PF investiga pesca ilegal em Reserva Biológica Abufari

Funcionários do ICMBio teriam recebido valores indevidos para não atuação das atividades de fiscalização

Foto postada em: Polícia Federal DPF

Manaus/AM, Tapauá/AM – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (4/10) a Operação Abufari, na capital e no interior do estado. A investigação apura a conduta de funcionários do ICMBio, da REBIO Abufari, localizada no município de Tapauá/AM, que facilitam pesca ilegal de quelônios e pirarucus na Reserva Biológica, recebendo valores indevidos para não atuação das atividades de fiscalização.

No decorrer dos trabalhos apurados, foi observado pela Polícia Federal a existência de várias denúncias ao longo dos anos de 2018 e 2019 contra um servidor do ICMBio e três vigilantes que laboravam no Instituto.

A dinâmica ocorria da seguinte forma: os vigilantes que trabalhavam no posto avançado da Reserva recebiam a determinação do servidor do ICMBio, para não fiscalizarem barcos pesqueiros que ali atuavam. Em troca da omissão na fiscalização, os envolvidos recebiam dinheiro dos donos das embarcações. O produto da pesca era posteriormente comercializado tanto no município de Tapauá/AM como em Manaus/AM.

Na ação de hoje, foram apreendidos um veículo, munições de arma de fogo, computadores, celulares e documentos.

Os envolvidos poderão responder pelos seguintes crimes: corrupção passiva, associação criminosa, ameaça e pesca ilegal, cujas penas podem alcançar 18 anos e 06 meses de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas – PF investiga pesca ilegal em Reserva Biológica Abufari — Português (Brasil) (www.gov.br)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: