Suspeito de atuar em garimpo ilegal em terra Yanomami é preso em Roraima

Polícia Federal prendeu, nesta sexta-feira, um suspeito de atuar na logística de um garimpo ilegal em terra indígena Yanomami.

O homem foi preso em flagrante, em Boa Vista, Roraima, com mais de dois quilos de ouro.  Os policias cumpriam um mandado de busca autorizado pela Justiça Federal. Segundo a PF, o acusado também era dono de um garimpo na região.

O inquérito apura a abertura de pistas clandestinas no município de Alto Alegre. As áreas seriam usadas para garantir as atividades ilícitas relacionadas ao garimpo que ocorria na reserva indígena. A investigação identificou ainda a prática de outros crimes, como atividades clandestinas de radiofonia, transporte irregular de combustível e dos próprios garimpos. As investigações estão em andamento.

O suspeito, que já foi alvo de outras quatro ações da Polícia Federal, possui uma condenação pelo crime de genocídio. A prisão realizada nesta sexta-feira pode lhe render um processo pelo crime de usurpação de patrimônio da União.

O preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Renata Martins – Radioagência Nacional – EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.