RR – Em protesto à Funai, índios acampam em quadra de escola de Iracema

Aproximadamente 40 índios Yanomami, entre adultos e crianças, estão acampados no ginásio de uma escola estadual na Vila de Campos Novos, município de Iracema, em Roraima, desde o último dia 11. Os indígenas reclamam da falta de apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai) na área da saúde e produção. A Frente de Proteção Yanomami disse ao G1 que o problema está sendo resolvido.

Conforme informações dos próprios indígenas, eles saíram no dia 31 de março da comunidade Maimase, localizada na Missão Catrimani, município de Caracaraí e andaram cerca de dez dias até chegar a Campos Novos. Segundo eles, não há estrutura para escoar a produção e nem assistência médica e por isso fizeram o protesto.

Para chegar a Campos Novos, eles percorreram a Vicinal 2 do projeto Ajarani que, conforme a professora Maria da Silva Mendonça, chega a quase 150 quilômetros de caminhada. A população de Iracema se reuniu e conseguiu doações de comida, roupas e redes para os Yanomami.

No percursso, uma indígena, grávida de dois meses, não aguentou o trajeto e faleceu na estrada. O marido, Josimar Pereira da Silva Yanomami, disse que a mulher tinha 21 anos e não suportou a viagem porque estava  muito debilitada, reclamava de dores e sangrava. Ele disse que ficou muito triste pela morte da esposa e que vai retornar para buscar o corpo e realizar a tradição da cremação na aldeia. Segundo Yanomami, o corpo ficou na estrada em uma cova improvisada.

Outro lado
A Fundação Nacional do Índio (Funai) informou ao G1 que na comunidade Maimase ocorreu um problema de conflitos entre os indígenas e que por isso o relacionamento entre eles estaria complicado.

Segundo  o coordenador da Frente de Proteção Etno-ambiental Yanomami e Yekuana, João Batista Catalano, os indígenas da Maimase teriam matado um indígena da comunidade de Ajarani. Para Catalano, isso teria gerado o conflito e a necessidade do grupo em sair do local.

Ele disse ainda que a volta dos indígenas para a Missão Catrimani já esta sendo providenciada e eles devem retornar ainda hoje (12). Ainda de acordo com Catalano, foi providenciado a compra  dos insumos necessários para suprir a necessidade dos indígenas.

“Já foram adquiridas todas ferramentas que eles necessitam e um carro já foi encaminhado a Campos Novos para providenciar a volta dos indígenas a comunidade de origem”, reforçou o coordenador. Catalano reitera que, a Funai agradece o apoio que a comunidade de Campos Novos deu ao grupo de indígenas.

VER MAIS EM : G1 – http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2013/04/em-protesto-funai-indios-acampam-em-quadra-de-escola-de-iracema-rr.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: