Começa o 1º Festival Internacional de Cinema Indígena da Amazônia

Mostrar a realidade dos povos indígenas para o mundo, a partir de uma produção audiovisual feita por eles mesmos. Essa é uma das ideias que levou a produtora Jazz Mota a criar o Primeiro Festival Internacional de Cinema Indígena da Amazônia. O circuito passa por Belém, no Pará, no formato presencial, mas também tem uma extensa programação de filmes indígenas disponíveis online até o dia 31 de outubro.

Reprodução Internet

As inscrições para a mostra ficaram abertas por 1 ano e 8 meses e reuniu 100 filmes de todos os nove países por onde se estende a Floresta Amazônica. Mas também inclui produções de povos de outros países, como Nepal e Rússia.

Jazz Mota conta que a iniciativa surgiu durante a pandemia de Covid-19, quando ela fazia um mestrado na Itália. Lá, vivenciou como as pessoas desconheciam a Amazônia.

Além da mostra de cinema, o projeto conta com um Fundo Cinematográfico, para angariar recursos para comunidades indígenas, para ações como levar painéis solares e conexão com a internet. Também tem um espaço para artesãos e artistas mostrarem seus trabalhos, e uma plataforma de educação online, para ensinar técnicas de produção cultural e cinematográfica.

Para participar de tudo isso, basta acessar o site e fazer um cadastro gratuito na plataforma avaamazonia.com.

PUBLICADO POR: Começa o 1º Festival Internacional de Cinema Indígena da Amazônia | Radioagência Nacional (ebc.com.br)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: