PA – Famílias de Reserva Extrativista recebem apoio do Serviço Florestal

A Associação Comunitária de Desenvolvimento Sustentável da Comunidade do Juçara, da Reserva Extrativista Verde para Sempre, no Pará, recebe durante os próximos dias ações voltadas a fortalecer o manejo florestal comunitário. As atividades serão promovidas pelo Serviço Florestal Brasileiro por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal (FNDF).
A comunidade participará, até esta terça-feira, 23/10, de uma capacitação sobre a fase pré-exploratória do manejo. É neste momento em que, por exemplo, planeja-se a infraestrutura necessária para a atividade, ocorre a delimitação das unidades produtivas anuais e é feito o inventário das árvores de interesse comercial.

Depois da capacitação, serão realizadas atividades em campo de assistência técnica ligada às etapas pré-exploratórias do manejo, a fim de obter subsídios para dar início à elaboração do plano de manejo junto à comunidade. Uma profissional em engenharia florestal estará com os comunitários até 5 de novembro.

Renda
O apoio do SFB visa prepará-los para conduzir o processo de uso sustentável da floresta com geração de renda e melhorias para a qualidade de vida de seus moradores. A Comunidade Juçara, que reúne 17 famílias, conta com uma área de cerca de 4 mil hectares de floresta, cuja cobertura pode ser usada para fins de manejo, na categoria de baixa intensidade de exploração.

Durante o período de assistência do SFB, que abrange dois anos, os comunitários receberão auxílio para operar todas as etapas do manejo florestal, assim como iniciativas orientadas à organização da produção e comercialização dos produtos obtidos a partir do plano de manejo florestal sustentável (PMFS), em específico quanto ao beneficiamento dos produtos e suas estratégias de comercialização.

Segundo o gerente de Capacitação e Fomento do SFB, João Paulo Sotero, o FNDF tem buscado apoiar comunidades que certamente teriam dificuldades em acessar recursos públicos para promover o uso e a conservação da floresta com a melhoria de sua qualidade de vida. “Para isso, o FNDF seleciona comunidades por meio de chamadas publicas e em seguida disponibiliza o apoio solicitado, neste caso, capacitação e assistência técnica”, diz.

Com as atividades de auxílio, a comunidade Juçara terá a oportunidade de efetivar o manejo florestal de baixo impacto e o trabalho de movelaria iniciados de forma piloto durante o ProManejo, projeto inserido no Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais do Brasil (PPG-7).

Beneficiários
A assistência para a Comunidade Juçara decorre da aprovação de um projeto apresentado ao FNDF na chamada pública de fortalecimento do manejo florestal comunitário e familiar em reservas extrativistas na região Norte. Além desta comunidade, tiveram projetos selecionados a Comunidade Arimun, da mesma resex, além de famílias nas resex Baixo Juruá, em Juruá (AM) e na resex Tapajós-Arapiuns (PA).

As atividades na região contam com o suporte e acompanhamento técnico da Unidade Regional do SFB em Santarém (PA). “Essa oportunidade proporcionada pelo FNDF visa resgatar o anseio da comunidade de Juçara em desenvolver a exploração da floresta com bases sustentáveis e de acordo com a realidade atual das populações tradicionais da Resex Verde Para Sempre”, afirma o engenheiro florestal da Unidade Regional da BR-163 César Tenório.

FONTE : Serviço Florestal Brasileiro / Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*