Etnias Xipaya, Xikrin e Asurini ganham cartilha de prevenção à COVID-19

Quando o assunto é COVID-19, as informações precisam ser claras. Pensando nisso, o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Altamira produziu novas cartilhas da série ´COVID 19: orientações para povos indígenas´ para as etnias Xipaya, Xikrin e Asurini.

“A cartilha possui um material didático e ilustrativo que mostram as principais formas de prevenção do coronavírus no contexto indígena”, explica a enfermeira Tayane Moura Martins, autora principal das peças, em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA).

As cartilhas são destinadas aos indígenas de 10 etnias e também servem de instrumento de educação em saúde facilitada pelas Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI).

As cartilhas estão sendo distribuídas de forma eletrônica para os Polos Base e, assim que impressas, serão entregues de forma física nas aldeias e Polos Base. Todo o conteúdo está de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Atualmente, a cartilha ´COVID 19: orientações para povos indígenas´ está disponível em 7 dialetos e há projetos para a execução de novas versões em mais dialetos da região do médio Xingu.

Cartilha    

A obra apresenta um conteúdo ilustrado com textos de fácil entendimento, que buscam esclarecer questões como: o que é o coronavírus, como se pega, o que a pessoa sente, como se proteger, formas de afastamento (isolamento social, quarentena, distanciamento social) e seus conceitos.

As cartilhas podem ser encontradas na seção “Publicações”.

PUBLICADO EM:     SAÚDE INDÍGENA    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*