Presença de grileiros na terra Yanomami causa tensão entre os indígenas

A degradação da Terra Indígena Yanomami aumentou de dois para três mil hectares entre 2020 e 2021.

Terra Indígena Yanomami (Leonardo Prado / PG / Fotos Públicas / 2015) – Republicação gratuita, desde que citada a fonte. AGÊNCIA CENARIUM Copyright © AGÊNCIA CENARIUM

Localizada entre o Amazonas e Roraima, o espaço abriga 363 aldeias e é alvo também de grilagem, desmatamento e exploração ilegal de madeira.

São quase 30 mil indígenas.

Os garimpeiros já são 20 mil. A estimativa é da Hutukara Associação Yanomami, entidade que representa as comunidades da região.

O risco de um conflito direto entre os indígenas e os invasores é iminente.

Os povos originários se dizem aterrorizados.

PUBLICADO POR: JORNAL DA CULTURA –  #JornalDaCultura #JC 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: