“La Tierra se defiende” documenta 22 conflictos entre Pueblos Indígenas (PP.II.) y transnacionales

El mapa “La Tierra se defiende” de conflictos entre pueblos indígenas y empresas transnacionales documenta veintidós casos de vulneraciones de derechos en diversos países de América Latina. Ver em: http://www.codpi.org/territorio-y-recursos-naturales/observatorio/mapeo  Leia mais »

AM – Funai distribui 330 cestas básicas para índios tenharim

Índios da reserva Tenharim Marmelos receberam neste sábado (11) 330 cestas básicas distribuídas por agentes da Fundação Nacional do Índio (Funai). Eles estão praticamente isolados nas aldeias desde o último dia 25, quando um grupo de pessoas ateou fogo à unidade da Funai localizada no município de Humaitá, a 590 quilômetros da capital, Manaus, revoltados com o desaparecimento de Luciano Freire, Aldeney Salvador e Stef Pinheiro.  Leia mais »

Nota pública das organizações da sociedade civil em apoio à desintrusão da Terra Indígena Awá-Guajá

A Fundação Nacional do Índio – FUNAI – está divulgando, em www.funai.gov.br , nota de organizações da sociedade civil em apoio à desintrusão da Terra Indígena Awá – Guajá. Leia mais »

Índios vão reabrir pedágios no Amazonas. Bispo alerta: “Brasília tem de acordar”

Índios de aldeias no sul do Amazonas informaram ao Exército que vão reabrir em 1.º de fevereiro os pedágios na Transamazônica (BR-320), em Humaitá, a 675 km de Manaus.  As lideranças decidiram retomar a cobrança apesar da ameaça de um novo ataque dos moradores da cidade que, em 26 de dezembro, atearam fogo aos postos instalados na reserva Terra Indígena Tenharim Marmelos.  O conflito ocorreu após o desaparecimento de três homens na reserva, em 16 de dezembro.  Leia mais »

AM – Não há omissão na garantia de segurança aos índios tenharim, diz Funai

A Fundação Nacional do Índio (Funai) diz que não há omissão na garantia de segurança aos índios da etnia Tenharim, na região de Humaitá, sul do Amazonas. No dia 28 de dezembro, a Justiça Federal concedeu liminar determinando que tanto a entidade quanto a União elaborassem um plano para garantir a integridade física dos indígenas. A Justiça determinou ainda envio de cópia do processo à Organização dos Estados Americanos (OEA), para avaliação de possível violação de direitos. A Funai chegou a pedir reconsideração da decisão, mas esta foi mantida. Em nota divulgada hoje (8), a autarquia infoma que tem atuado para manter a segurança, mas que seu trabalho é de mediação.  Leia mais »

Lideranças indígenas dizem que pedágio vai voltar no Sul do AM

As lideranças indígenas Tenharim disseram nesta segunda-feira (6) que o pedágio mantido desde 2006 na reserva indígena, localizada no Sul do Amazonas, voltará a ser cobrado. Eles alegam que a taxa de passagem pela Transamazônica (BR-230), que corta a reserva, é “uma compensação por uso de terra indígena” e uma das únicas formas de sustento da aldeia Marmelo.  A cobrança aos motoristas que trafegam pela rodovia foi suspensa após protestos no último dia 27 de dezembro, quando populares atearam fogo em instalações dos Tenharim.   Leia mais »

Justiça reafirma obrigação da União de garantir segurança ao povo Tenharim

Funai apresentou pedido de reconsideração da decisão liminar concedida em 28 de dezembro e Justiça Federal negou o pedido, reafirmando a decisão anterior  Leia mais »