponta excessos

Segundo o relatório fechado pela Comissão Especial de Justiça, instalada pela Câmara de Vereadores de Jacareacanga, houve excesso por parte do grupo de, aproximadamente, trinta e cinco policiais federais que participaram da ação da Operação Eldorado na aldeia Teles Pires, na divisa do Pará com o Mato Grosso.

Leia mais »

RR – Funai prende 52 garimpeiros na TI Yanomami, mas só 25 chegam à Capital

Agentes da Fundação Nacional do Índio (Funai) prenderam anteontem, à tarde, 52 garimpeiros que extraíam ouro da terra indígena Yanomami, na região do Apiaú, no Município de Mucajaí. Como estavam em desvantagem numérica, os seis servidores da Funai, acompanhados de mais seis índios Yanomami, só conseguiram chegar à sede da Polícia Federal, na Capital, com apenas 25 garimpeiros. Leia mais »

Mais da metade da TI Yanomami está destinada para a mineração

Napë não tem dado trégua aos yanomami. Nem quando tira ouro de forma ilegal nem agora, quando apresenta um documento para legitimar a atividade garimpeira. Napë é “homem branco” na língua yanomami. Se for inimigo, ganha uma sílaba a mais: napëpë. Leia mais »

Terra Indígena Yanomami – interesses de mineradoras

Os yanomami querem manter sua cultura e terras preservadas, longe das epidemias, do mercúrio e dos conflitos. Para isso, combatem o garimpo e rejeitam o projeto de deputados federais que regulamenta a mineração em terra indígena. Em caderno especial, A CRÍTICA relata a retomada da luta dos indígenas yanomami para impedir as trágicas consequências da “corrida do ouro”.

Leia mais »

Funai realiza operação de vigilância na TI Yanomami (RR) e desativa garimpo ilegal

A Funai, por meio da Frente de Proteção Etnoambiental Yanomami e Ye´kuana (FPEYY), em Roraima, realizou operação de vigilância na Terra Indígena Yanomami (TIY), de 25 a 28 de outubro. A ação desativou um garimpo ilegal no rio Couto Magalhães, em região próxima de área habitada por índios isolados. Foram encaminhados à Polícia Federal oito garimpeiros e destruídos três acampamentos, incluindo cinco motores utilizados por eles. “Calculamos um prejuízo de 500 mil reais para o garimpo ilegal”, afirmou João Catalano, coordenador da FPEYY e da operação.

  Leia mais »

Venezuela: “El Plan Caura persigue a los indígenas, no a los mineros”

Las organizaciones Kuyujani y Medewadi denuncian atropellos a los que son sometidas las etnias ye’kuana y sanema por parte del Ejército. Desde 2006, con la penetración de mineros ilegales en el Caura, el Gobierno ha establecido planes destinados a evacuarlos de la zona, un importante pulmón vegetal. Sin embargo, lejos de esa meta, tales programas, principalmente el Plan Caura, se han convertido en maquinarias represivas para los indígenas, según denuncian las organizaciones Kuyujani y Medewadi. Leia mais »

Ministério Público Federal vai à Justiça para anular pedidos de mineração em áreas indígenas

O Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR) ajuizou ação civil pública requerendo o indeferimento de todos os requerimentos de autorização de pesquisa mineral, permissão de lavra garimpeira e concessão de lavra mineral dentro de terras indígenas que estejam em trâmite no Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). A antecipação de tutela foi negada pela Justiça Federal em Roraima, mas o MPF já ingressou na semana passada com recurso junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília. Leia mais »

Venezuela – Organização Yanomami não confirma massacre, mas alerta para invasão de garimpeiros

Após visita ao local do suposto massacre, organização que representa os Yanomami na Venezuela divulga nota pública alertando para a necessidade de retirar garimpeiros e oferecer assistência de saúde permanente aos Yanomami. Leia mais »