Suiá Missú – Após suspensão de retirada, produtores desbloqueiam rodovias no Norte Araguaia

Após 10 dias de bloqueio as BRs 158, 080 e MT 242 são liberadas. O comunicado da decisão de suspensão da retirada chegou por volta das 20h00 onde havia os bloqueios e imediatamente as rodovias foram liberadas. Não havia mais motivos para o protexto, haja vista que o TRF1 suspendeu a retirada dos ocupantes da área de Suiá Missú.O desembargador Daniel Paes Ribeiro, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), concedeu nesta quinta-feira (13) medida cautelar suspendendo a decisão da Justiça Federal de Mato Grosso que previa a retirada de não índios que moram na área Marãiwatsédé (na gleba Suiá Missú, que fica na região nordeste de Mato Grosso).

A ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) determinou ainda a criação de um grupo de trabalho para discutir a questão. Há uma reunião marcada para a semana que vem, segundo a assessoria do senador Cidinho Santos (PR). A desintrusão estava prevista para o dia 1° de outubro.

Ontem,em reunião no Palácio do Planalto, parlamentares de Mato Grosso e um grupo de moradores tentaram sensibilizar representantes do governo federal em relação à decisão da Justiça Federal. Moradores também protestaram em frente ao Palácio do Planalto e ao tribunal.

De acordo com o advogado Luiz Alfredo Feresin de Abreu, da Associação dos Produtores Rurais da área Suiá-Missú, em Alto Boa Vista e São Félix do Araguaia, o desembargador entendeu que não seria o momento ideal para o cumprimento da decisão, considerando que há vários recursos em tramitação nos tribunais superiores. O processo em questão está sob segredo de Justiça.

A expectativa dos não índios é que o decreto que demarcou a área indígena seja cancelado. E, segundo o advogado, isso deve acontecer após a comprovação — por meio da veracidade de um mapa — de que houve deslocamento de área (na demarcação da terra indígena).

FONTE  :  http://www.aguaboanews.com.br/portal/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*