Comitiva da Funai realiza visita técnica a unidade descentralizada no estado do Amapá

Uma comitiva da Fundação Nacional do Índio (Funai), composta pelas três diretorias do órgão, realizou uma visita técnica à Coordenação Regional (CR) do Amapá e Norte do Pará, unidade descentralizada da Funai localizada em Macapá (AP). O objetivo foi levantar as principais demandas da unidade e discutir melhorias nas áreas administrativa e finalística.

Foto: Divulgação/Funai

A ação, que ocorreu entre os dias 8 e 10 de setembro, contou com a participação do diretor de Proteção Territorial, Cesar Augusto Martinez; do diretor de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável, Cleber Abreu Borges; e do diretor de Administração e Gestão substituto, Paulo Henrique de Andrade. Participaram também a coordenadora de Legislação de Pessoal, Tatiane Michelon, e o servidor da Diretoria de Proteção Territorial José Henrique Rosa.

A comitiva visitou as dependências da unidade e se reuniu com o coordenador da CR Amapá e Norte do Pará, Ilton Lima da Silva, e com chefes de Divisão e de Serviços da regional, a fim de identificar pontos mais urgentes e relevantes para atenção e aprimoramento, bem como uniformizar práticas e reforçar a padronização de procedimentos, processos e metodologias, com foco na otimização do trabalho e no alinhamento institucional.

A viagem faz parte da série de visitas técnicas realizada pela Funai junto a unidades em todo o país. Com início em 2020, a série já contemplou, além da CR Amapá/Norte do Pará, outras cinco Coordenações Regionais: Centro Leste do ParáAlto Solimões, Vale do Javari, Roraima Maranhão. Segundo Paulo Henrique de Andrade, a ideia é promover de uma a duas visitas técnicas por mês.

“O objetivo das visitas é fazer um diagnóstico da real situação das unidades, para, a partir daí, pensar políticas e estratégias de intervenção a curto, médio e longo prazo, que não sejam divorciadas da realidade”, ressalta Andrade. “Esta foi a sexta visita da série, mas a segunda em que contamos com representantes das três Diretorias da Funai, em especial a presença dos diretores de cada uma, o que demonstra o engajamento da alta gestão da Funai em busca de melhorias para as descentralizadas”, destaca.

“Fazendo uma analogia e paródia com a ciência, podemos dizer que o Gestor (pesquisador) é como um camaleão, que deve mudar suas cores de acordo com os solos (realidades) cambiantes em que pisa”, comenta o diretor de Administração e Gestão substituto.

Andrade destaca também outro aspecto importante das visitas. “Elas são fundamentais para promover uma maior integração e proximidade entre as unidades descentralizadas e a Sede da fundação. A partir das visitas, podemos verificar in loco, por exemplo, a situação de efetivo de pessoal, as condições de trabalho dos servidores e as questões envolvendo estrutura física das unidades. Dessa forma, as melhorias serão pensadas considerando as particularidades e a realidade de cada local”, reforça.

Visita à Superintendência da Polícia Federal

A comitiva da Funai também realizou uma visita institucional à Superintendência Regional da Policia Federal (PF) no Amapá. A equipe foi recebida pelo superintendente da PF no estado, Anderson Bichara. “Na reunião foram discutidos os ajustes nos protocolos de intercâmbio de informações entre as instituições, a colaboração nas atividades de fiscalização em Terras Indígenas e o apoio em atividades administrativas que dependem da autorização da PF para sua execução”, relatou o diretor Cesar Augusto Martinez. Na ocasião, ocorreu ainda a apresentação formal do coordenador da Funai em Macapá ao superintendente da PF no estado do Amapá.

Assessoria de Comunicação/Funai

PUBLICADO POR:  FUNAI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*