Izaias afirma que a Venezuela não fará mais a manutenção de Linhão de Guri

Na sessão ordinária desta quarta-feira, 28, o deputado Izaías Maia (PTdoB) levantou mais uma vez questionamentos e discussões sobre o problema do fornecimento de energia elétrica em Roraima, que atualmente tem 78% da energia gerada pela Linha de Transmissão de Guri, na Venezuela.

Na ocasião, o parlamentar pediu mais atenção para a população do interior do Estado, que vem sofrendo com apagões constantes. Dependendo da região, o problema pode perdurar por vários dias, conforme relatos colhidos pelo parlamentar em viagens pelos municípios, principalmente no Sul de Roraima. “O interior está padecendo mais uma vez com os apagões e, por consequência, as mercadorias dos comerciantes se estragam e eles entram no prejuízo, fazendo com que muita gente acabe indo embora de Roraima. Isso é lamentável e cada vez mais imigrantes da Venezuela entram no estado, vindos de um país onde as pessoas estão passando fome e sendo agredidas pelo Governo, por meio das constantes manifestações que acabam em confronto de populares com o Exército venezuelano”, detalhou Izaias Maia.

O parlamentar destacou não ter identificado uma saída para o problema, pois não há previsão para interligação de Roraima ao Sistema Nacional de Energia, por meio da Linha de Transmissão de Tucuruí. “Não temos energia confiável, até agora o Linhão não está autorizado a passar pela Reserva Indígena Waimiri Atroari e as ONGs (Organizações Não Governamentais) também são um empecilho. Será que a Presidência da República não tem controle sobre os Estados da Federação e não consegue mediar este conflito entre índios e ONGs, para que possamos sair desta situação?”, questionou o deputado, que alertou ainda sobre estar recebendo diretamente da Venezuela informações de que a qualquer momento a energia do estado de Roraima será cortada. “O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e sua equipe técnica de trabalho já avisou que não dará mais manutenção no Linhão de Guri e se não tem manutenção a transmissão poderá parar a qualquer momento”, revelou Maia.

Para completar o discurso de preocupação com a situação do fornecimento de energia para Roraima, Izaias Maia disse que hoje o Estado possui o pior serviço prestado pela Eletrobrás do Brasil e que preciso de mais atenção por parte do Governo Federal.

 

Por Tarsira Rodrigues

SupCom ALERR

VER MAIS EM:

http://www.jornalopainel.com/izaias-afirma-que-a-venezuela-nao-fara-mais-a-manutencao-de-linhao-de-guri/

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.