PF combate o tráfico de armas para garimpeiros na Terra Indígena Ianomâmi

Um homem foi preso em fábrica ilegal com armas, munições e insumos para a venda e fabricação de armas de fogo

Foto: Polícia Federal DPF

Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (8/2) a Operação AURUM, com o objetivo de investigar um esquema de tráfico de armas que abastecem garimpos ilegais na Terra Indígena Ianomami.

Policiais Federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão em Boa Vista/RR, expedidos pela 4ª Vara Federal criminal da Seção Judiciária de Roraima, após manifestação favorável do MPF.

Durante o cumprimento dos mandados, o suspeito foi preso em flagrante com 5 armas de fogo, tambores para revólveres e diversos materiais para fabricação de armas, incluindo mais de 30 coronhas para espingardas.

Foto: Polícia Federal DPF

Em sua casa, funcionaria uma verdadeira fábrica ilegal de armas destinadas a garimpeiros.

A operação é um desdobramento de uma ação do ano passado, que resultou na prisão em flagrante de dois homens, abordados com aproximadamente R$ 20 mil em ouro bruto, em plena luz do dia, no centro de Boa Vista/RR.

As investigações identificaram que um dos presos estaria negociando a compra de armas com um terceiro, principal alvo da operação de hoje. Durante as negociações, foram enviadas imagens de vários armamentos disponíveis, como pistolas, revólveres e espingardas de grosso calibre, inclusive de armas em processo de fabricação.

O inquérito policial aponta que o principal destino das armas seriam regiões de garimpo ilegal, localizados principalmente na Terra Indígena Ianomami.

Não há indícios do envolvimento dos suspeitos com facções criminosas.

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima – DPF – POLÍCIA FEDERAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: