Exército destrói garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami

Garimpo

A 1ª Brigada de Infantaria de Selva, por intermédio do Comando de Fronteira Roraima/7º Batalhão de Infantaria de Selva, realizou nesta quarta-feira, 21, no contexto da Operação Escudo, uma incursão com trinta homens em três helicópteros do Exército, no garimpo do Mutum, no alto do Uraricoera, a noroeste do estado, na região da Terra Indígena Yanomami.

Por ocasião da aproximação das aeronaves foi possível observar a fuga de sete embarcações de pequeno porte, deixando para trás o seguinte material: um motor de popa; uma motoserra; dois geradores; um equipamento rádio comunicador YAESU; um televisor; duas armas de fogo cal 28 / cal 22; quinze facões; um arpão; quatro aparelhos de som; uma roupa de mergulho; quinze carotes vazios de 50 litros; uma grande quantidade de bebidas alcoólicas com quase duas mil latas de cerveja e setenta garrafas de bebidas destiladas.

Na ocasião foram detidas cerca de 60 pessoas, entre homens e mulheres para averiguação e demais procedimentos.

A Operação Escudo foi intensificada desde janeiro e ocorrerá de forma ininterrupta durante todo o ano.

FONTE: RORAIMA EM FOCO

http://www.roraimaemfoco.com/exercito-destroi-garimpo-ilegal-na-terra-indigena-yanomami/

VER MAIS EM:

http://www.folhabv.com.br/noticia/60-pessoas-sao-detidas-em-garimpo-ilegal/37101

http://folhabv.com.br/noticia/Garimpo-ilegal-e-destruido-na-Terra-Indigena-Yanomami/37117

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.