UFPA inicia levantamento cartográfico do quilombo Igarapé Preto em Oeiras do Pará

Equipes interdisciplinares da Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica do Pará e lideranças das Comunidades Quilombola do Igarapé Preto, localizado em Oeiras do Pará, iniciam nesta quinta-feira, 14, com o uso das tecnologias sociais do RTK e de drone, o levantamento da base cartográfica do território que fica 344 km de Belém pela PA-151. A comunidade está localizada na Região do Baixo Tocantins e faz fronteira com o município de Baião, sendo cortada pela Rodovia BR 422, Transcametá.

Continuar lendo UFPA inicia levantamento cartográfico do quilombo Igarapé Preto em Oeiras do Pará

Comunidade Quilombola de Igarapé Preto debate pertencimento, desenvolvimento e economia solidária

A Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará (CRF-UFPA) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica do Estado do Pará (Sectet) realizam, entre 10 e 17 de julho, a Oficina Pertencimento, Desenvolvimento Comunitário e Economia Solidária na Comunidade Quilombola de Igarapé Preto.

Continuar lendo Comunidade Quilombola de Igarapé Preto debate pertencimento, desenvolvimento e economia solidária

ANA reúne sala de crise para discutir cheia do Rio Tocantins

A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realiza, às 15 horas de hoje (6), a segunda reunião da sala de crise instituída para monitorar a alta do nível de cursos d’água da Bacia do Rio Tocantins.

Foto: Corpo de Bombeiros – Governo do Tocantins – Postada em: Agência Brasil

Continuar lendo ANA reúne sala de crise para discutir cheia do Rio Tocantins

Hidrelétrica de Marabá ameaça peixes endêmicos da Amazônia

Pesquisa do Museu Goeldi assinala que espécies exclusivas dos rios Tocantins e Araguaia serão radicalmente afetadas pelo empreendimento que já está licenciado.  Continuar lendo Hidrelétrica de Marabá ameaça peixes endêmicos da Amazônia

Rio Tocantins chega ao nível mais baixo dos dois últimos meses

Na região de Tocantínia e Miracema do Tocantins a seca e a falta de chuva tem causado ilhas no leito do Rio Tocantins. 

Continuar lendo Rio Tocantins chega ao nível mais baixo dos dois últimos meses

Botos aparecem mortos no Rio Tocantins em Marabá – PA

Integrantes do Movimento Educacional pela Preservação da Amazônia (Mepa) e pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA) investigam a causa da morte de botos no rio Tocantins,em Marabá. Paraevitar mais mortes, os profissionais percorrem o leito do rio Tocantins toda semana desenvolvendo um trabalho de educação ambiental junto aos ribeirinhos.

Continuar lendo Botos aparecem mortos no Rio Tocantins em Marabá – PA

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com