AM – Prefeito decreta situação de emergência em Manaus

Prefeitura de Manaus já tem o levantamento completo dos prováveis prejuízos da enchente deste ano. Pelos cálculos feitos pela Defesa Civil Municipal, cerca de 3,6 mil famílias sofrerão  com a subida do nível da água do rio Negro.

O Prefeito Amazonino Mendes assinou, na tarde desta sexta-feira (27), o decreto que declara como situação de emergência o Município de Manaus. O documento estará publicado do Diário Oficial do Município (DOM) e autoriza a Subsecretaria Municipal de Defesa Civil (SUBDEC) a desencadear o “Plano Emergencial de Resposta aos Desastres”. Continuar lendo AM – Prefeito decreta situação de emergência em Manaus

Cheia dos rios deve colocar mais 31 municípios do AM em estado de emergência

A informação foi confirmada pela Defesa Civil do Estado. Já nesta segunda (16), o município de Anamã (a 165 quilômetros de Manaus), deve anunciar o decreto de emergência. Em Caapiranga (a 134 quilômetros de Manaus), a previsão é de que em 15 dias o município deverá ser todo afetado pela enchente que já castiga a zona rural. Continuar lendo Cheia dos rios deve colocar mais 31 municípios do AM em estado de emergência

Cheia do rio Negro será a terceira maior da história no AM, prevê CPRM

Informação foi divulgada durante o primeiro alerta de cheia de 2012. No interior do Estado, 19 municípios decretaram situação de emergência.

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM), em Manaus, prevê que o rio Negro alcance este ano o nível médio de 29,51 metros e registre a terceira maior cheia desde 1903, ficando atrás dos níveis registrados em 2009 (29,77m) e 1953 (29,69m). A informação foi divulgada nesta segunda-feira (2) pelo superintendente regional do CPRM, Marco Antônio Oliveira, durante o primeiro alerta de cheia, direcionado a técnicos que atuam com saúde pública, defesa civil e ações humanitárias. Continuar lendo Cheia do rio Negro será a terceira maior da história no AM, prevê CPRM

Amazonas terá R$ 88 milhões para atender vítimas da enchente no interior

O Governo Federal repassará R$ 78 milhões para combater as enchentes no Amazonas. Deste montante, R$ 8 milhões serão utilizados diretamente em ações emergenciais da Defesa Civil estadual. Este esforço emergencial também receberá o aporte de R$ 6 milhões do Governo do Estado. Continuar lendo Amazonas terá R$ 88 milhões para atender vítimas da enchente no interior

Sobe para 15 municípios em situação de emergência no AM

Subiu para 15 o número de municípios afetados pelas enchentes no Amazonas, de acordo com informações divulgadas pela Defesa Civil do Estado nesta terça-feira (27). Já são mais de 23 mil famílias afetadas.

Os municípios de Benjamim Constant, Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença e Tabatinga, na região do Alto Solimões, decretaram estado de emergência em função das enchentes dos rios Juruá, Purus e Alto Solimões, segundo a Defesa Civil.

Municípios situados nas calhas de outros rios amazônicos também vêm sofrendo os efeitos das cheias e são alvos de ações de Defesa Cívil.

A assessoria de imprensa da Defesa Civil do Estado do Amazonas afirma que o órgão já prepara socorro para as famílias sendo que, do total, 11 municípios já contam com a ajuda humanitária do Governo do Estado, por meio do Subcomando de Ações de Defesa Civil-Subcomadec.

Enchente: Defesa Civil prevê emergência para 28 municípios no Amazonas

Santa Izabel do Rio Negro é o município que está mais próximo de superar a cheia recorde registrada em 2009.

O Amazonas se prepara para viver mais uma grande cheia dos rios no estado. Até esta sexta-feira (16), dez municípios já decretaram estado de emergência . A Defesa Civil do Amazonas, junto aos órgãos competentes, já estruturam as ações que deverão ser realizadas diante do quadro. Continuar lendo Enchente: Defesa Civil prevê emergência para 28 municípios no Amazonas

Estudo prevê cheia severa no Amazonas em 2012

Segundo especialistas, a previsão de cheia deste ano está 10 cm abaixo da maior cheia já registrada em 2009 com 29,77m.

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) em parceria com o Instituto Max Planck de Química (MPIC) a cheia deste ano será das mais severas já registradas no Amazonas, com média prevista para 29,67m (margem de erro de 29,29-30,05 m), apenas 10 cm abaixo que a maior cheia já registra em 2009 (29,77m). Continuar lendo Estudo prevê cheia severa no Amazonas em 2012

“Estado de alerta” é decretado em 35 municípios do AM

A Associação Amazonense de Municípios (AAM) divulgou, na tarde desta segunda-feira (5), que subiu para 35 os municípios em estado de alerta para os riscos de enchente e outros problemas ocasionados pela subida das águas. Apesar disso, a Defesa Civil do Estado confirma apenas oito cidades onde o laudo de anormalidade foi comprovado. Continuar lendo “Estado de alerta” é decretado em 35 municípios do AM

La Niña provoca chuvas nas Amazônia boliviana

 
Ruas alagadas de Cobija, Bolívia. (Crédito: ABI)

O fenômeno meteorológico La Niña tem assolado a região amazônica da Bolívia. Chuvas intensas inundaram rios e afetaram diversas comunidades. Segundo o vice-ministro de Defesa Civil da Bolívia, Oscar Cabrera, “há quarenta anos não se registravam chuvas de tanto impacto na região com as consequências que estamos vendo hoje”. Continuar lendo La Niña provoca chuvas nas Amazônia boliviana

Afeam descarta anistia a afetados pelas cheias no Juruá

Subida do nível do rio ocasionou situação de emergência em toda a calha.

Técnicos da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) finalizaram nesta semana a primeira etapa das Ações Itinerantes de Crédito (AIC’s) de 2012. Os trabalhos realizaram 541 operações de financiamento na calha do Juruá, totalizando R$ 2.049.039,36. Para os beneficiados, o órgão descartou a possibilidade de uma anistia futura aos produtores afetados pela cheia ba região. Continuar lendo Afeam descarta anistia a afetados pelas cheias no Juruá

Crecida de los ríos amenaza a poblaciones rurales de Pando

 

Mientras las aguas bajan en el norte de Pando, en particular en su capital Cobija, unas 23 comunidades del área rural en el sur del departamento comienzan a sentir los efectos de las inundaciones por la crecida de los ríos Manuripi, Tahuamanu y Madre de Dios. Unas 630 familias campesinas, unas 2.200 personas, están afectadas por las inundaciones. Demandan más ayuda y la construcción urgente de defensivos para evitar los desbordes.

Cinco municipios fueron los más afectados por las inundaciones en Pando: Bolpebra, Cobija, Bella Flor, Porvenir y una parte de Filadelfia.Un total de 1.200 familias resultaron damnificadas por las riadas en las áreas urbanas, lo que lleva a un total de casi 5.000 personas afectadas. Continuar lendo Crecida de los ríos amenaza a poblaciones rurales de Pando

Nível do Rio Acre baixa, mas Rio Juruá sobe e preocupa

As enchentes no Acre voltam a preocupar, apesar de o nível do Rio Acre continuar baixando e já marcar 16,04 metros, ultrapassando em 2,04 metros a sua cota de transbordamento. Nesta quarta-feira o nível do Rio Juruá está subindo, o que aumentou o número de pessoas atingidas pelas cheias no Acre, de 133.290 mil para 143.096 mil pessoas, sendo que 8.286 mil estão em abrigos públicos. Continuar lendo Nível do Rio Acre baixa, mas Rio Juruá sobe e preocupa

Doenças já preocupam autoridades de municípios atingidos pela cheia do rio Juruá no Amazonas

Casos de dengue. malária e hepatite começam a preocupar autoridades locais; subida do nível do rio continua.

A cheia do rio Juruá já castiga centenas de famílias do Município de Eirunepé (a 1.160 quilômetros de Manaus), em um universo de mais de 30 mil habitantes. Casos de dengue, malária e hepatite começam a se tornar cada vez mais frequentes na população por conta das condições da água que invadiu as casas e não para de subir. A cheia inesperada do rio também obrigou o município a suspender as aulas nas escolas, que também estão alagadas. Apesar da situação crítica na cidade, o quadro mais preocupante ocorre na zona rural, onde a população foi mais atingida. Continuar lendo Doenças já preocupam autoridades de municípios atingidos pela cheia do rio Juruá no Amazonas