PF prende garimpeiro ilegal em Terra Indígena Kayapó

São Felix do Xingu/PA – A Polícia Federal prendeu uma pessoa em flagrante e apreendeu escavadeira hidráulica, mercúrio, arma, munições, uma camionete e uma moto, no sábado (17/12). Com apoio da Funai, a operação combate a extração ilegal de minérios e crimes ambientais na Terra Indígena Kayapó, no município de São Felix do Xingu/PA.

Foto postada em: Polícia Federal DPF

A incursão na Terra Indígena ocorreu por via terrestre, mas devido às chuvas que caem na região nesse mês de dezembro – e especialmente ao temporal da noite anterior – a estrada ficou intrafegável. Alagamentos e a subida do nível de um rio, a cerca de quatro quilômetros da área do garimpo, impossibilitaram às equipes chegarem ao local alvo da ação policial.

Entretanto, na metade do caminho, os policiais flagraram uma camionete atolada, usada pelo garimpo ilegal. O veículo transportava uma moto tipo cross, apetrechos usados para manutenção de escavadeiras hidráulicas, dois frascos de mercúrio metálico e uma pistola calibre 22, carregada com 15 munições. Também havia documentos que indicavam a atuação na atividade de garimpo.

O motorista do veículo foi preso em flagrante e os bens apreendidos e apresentados na Delegacia de Polícia Federal em Redenção, local onde foi autuado por crimes contra o meio ambiente e invasão de terra da União.

No retorno das equipes, ainda houve a apreensão de uma escavadeira hidráulica, que estava no limite da Terra Indígena, com sinais de que a máquina havia sido retirada recentemente da área.

A operação foi motivada por denúncias recebidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, de que teria havia ocorrido a reativação das atividades minerárias ilegais em um garimpo clandestino de ouro em uma área isolada da Terra Indígena Kayapó, a cerca de 160 quilômetros da cidade de São Felix do Xingu, que já havia sido fechado no mês de maio deste ano em outra operação da Polícia Federal.

A retomada das atividades minerárias ilegais estaria gerando descontentamento entre os indígenas das aldeias próximas, havendo risco de intervenção dos indígenas e confronto com os garimpeiros.

O autuado também está sendo investigado por sua participação na extração ilegal de minério de ouro na Terra Indígena Kayapó, podendo vir a responder por usurpação de bens da União e extração de recursos naturais sem autorização.

A atividade minerária ilegal representa risco à saúde dos trabalhadores pelo uso indiscriminado de mercúrio, polui rios e causa danos irreparáveis à fauna e flora do local atingido.

Comunicação Social da Polícia Federal em Redenção/PA – DPF – POLÍCIA FEDERAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: