Segundo porta-voz da casa branca, Brasil será parceiro chave dos EUA contra mudanças climáticas

Brasileiros apoiam a conservação da floresta e dos territórios naturais como medida contra as mudanças do clima

Nesta quinta-feira (28) a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou que o Brasil será um “parceiro-chave” dos esforços dos Estados Unidos em combater as mudanças climáticas.

“Essa é uma grande prioridade do presidente Biden e foi por isso que ele pediu ao seu amigo, o ex-secretário [John] Kerry, para que liderasse nossos esforços climáticos internacionais. E, certamente, o Brasil será um parceiro chave nisso”, disse Psaki.

A declaração foi dada um dia depois de o presidente Joe Biden anunciar um plano para o meio ambiente, contra o aquecimento global e recolocar o país no Acordo de Paris logo após sua posse. Antes de ser eleito, Biden disse que a floresta brasileira estava sendo devastada e propôs oferecer ao Brasil US$ 20 bilhões para interromper o desmatamento sob pena de o país sofrer “consequências econômicas”.

Para entender o nível de compreensão e apoio ao combate às mudanças climáticas, já que os países em todo o planeta estão no processo de desenvolvimento de novas promessas nacionais contra o aquecimento global, dentro do Acordo de Paris, uma pesquisa realizada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (UNDP) e pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Oxford, entrevistou 1,2 milhão de pessoas de 50 países.

Os dados obtidos através da pesquisa no Brasil apontam que a principal causa de emissões dos gases do aquecimento global no país é o desmatamento, 60% dos brasileiros que responderam o questionário apoiam a conservação da floresta e dos territórios naturais como medida contra as mudanças do clima; 51% apoiam mais investimentos em empresas e empregos sustentáveis e 69% do público com menos de 18 anos acredita que estamos em uma emergência climática.

Fonte: Amazônia.org.br

ÍNTEGRA DISPONÍVEL EM:   AMAZÔNIA.ORG.BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.