Saúde Indígena atuação na Amazônia

Secretaria Especial de Saúde Indígena – SESAI – do Ministério da Saúde está atuando no atendimento aos indígenas em todo o País. Atividades desenvolvidas no Alto Rio Juruá, no Amazonas e na região de Altamira/PA.

DSEI Alto Rio Juruá cuidando da saúde bucal de gestantes e bebês

Mães e gestantes indígenas foram o alvo de mais uma ação de saúde realizada pelo DSEI Alto Rio Juruá. O objetivo foi orientar as mulheres sobre os cuidados necessários com a própria saúde bucal e alimentação, especialmente no período da gestação.

O trabalho também envolveu os cuidados com as gengivas e os dentes dos bebês.

As mulheres da etnia Noke Koi (katukina) receberam informações sobre como garantir que os filhos tenham uma boca saudável no futuro.

Evento reúne coordenadores dos DSEI do Amazonas para discutir estratégias de enfrentamento a malária

Em um momento histórico, os coordenadores dos 10 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que estão localizados em territórios de abrangência do estado do Amazonas, se reuniram para discutir estratégias de enfrentamento da malária na saúde indígena.

Foram debatidos dados e estratégias para a diminuição e eliminação da doença. Entre o planejamento está a ampliação do diagnóstico em área e investir em educação em saúde. A Secretária Especial de Saúde Indígena Substituta, Luana Vasconcelos, afirmou que o Plano de Enfrentamento da Malária é uma prioridade da SESAI. “Quero ressaltar a importância desse momento de sentarmos aqui e discutir o assunto.

A saúde indígena se faz assim: conversando”, destacou. Como apresentação de um caso de sucesso, o coordenador do DSEI Alto Rio Solimões, Weydson Pereira, apresentou a sua experiência à frente do Distrito, que o ajudou a diminuir em 70% os casos de malária em seu território. As ações adotadas pelo DSEI Alto Rio Solimões renderam o prêmio internacional “Campeões Contra a Malária nas Américas” pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), em Washington, nos Estados Unidos.

Secretário realiza reunião com áreas técnicas do DSEI Altamira e conversa com lideranças indígenas

Alinhamento de equipe é uma atividade essencial para que um bom trabalho seja realizado. Na saúde indígena não é diferente. Como de praxe, o Secretário da SESAI, Reginaldo Ramos Machado, se reuniu com as áreas técnicas do DSEI Altamira para acompanhar de perto os indicadores da saúde da atenção primária.

O Secretário explicou para os colaboradores sobre o foco de trabalho da SESAI nos determinantes ambientais. “A água afeta todos os indicadores de saúde e uma água boa resolve muita coisa”, comentou.

O Secretário ressaltou, ainda, a importância de mudar o pensamento da equipe e enfatizou que todos devem estar motivados para transformarem a realidade das aldeias. “ Um cacique me dizer que ainda não tem água na aldeia é um absurdo. A gente tem que mudar e trazer essa reivindicação como uma responsabilidade nossa e buscar mudar isso na realidade das aldeias”, concluiu.

Durante a reunião, ainda foram apresentados os dados da ação SESAI Mais Saúde Indígena, em parceria com a organização não governamental (ONG) Renovatio. Entre os dias 1º e 7 de junho, 653 indígenas receberam atendimento médico com consultas oftalmológicas, odontológicas, atendimento farmacêutico, avaliação nutricional, atendimento psicológico e vacinação. A ONG Renovatio também distribuiu 252 óculos de grau para aqueles pacientes que necessitam.

A reunião foi acompanhada por lideranças que agradeceram a presença do Secretário ao observar de perto a realidade do DSEI Altamira.

Ação SESAI Mais Saúde Indígena realiza 653 atendimentos no DSEI Altamira

A alegria de conseguir enxergar o que está no papel fez parte da realidade dos indígenas das aldeias Pàt-Krô, Paquiçamba e Boa Vista, no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Altamira. Entre os dias 1º e 7 de junho, a ação SESAI Mais Saúde Indígena, em parceria com a ONG Renovatio, atendeu 653 indígenas.

Foram ofertados atendimentos médicos com consultas oftalmológicas, odontológicas, atendimento farmacêutico, avaliação nutricional, atendimento psicológico e vacinação.

A ONG Renovatio também distribuiu 252 óculos de grau para aqueles pacientes que necessitam. A ação foi acompanhada pelo Secretário da SESAI, Reginaldo Ramos Machado, que fez questão de realizar os mesmos exames que foram ofertados para os indígenas, como de acuidade visual, retinografia, refração e auto refrator. As mulheres das aldeias que se consultaram com ginecologista, realizaram também exame de coleta de PCCU, conhecido como Papanicolau.

DSEI Altamira secretário se reúne com lideranças na aldeia Ita’aka 

Ir em aldeia é vivenciar de perto o trabalho diário da Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena (EMSI) e dos profissionais barqueiros, além de conhecer as demandas das comunidades in loco.

Ontem (8/06), o Secretário da SESAI, Reginaldo Ramos Machado, percorreu 2h40 de voadeira pelo Rio Xingu para se reunir com lideranças da aldeia Ita’aka, da rota Xingu. A comunidade do povo Assurini é, relativamente, nova e é composta por 22 famílias.

Durante a conversa com as lideranças, o Secretário ouviu as demandas dos indígenas e explicou sobre a preocupação da SESAI em aprimorar o atendimento de saúde e a distribuição de água de qualidade.

“Viemos conhecer a realidade. O que tem de bom e o que podemos melhorar. A saúde indígena já avançou bastante, mas ainda há muita coisa a se fazer”, explicou o Secretário.

A visita contou com a participação do Diretor do Departamento de Atenção à Saúde Indígena (DASI), Ernani Gomes, e do representante do Departamento de Determinantes Ambientais (DEAMB), Wellington Sambrelly.

O Diretor Ernani explicou sobre o uso racional do combustível para os atendimentos de saúde e o representante do DEAMB conferiu as instalações da Unidade Básica de Saúde Indígena (UBSI), do sistema abde de abastecimento de água e do alojamento dos profissionais de saúde. Ainda, verificou a situação do tratamento dos resíduos sólidos.

Após a conversa, o Secretário andou pela aldeia, conheceu a UBSI, a escola, a Associação Indígena Juakete do Rio Xingu e a Casa Grande, também conhecida como Taviva.

A Casa Grande é uma oca para homenagear os indígenas que já faleceram. “Quando alguém morre, não podemos mais chamar pelo nome para não machucar a família”, explicou o Agente Indígena de Saneamento (AISAN), Tukura Assurini.

Ao fim da visita, o Secretário foi homenageado pelo Cacique Okara e almoçou com os indígenas.

Secretário da SESAI visita a atual CASAI de Altamira e conhece a área em que a nova sede será construída

Dando continuidade à visita ao DSEI Altamira, o Secretário da SESAI, Reginaldo Ramos Machado, visitou a sede atual da Casa de Saúde Indígena (CASAI), conversou com funcionários e conheceu as instalações.

Atualmente, a CASAI de Altamira conta com 44 indígenas e 95 acompanhantes acolhidos. O Secretário recomendou que se faça um matriciamento em área para reduzir o número excessivo de acompanhantes. “É importante que respeitemos as normativas exigentes para que não faltem recursos para a saúde”, explicou.

O Secretário andou pelos alojamentos dos pacientes, que são divididos por etnias, e conversou com os indígenas.

Após a visita, o Secretário foi convidado a conhecer a área onde serão as novas sedes da CASAI e do DSEI.

Os terrenos fazem parte das condicionantes do Plano Básico Ambiental (PBA) da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

A representante da Norte Energia S/A, Nina Fassarella, explicou que o projeto da nova CASAI está em fase de contratação. Com o projeto em mãos, a empresa terá 90 dias para aprová-lo junto ao DSEI e, após a aprovação, a Norte Energia terá mais 90 dias para contratar quem executará a obra.

Já em relação à área do novo DSEI, a Norte Energia explicou que aguarda a liberação por parte do Ibama.

Parceria com a Norte Energia para a realização da ação SESAI Mais Saúde Indígena

A ação SESAI Mais Saúde Indígena, no DSEI Altamira, foi um sucesso graças a grandes parceiros que apoiam a Saúde Indígena.

O Secretário da SESAI, Reginaldo Ramos Machado, agradeceu pessoalmente o apoio que a empresa Norte Energia S/A forneceu ao DSEI Altamira.

Nessa ação, em específico, a empresa colaborou com o apoio logístico e alimentício, mas a coordenadora do DSEI, Francinere da Costa, ressaltou que a empresa é uma parceira em diversos projetos.

FONTE: SESAI – SAÚDE INDÍGENA   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: