Em reunião com Bolsonaro, governadores criticam terras indígenas

Para chefes dos executivos locais, exploração traria mais recursos para o país. Governo apresentou resultados de ações contra queimadas.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se reúne com governadores da Amazônia Legal nesta terça-feira (27/08/2019). O chefe do Palácio do Planalto recebe os mandatários do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e do Maranhão. Durante o encontro, os governadores se queixaram da impossibilidade de exploração em terras indígenas.

O governador de Tocantins, Mauro Calesse (PHS), reclamou da demarcação das terras indígenas. “Não temos condições de produzir e os índios têm milhões e milhões de terras e também estão precisando se desenvolver. Os índios estão vivendo precariamente”, avaliou, ao pedir apoio do Executivo federal.

Sobre os incêndios que atingem a região amazônica há mais de duas semanas, o governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), cobrou investimento para o combate às chamas. “Precisamos de ajuda do governo federal. É um momento difícil que vivemos todo ano”, destacou o correligionário do presidente, ao dizer que os índios não querem “assistencialismo”.

FONTE: METRÓPOLES – https://www.metropoles.com/brasil/politica-br/em-reuniao-com-bolsonaro-governadores-criticam-terras-indigenas 

 

Vídeo com a participação do Governador de Roraima na reunião com o Presidente da República

FONTE: YOUTUBE – https://www.youtube.com/watch?v=tdUf_Kxl4Bc   

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.