Brigada das Missões apreendeu mais de 3,5 toneladas de drogas na fronteira em 2022

Vila Bittencourt (AM) – A 16ª Brigada de Infantaria de Selva, em cumprimento às suas atribuições, emprega rotineiramente seus Pelotões Especiais de Fronteira em atividades de reconhecimento, vigilância e monitoramento da faixa de fronteira sob sua responsabilidade. A constante mobilidade de tropas na região marca a presença soberana do Brasil em seus limites, garantindo a inviolabilidade e a integridade do território.

As ações de combate a crimes transfronteiriços e ambientais cooperam ativamente para a preservação do patrimônio biocultural da Amazônia, além de impactar positivamente a segurança pública nos grandes centros urbanos, resultado direto do combate ao narcotráfico. Como resultado, a Brigada conseguiu apreender mais de 3,5 toneladas de entorpecentes ao longo do ano de 2022.

O Comando de Fronteira Solimões / 8º Batalhão de Infantaria de Selva (CFSol / 8º BIS) é a Unidade Operacional da “Brigada das Missões” que enquadra quatro Pelotões Especiais de Fronteira. Sediado na cidade de Tabatinga-AM, o “Batalhão Forte São Francisco Xavier” herdou a missão da instalação militar do período colonial que lhe dá sua designação histórica, a saber, a demarcação da fronteira noroeste do Brasil e a defesa do território.

O Comando desdobra seus Pelotões Especiais de Fronteira nas seguintes localidades: Palmeiras do Javari, Ipiranga, Vila Bittencourt e Estirão do Equador. Esses militares exercem diuturnamente a função de “sentinelas da pátria”, seja pelo compromisso com a sua missão, seja pela austeridade de sua conduta coercitiva e dissuasória.

Somente em 2022, o 3º Pelotão Especial de Fronteira (3º PEF), sediado na localidade de Vila Bittencourt, município de Japurá – AM, realizou a apreensão de mais de 3,5 toneladas de “skunk”, droga que carrega o mesmo princípio ativo da maconha e de maior poder entorpecente. Ressalta-se a mais recente apreensão, realizada no dia 7 de dezembro de 2022. Por volta das 03:00h, militares da força de pronta-resposta do 17º Batalhão de Infantaria de Selva realizaram a apreensão de 941 kg da droga. Na ocasião os militares mobilizavam um Posto de Bloqueio e Controle de vias Fluviais, e se valeram de equipamentos óticos para identificação das embarcações que transportavam a droga.

A 16ª Brigada de Infantaria de Selva reforça a legalidade de suas ações na faixa de fronteira. Esclarece, também, que o material apreendido é encaminhado à Polícia Federal, agência de grande importância para o cumprimento da missão constitucional do Exército Brasileiro na faixa de fronteira.

Fonte: 8º BIS

PUBLICADO EM: NOTICIÁRIO DO EXÉRCITO 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: