DSEI Alto Rio Solimões fala sobre o serviços de emergência indígena SAMUSI

Além das ambulanchas, Distrito conta com mais 52 embarcações para prestação de assistência à saúde nas 229 aldeias da região.

Os quase 70 mil indígenas que vivem na área de abrangência do Distrito Sanitário Especial Indígena Alto Rio Solimões (DSEI ARS) estão contando com o SAMUSI -Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Saúde Indígena, o primeiro no país.

Em entrevista a Rádio Nacional, o coordenador do DSEI, Weydson Pereira, disse que o serviço conta com duas “ambulanchas” equipadas com duas macas fixas e suporte de oxigênio. Elas estão prontas para prestar socorro e resgate de indígenas da região. As “ambulanchas” estão atracadas na sede do DSEI, em Tabatinga (AM), e no polo base de São Paulo de Olivença.

 Ele lembrou ainda que a parceria com o controle social tornou possível a construção de um Plano Distrital de Saúde Indígena factível. “Em dois anos, já alcançamos a maioria das metas pactuadas. Este Plano Distrital da Saúde Indígena (PDSI) com certeza vai entrar para a história da saúde indígena”, apostou. 

Com sede em Tabatinga, o DSEI Alto Rio Solimões abrange 7 municípios do oeste do estado do Amazonas, com uma população de 69.075 indígenas, de 7 etnias, distribuídos em 229 aldeias, localizadas em 32 terras indígenas. A estrutura conta com 12 pólos base e uma Casa de Saúde Indígena, onde atuam 839 trabalhadores, além de 19 profissionais do programa Mais Médicos. Entre os indicadores de saúde da população, destaca-se a cobertura vacinal de crianças menores de cinco anos, 88,6% em 2017, e a cobertura de pré-natal, de 87%, segundo dados do Sistema de Informações da Saúde Indígena.

Boa Noite Solimões

Boa Noite Solimões vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 19h, na Rádio Nacional do Alto Solimões.

FONTE: EBC – Rádio Nacional Alto Solimões

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.