Garimpeiros incendeiam UBS indígena em resposta a operação, diz associação

Desde o último dia 21, agentes das instituições estão no território indígena para promover a terceira fase da operação Guardiões do Bioma

Associação yanomami divulgou imagens do incêndio (Foto: UAY) – Postada em: Folha de Boa Vista

Garimpeiros incendiaram a Unidade Básica de Saúde Indígena (UBSI) de Homoxi, na Terra Indígena Yanomami em Roraima, nessa terça-feira (6). A denúncia foi feita pela Urihi Associação Yanomami, em nota divulgada nas redes sociais.

A Urihi disse acreditar que a ação é uma forma de retaliar a operação realizada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis) na segunda-feira (5), na região. Desde o último dia 21, agentes das instituições estão no território indígena para promover a terceira fase da operação Guardiões do Bioma.

Desde setembro de 2021, a UBSI está fechada, pois profissionais de saúde estariam sofrendo ameaças de garimpeiros da região. Segundo a Urihi, 700 yanomami estão sem atendimento. Em março deste ano, um vídeo enviado à Folha mostra o pedido de indígenas pelo retorno da saúde na localidade.

ÍNTEGRA DISPONÍVEL EM: FOLHA DE BOA VISTA 

Relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: