Webinar IGVB – Brasil 2022: 200 Anos de Independência

A terceira edição do Webinar IGVB – Brasil 2022: 200 Anos de Independência acontece nos dias 17, 18 e 19 de novembro, a partir das 14h. Com mediação do jornalista Alexandre Garcia e participação on-line do General Villas Bôas, os encontros serão transmitidos pelo Zoom, página do IGVB no Facebook e, pela primeira vez, diretamente pelo canal do Instituto General Villas Bôas no Youtube

Na pauta desta edição estão assuntos como: tecnologia, uso de recursos naturais renováveis, ocupação do espaço territorial, conservação ambiental, questão mineral e a Amazônia e o futuro do Brasil.

O evento encerra a série de webinars sobre o tema: “Uma moderna visão da plataforma geopolítica da Amazônia e as ações estratégicas para a defesa dos interesses nacionais na questão ambiental”, que começou em agosto. Ao final, todos os encontros irão culminar num e-book, a ser disponibilizado em www.igvb.org.

Nesta edição, a abertura será do Ministro Marcos Pontes, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), seguido pelo Secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI, Dr Marcelo Morales, e pelo Prof Dr José Seixas Lourenço, Diretor Presidente da BioTec-Amazônia. No segundo dia, Alexandre Garcia conversa com o pesquisador Evaristo de Miranda, Chefe Geral da Embrapa Territorial, e José Altino Machado, jornalista e minerador. No terceiro dia, o encontro começa com o ex-ministro Aldo Rebelo e o General Heleno, Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, que fará a palestra de encerramento.

A programação será transmitida via Zoom aos inscritos aqui no site. Os participantes da sala na plataforma também podem enviar perguntas aos palestrantes.

As discussões do Webinar também vão resultar em um e-book com os temas abordados, a serem disponibilizados aqui no site do Instituto General Villas Bôas.

PUBLICADO EM:  IGVB – INSTITUTO GENERAL VILLAS BÔAS 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*