Militar que ameaçou ‘meter fogo’ em indígenas no AM é demitido da Funai

O Ministério da Justiça exonerou o coordenador da Funai no Vale do Javari, no Amazonas, Henry Charles Lima da Silva, que havia incentivado o povo marubo a “meter fogo” em indígenas que vivem isolados na região do município de Atalaia do Norte (AM), a 1.140 quilômetros de Manaus.

A demissão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (9).

No dia 23 de junho deste ano, o tenente da reserva do Exército incentivou o conflito entre os indígenas.

“Eu vou entrar em contato com o pessoal da frente [de proteção etnoambiental] e pressionar: ‘Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados’”, afirmou ele na ocasião.

Iram Alfaia, do BNC Amazonas em Brasília

ÍNTEGRA DISPONÍVEL EM:  BNC AMAZONAS 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*